menu

Destaques

terça-feira, 28 de outubro de 2014

0 Língua de Sinais ou Linguagem de Sinais?

Oi pessoas!

Como alguns de você já perceberam, outros já sabem faz tempo, eu sou surda. Surda total, anacusia profunda, o que vocês preferirem. Não, não sou deficiente, não! O termo 'deficiente' me faz parecer incapaz, e se vocês lerem o post de Apresentação do blog vão perceber que de incapaz eu não tenho nada.

Mas , enfim...

O negócio é que eu sou surda e quero conversar com vocês sobre surdez. Hoje, vamos conversar sobre a LIBRAS, que é a sigla para Língua Brasileira de Sinais. Mas, péra! Língua... ou Linguagem?

Ahá!... Vamos aos conceitos?

Linguagem >> capacidade que seres humanos tem de produzir, desenvolver e compreender uma língua e suas manifestações (dança, música, artes, etc). Linguagem também é todo e qualquer tipo de expressão do pensamento. Pelo Aurélio, temos que Linguagem é "expressão do pensamento pela palavra, escrita ou por meio de sinais."

Língua >> conjunto ORGANIZADO de elementos (sons e gestos), que surgem em sociedades, a partir de um embasamento cultural, e que possibilitam a comunicação, podendo se manifestar de forma oral ou gestual. Aureliando novamente, Língua é "um sistema de comunicação comum a uma comunidade linguística."

Deu pra ver a diferença?  Ainda não?


Linguagem é uma forma de expressão de uma Língua. Língua é um dos tipos de linguagem. Existem vários, como a dança, música, esculturas, pinturas, e línguas orais, escritas e sinalizadas. E tudo tem carga cultural. Com a LIBRAS não é diferente.

A Língua de Sinais Brasileira tem um conjunto específico de sinais que correspondem a lugares, coisas, sentimentos. LIBRAS não é mímica, não é um conjunto descoordenado de sinais, nem uma sinalização arbitrária da língua portuguesa. Tem uma gramática própria. Não basta apenas você conhecer os sinais, precisa conhecer a gramática para conseguir formar as frases. Além de saber a gramática e os sinais, precisa associar tudo isso a expressão facial e expressão corporal. 

Por que? Lembre que o surdo não consegue perceber a sua entonação de voz. Se você está contente, você fala de forma empolgada. Mas, se não expressar essa alegria no seu rosto, pra mim e para outros surdos, não vai fazer diferença.

O vídeo a seguir tem bons exemplos de expressão. E tem legendas para quem não entende AINDA de Libras. Veja só como funciona:




Outro informação importante é que LIBRAS é a Língua de Sinais BRASILEIRA. Em Portugal, existe a Língua de Sinais Portuguesa (LSP). Nos EUA, temos a ASL - American Sign Language. E temos países que ainda não reconheceram a Língua de Sinais como uma Língua em si, como a Itália.

Quer saber um pouco da História da LIBRAS? Acesse, a Revista Virtual da Cultura Surda, da Editora Arara Azul.

Querendo ler, sugiro o livro de Paulo Vaz de Carvalho, "Breve História dos Surdos no Mundo e em Portugal", da Editora portuguesa Surd'Universo.

Quer conhecer alguns sinais em LIBRAS? Então, acesse o Dicionário de LIBRAS, no Portal Acessibilidade Brasil.

De quebra, te ajudo a conversar comigo. Abaixo vai o Alfabeto manual e os números básicos, assim você já pratica um pouco. 






Quer conversar comigo em LIBRAS? Mande o link de um vídeo!  É..!  Você pode aparecer aqui, não é legal? Eu acho que é. Coloque o vídeo no YouTube e me envie o link (thdecicco@ig.com.br), com o assunto VÍDEO.

Aguardem também que vídeos em LIBRAS serão postados aqui. Sugiro que os Surdos também leiam o blog, para praticar português. E que os ouvintes assistam aos vídeos para praticar Libras.


E agora? Esclareceu? XD

Até + ver!

Nu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...