quarta-feira, 13 de maio de 2015

0 Resenha [livro] - 72 Horas para Morrer

Oi, pessoas!

Quase na segunda quinzena de maio! O ano estava devagar, mas agora parece voar!

Dando continuidade ao Desafio Literário Skoob 2015, temos a resenha do livro 72 Horas para Morrer, do autor Ricardo Ragazzo, o escolhido para o tema do mês de Maio - Língua-mãe >> livros escritos originalmente em português. 

Confesso que leio pouca Literatura Nacional. Mas a culpa é toda minha: sou tão bombardeada com informações e propagandas de livros estrangeiros, que acabo por deixar os nacionais em segundo plano. No entanto, esta tendência está para mudar. Primeiro porque eu consegui re-ativar o filtro de spam no meu e-mail (isso mesmo, Saraiva, você já era! O Submarino, não, esse eu amo). Segundo, como estou me aventurando na carreira literária também, iniciei o processo de contato com vários autores e, com isso, tenho maior acesso ao trabalho deles. Assim, estou mais curiosa e mais interessada por livros nacionais do que os estrangeiros. 

Bom, deixemos de lado esse blá-blá-blá... Lá vai a sinopse original do livro:


*Livro do acervo pessoal do blogueiro*

72 Horas Para Morrer - Pior do que conhecer um Serial Killer, é um Serial Killer conhecer você! “O Carro pertence à sua namorada.” Com essas palavras, Júlio Fontana, delegado da pacata cidade de Novo Salto, tem a vida transformada em um inferno. Pessoas próximas começam a ser brutalmente assassinadas, como parte de uma fria e sórdida vingança contra ele. Agora, Júlio terá que descobrir a identidade do responsável por esses crimes bárbaros, antes que sua única filha se torne o próximo nome riscado da lista. 72 Horas para Morrer é uma corrida frenética.



Sobre o autor, Ricardo Ragazzo, o que posso dizer? Primeiro que é um cara legal e simpático. Eu tenho problemas com a cidade de São Paulo, mas não com os paulistas. Ricardo, que também publicou "A Garota das Cicatrizes de Fogo" e está para publicar seu 3º livro, já demonstrou sua simpatia respondendo uma entrevista aqui para o blog >> O processo de publicação sob a ótica de Ricardo Ragazzo.

E o livro?

Vou começar por deixar claro que, apesar de achar este e outros autores legais, eu não sou 'pau-mandado'. Eu não cobro pelas resenhas (acho pedante e ridículo), não peço os livros de graça (ok, um desconto posso pedir, mas procuro sempre comprar), e, o principal, sou sincera. Se gosto quando as pessoas me dizem que estou um saco, que meu mau humor é um inferno de aturar, então acho justo que eu seja sincera com os demais também. 

Agora, isso não foi dito porque o livro é uma porcaria. Pelo contrário, o livro é muito bom! Fazendo metáforas comparativas: 72 Horas para Morrer tem as cenas mórbidas tão bem descritas que senti-me dentro de uma cena da série 'Hannibal'; os assassinos são tão inteligentes e perspicazes que posso considera-los dignos de um episódio de 'Criminal Minds'; os personagens principais são tão cínicos e cheios de surpresas que achei estar em meio ao elenco de 'House, M.D.'; e as reviravoltas são tantas, com desfechos pra lá de inesperados, que o enredo me lembrou um livro de Harlan Coben. Cabe dizer que amo de paixão frenética todas estes seriados.

É um romance de ficção, publicado em 2011 pela Novo Século Editora. A capa desta edição (lá na sinopse) é muito mais impactante do que a nova capa, essa aí do lado. Coisa minha; apesar de entender a ligação de ambas com o enredo, achei a primeira mais 'tchans'.

Bom, o miolo é impecável. Achei o uso de vocativos (nomes dos personagens, entre outros) um pouco demais, mas isso pode ser influência regional e eu não sei. A revisão deixou passar apenas 2 trechos um pouco confusos, mas nada que impeça o leitor de compreender o enredo. Aliás, que enredo!! Eu nunca, nunca esperaria por aquele final. Eu li achando que era uma trama policial comum e elaborada, e então... =O - Não vou contar, óbvio!


Se interessou? Quem sabe essas citações te ajudam:





Preciso dizer que recomendo? Ou repetir? Ou desenhar??

Agora, com licença, que vou ali continuar a prestigiar a Literatura Nacional.

Boa leitura!

Até + ver!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...