sábado, 21 de março de 2015

2 Resenha [seriado] - Resurrection

Bom dia, pessoas!

É dia de resenha de seriado, bebê! Vamos conversar sobre Resurrection?

Baseada no livro escrito por Jason Mott, cujo nome traduzido é Ressurreição (Brasil) e Os Regressados (Portugal), uma série dos EUA, exibida pelo canal ABC (aqui no Brasil, passa no AXN, TV por assinatura), desde março de 2014.

Vamos lá?

RESSURECTION
Ressurection, 2014
Ficção Científica, drama.

Sinopse:
As vidas dos habitantes da pequena cidade de Arcadia, no Missouri, mudam completamente quando seus entes queridos voltam dos mortos. Um menino americano de 8 anos acordou sozinho em um arrozal na China sem ter ideia de como foi parar ali. Os detalhes começam a vir à luz quando o menino, que diz se chamar Jacob, lembra que sua casa é em Arcadia e um agente da imigração chamado J. Martin Bellamy o leva até lá. A casa onde ele vivia é ocupada por um casal mais velho, Henry e Lucille Langston, que dizem que seu filho Jacob Langston morreu há 32 anos. Apesar de estarem diferentes, Jacob os reconhece imediatamente como seus país. Os amigos próximos da família tratam de decifrar o mistério, mas o menino tem segredos sobre sua própria morte que mais ninguém conhece.


Conta a história dos moradores da cidadezinha de Arcadia, cujos parentes já falecidos em diferentes épocas, estão  de volta, começando a aparecer nos mais diversos lugares do planeta, mas terminando em Arcadia, óbvio.

Já no episódio piloto você sente o clima de tensão e situação surreal quando o menino Jacob aparece no meio de uma plantação de arroz na China. O problema é que Jacob morreu afogado há 30 anos, juntamente com sua tia.

Ele é levado à casa de seus pais já idosos pelo agente da imigração Martin Bellamy. Aliás, que atuação bela de Kurtwood Smith como o pai de Jacob, Henry Langston. O cara exala tristeza, dúvida e drama pelos poros sem ficar pedante ou você sentir vontade de dar uns tapas no personagem. Também admiro a interpretação de Landon Gimenez, não é sempre que um garoto de 10 anos tem dúvidas filosóficas pertinentes e escolhas sábias.

Ao longo da temporada, outros cidadãos falecidos surgem, a história da cidade, dos ressuscitados e de seus parentes vivos é contada aos poucos. Todos os "ressuscitados" são avaliados clinicamente pela Dra. Maggie Langston, prima mais nova do Jacob, e são liberados com saúde perfeita. 


Óbvio que a galera ainda 'viva' da cidade entra em pânico, sem saber o que está acontecendo. Crises e ameaças públicas, nenhuma informação relevante sobre o por quê ou como as pessoas voltam é fornecida. O suspense e o drama são mantidos e não fica enjoativo.

A 1ª temporada contou com apenas 8 episódios, e teve 60% no Metacritic, a crítica especializada. Já o voto popular chegou a 7,4. A segunda temporada foi confirmada e já está em exibição aqui no Brasil, contando com mais episódios do que esta primeira. 

Eu recomendo a série, pelo conteúdo diferencial. É um tema batido (ressurreição/retorno dos mortos), visto de uma forma diferente do usual, ou seja, não são zumbis famintos. Gostaria de ter uma ideia mínima que seja da causa do retorno, é científica? É mística? É o quê, meodeos?

Bem, continuem curiosos junto comigo. Vai que na 2ª temporada...




ELENCO PRINCIPAL

- Jacob Langston - Landon Gimenez, de Housekeeping 

- Martin Bellamy - Omar Epps, de House, M.D.

