segunda-feira, 3 de novembro de 2014

0 Resenha [livro] - Dezenove Luas

Fala, meu povo!!

Demorei, mas voltei!, As postagens serão mais espaçadas a partir de agora, pois não adianta enfiar resenhas na 'güela' de vocês. E também, não consigo ler os livros tão rápido assim, ou ver séries, ou os filmes, ou pesquisar sobre ciência ou sobre surdez. E ainda trabalhar!... Então vamos com mais calma, mas constantes!

Bom, vamos fechar as resenhas da coleção "Beautiful Creatures"? Pois é! Eis que chegamos ao último livro da coleção >> Dezenove Luas.


Lá vai a Sinopse oficial:

*Livro do acervo pessoal do blogueiro*

A vida toda Ethan quis sair de Gatlin, escapar da mentalidade provinciana de cidade pequena, as encenações de batalha de Guerra Civil... Isso tudo antes de encontrar a garota perfeita, a mulher dos seus sonhos. Sua amada, Lena Duchaness, revelou para ele todo um lado novo da cidade, poderoso, amaldiçoado e escondido. Ela se tornou para Ethan uma âncora, uma casa, um lar. E justamente quando o rapaz não gostaria de ir a lugar algum, ele precisou abandonar tudo. Deixar todos para trás. Foi o preço pago para restabelecer a Ordem das coisas. Inquieto com a possibilidade de ver seus amigos e sua cidade desaparecerem do mapa, Ethan fez o que precisava ser feito para salvá-los. Depois do que aconteceu na torre de água, durante a Décima Oitava Lua, ele acordou do outro lado com apenas um pensamento - retornar. Para Lena. Para seus amigos. Para Amma e seu pai. Tia Marion e as Irmãs. Faria qualquer coisa; confiar em velhos inimigos, arriscar a vida de terceiros, o que restou da minha alma. A vontade de voltar e de reecontrar sua amada era maior que tudo. Para ele, não era possível existir sem Lena. E sabia que ela sentia o mesmo. Enquanto esse turbilhão de emoções o afligia, ela, em Gatlin, tentava ajudá-lo. Juntos, podiam tudo. Será?




Pára tudo!  Cuidado que tem alguns Spoilers dos 3 livros anteriores!



Nesse livro, a jornada do herói de Ethan Wate tem seu final. E é uma senhora jornada.

Neste volume, os capítulos são divididos em pontos de vista diferentes. Nos 3 anteriores, Ethan sempre foi o narrador. Neste, Lena é a narradora por alguns capítulos. Dando um ponto de vista totalmente novo, mas ainda assim previsível.

No terceiro livro, Ethan se suicidou, se sacrificou para restabelecer a Ordem das Coisas, colocar o mundo nos eixos. Eixos esses, desnorteados pelas ações de Lena e Amma. Ah tá, pode achar que começou na 17ª Lua, com a invocação da Lena, só que não foi bem assim. Ao longo de “Dezoito Luas” o leitor descobre que Ethan está com sua alma partida desde o primeiro livro, portanto, isso também pode ter desencadeado a zona. Enfim...

Ethan morreu, mas não deixou de amar Lena. Reencontra sua mãe, sua tia Prue e os Grandes.  O negócio é q o amor por Lena é mais forte q tudo e ele cismou q tem de voltar ou pelo menos uma comunicaçãozinha. Daí descobre que um dos Guardiões do Conselho ferrou com a vida dele, reescrevendo sua página nas Crônicas Conjuradoras. E sai na tal jornada tentando retornar à vida, o que o leva a conhecer caminhos diferentes, ou seja, existem Outros Mundos no Outro Mundo.

Bom, o final é bem previsível, certo? É uma coisa que você, leitor, está esperando desde que abriu a página 1. Tudo se ajeita, tudo se encaixa, todos se conformam e há coraçõezinhos saltitando da última página. Há sim, juro!... Bem piegas.


O que te interessa no 1º livro, te decepciona no 2ª, se arrasta no 3º, e chega ao fim, até q enfim, no 4º. Tinha tudo pra ser uma ótima coleção, mas é uma narrativa por demais pormenorizada, o que cansa um pouco. Apesar de tudo isso, eu gosto da história. É uma visão diferente do mundo da ‘bruxaria’. Só podia ser menos melada. Mas esta é uma opinião tendenciosa, já que eu detesto esses romances 'água com açúcar', principalmente se eles tem muito açúcar.


Para os eternos amantes da literatura romântica, juvenil, a coleção é perfeita.

Boa leitura!


Até + ver!
Nu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...