- Lucille Langston - Frances Fisher, de A Hospedeira

- Henry Langston - Kurtwood Smith, de That '70s Show

- Sheriff Fred Langston - Matt Craven, de Paranoia

- Dra. Maggie Langston - Devin Kelley, de The Chicago Code

- Rachel Braidwood - Kathleen Munroe, de Call me Fitz

- Margaret Langston - Michelle Fairley, de Game of Thrones



ATUALIZAÇÃO EM MARÇO/2015

Resenha da 2ª Temporada



Aproveitando o embalo do Carnaval, quando você não está desesperadamente escrevendo e revisando um livro, assiste umas temporadas pra relaxar. Isso acontece, normalmente, às 1h da madrugada... Fazer o quê?

Chateei em saber que, diferentemente da sua irmã de temática, 'Les Revenants', produzida na França, esta série não está atingindo satisfatoriamente o nível de audiência esperado para uma adaptação literária famosa. A crítica permanece enfatizando o nível fraco da série, mesmo estando seriamente cogitada para renovação da 3ª temporada.

E o que tem esta temporada de novo? Personagens e conflitos, ou seja, a base de toda história. Ela começa meses após o final anterior, em que todos os mortos voltam e o Governo do país interfere. 


Há a presença de uma doença misteriosa que afeta apenas ressuscitados e alguns deles começam a desaparecer. E para toda doença há um soro 'amortizador' que está na posse do governo, mais especificamente da agência dos Ressuscitados.

Uma personagem nova que chama muita atenção é a avó de Jacob Lagston, Margaret. É por ela que descobrimos que este surto de ressuscitados não é o primeiro que ocorre em Arcadia. Também é ela a responsável por enviar os retornados para... bem, quem sabe onde? Além da vovó Margaret, outros tantos ressuscitados retornam e tentam se ajustar ou se vingar.

Uma outra trama continua desde a temporada anterior. Rachel Braidwood ainda está gestando o bebê que morreu com ela quando se suicidou e que retornou com ela na 1ª temporada. Mais ainda, temos o povo de Arcadia meio doido muito fanático querendo se livrar dos retornados. E temos os próprios Ressuscitados querendo se livrar do bebê da Rachel!

Bom, e eu? Eu achei esta nova temporada um tanto quanto forçada. Não fraca, mas cansativa. É mais como uma forçação de barra, encheção de linguiça. Os roteiristas não estão sabendo adaptar.

E as perguntas aumentam e continuam sem um mínimo de explicação. Mas isso é a cientista em mim já meio possessa por não ter suas hipóteses respondidas: Por que todos retornam? É a água? É o solo? Por que os ressuscitados ficaram doentes? Como? Foi um vírus, bactéria? Se não é a primeira leva de ressuscitados, quantas já houveram? E, pelamordedeus, por que?????

Quase igual a The Walking Dead que também não me ajuda em nada no quesito "como essa porra toda aconteceu", mas pelo menos tem mais ação, sangue e tripas voadoras. 

Foi-se a 2ª temporada e eu permaneço no escuro.

Mas, mesmo assim, acho que vale a pena uma conferida. Vai que vocês percebem algo que eu não? 



Infelizmente, foi anunciado que o seriado foi cancelado (Maio/2015). Ou seja, me ferrei com as respostas.

Quem não se incomodar em ver sem ter um final, manda ver.

Bom divertimento!

Até + ver!





Nuccia De Cicco é bióloga, Doutora em Bioquímica, escritora, poetisa, bailarina e blogueira. Carioca de paixão de Santa Teresa, é apaixonada por livros, seriados, tatuagens e lambidas caninas, além de ter uma queda saudável por cafajestes. Surda desde os 27 anos, é co-autora em oito antologias e publicou o livro “Pérolas da minha surdez”, uma obra sobre luta e força de vontade. Todas as suas facetas são mostradas no blog “As 1001 Nuccias”. Nele, a literatura impera!

FACEBOOK | FANPAGE | TWITTER | INSTAGRAM | WATTPAD | SKOOB | 

2 comentários:

  1. Oi adorei o seu blog, estou te seguindo. Segue pra dar uma forcinha http://experimenteuseeabuse.blogspot.com.br/
    bjs :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Obrigada pelo comentário!
      Adorei seu blog! Muito explicativo e útil! Seguindo!!
      bj-Ka!

      Excluir

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...