menu

Sorteios

sexta-feira, 5 de junho de 2015

2 Resenha [livro] - Na Escuridão dos Dias

E então, gente?

Com as bençãos da Deusa e com uma força incrível dos nossos parceiros, o blog cresce a cada dia! 

São mais de 100 seguidores no blog e no instagram, quase 100 no twitter, quase 300 no facebook... Eu sei que muitos blogs alcançam muito mais em bem menos tempo, mas tô nem aí! O meu tempo é o melhor pra mim!

Hoje, apresento a vocês a resenha do livro Na Escuridão dos Dias, escrito pela nossa lindérrima e charmosona parceira Cristina Deutsch, que recebeu uma apresentação no blog bem estilosa.

Cris (pois é, toda uma intimidade...) recentemente também deu uma entrevista caprichada para o blog. Ela contou o início da sua carreira, quais suas obras já publicadas, como fez a editoração delas e até algumas dicas para quem se aventura como iniciante na profissão literária. Confere AQUI!

A sinopse é essa aí embaixo:

*Obra cedida pela autora no formato PDF para resenha referente a parceria 2015. 
As opiniões são exclusivamente nossas.

Não houve nenhum tipo de intervenção em nossos comentários.*

”Na escuridão dos dias” é uma ficção histórica que traz como cenário a Guerra de Secessão da Iugoslávia. Quando nacionalistas tentaram impedir que a Bósnia-Herzegovina se separasse do que restou da antiga Iugoslávia em Abril de 1992. Milla, uma menina ruiva e Sardenta, ainda tão pequena precisou conviver com os martírios causados por esse evento. Ao findar a fase sangrenta em seus país ela percebe que sua vida não seria mais como antes, ao conhecer a omissão e deslealdade. Alguns anos se passaram e Milla já adulta encontra o que toda mulher sonha: o grande amor da sua vida, e com Fateen viverá uma paixão que terá altos e baixos, e descobrirá no momento certo toda a verdade sobre seu passado, e, essa revelação mudará suas prioridades. Uma historia de ganância,ambição, luta e jogo de poderes; Através da ficção,o livro levanta o véu que manteve Milla e todo os muçulmanos sem direito a identidade e uma vida digna, e serve de alerta para as novas gerações: a liberdade é o maior bem para todos e especial para aqueles que sobreviveram a escuridão dos dias.

Segue a resenha, com muito carinho:
O livro se inicia na eclosão da guerra. Em um primeiro momento, a autora mostra como foi a guerra do ponto de vista da personagem que, à época, estava no início da adolescência. Anos escondidos em um porão, aguardando o final de uma guerra em que poucos entendiam porquê havia se iniciado.

Logo depois, há o retorno à superfície, os sobreviventes lutam como podem com o que lhes restou. Milla, a personagem, perdeu seus pais na guerra e agora precisa morar junto com a família dos tios, que a ajudaram a sobreviver no porão durante os anos da guerra. No entanto, viver com a família do tio agora não é um paraíso. Além de todos os vestígios psicológicos da guerra, a família se apodera das posses que os pais de Milla deixaram e, mesmo dando um teto e alimento, tratam a garota como uma empregada, ou pior, uma esquecida.

Há, então, a reviravolta. Os tios, loucos para se enquadrarem na nova alta sociedade pós-guerra, tentam de tudo para casar suas filhas e Milla com grandes sheiks do Oriente Médio. Um deles, Fateen, recém-chegado ao país, pede Milla em casamento. Porém, apesar de muçulmana, Milla não está acostumada aos costumes mais rígidos dos Emirados Árabes, não fala inglês nem árabe. Será que irá conseguir viver em uma cidade totalmente desconhecida, sem ninguém da família? Sem comunicação? E com um homem que parece estar tentando ludibriá-la de várias formas?


A história é bem montada e é interessante. Tem o drama da guerra, do pós-guerra e da cultura alheia. Há momentos em que a história consegue ser inquietante o suficiente para tirar o leitor do sério e tentar defender a personagem. A capa, muito bem escolhida, mostra a angústia e a desolação de Milla. Não posso dizer muito sobre a diagramação do livro impresso, pois li em e-book. O e-book, por sinal, tem uma boa diagramação, com letras em bom tamanho. No aplicativo Kindle, ficou ótimo.

Achei uns poucos erros de português e pontuação que a revisão deixou passar, mas nada que impeça o bom andamento da história, nem comprometa nossa leitura.

É um livro que recebeu ampla pesquisa antes de ser escrito, com uma história cativante e surpreendente.

Meus parabéns à Cristina e sua equipe pela bela obra!

E, como não poderia deixar de ser, seguem os #quotes para vocês compartilharem por aí:




E vocês, estão preparados para mais uma leitura nacional? 

#leimaisBrasil



Boa leitura!


Até + ver!

2 comentários:

  1. Bom dia Karissa!

    Estou muito feliz em saber que você também apreciou a leitura. Quanto à revisão, sinceramente nem sei mais o que dizer, pois duas pessoas trabalharam revisando, ainda assim escapou alguns erros, agora você imagina sem...?!Só rindo pra não chorar. Querida, muito agradecida lhe sou pela dedicação e carinho, para com a minha pessoa e trabalho. Espero que seus seguidores leiam e gostem também.

    Obs: quanto ao numero de pessoas seguindo o blog, Twitter, FB... Não é realmente importante e isso digo por experiência própria, números nunca significou qualidade, e quantidade para que se não interagem com você? Eu excluir uma pagina no FB há alguns meses com 127 mil likes, pois não tinha quem participasse dela, a minha atual está fraquinha em likes, embora tenha mais interação que a outra. Não se deixe nunca iludir pelos números, a qualidade é que faz toda a diferença. Temos poucos nos prestigiando, mas temos os melhores.

    Tenha um lindo e lido dia!
    Beijos literários da CD!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cris, minha linda!
      Já passei da época de me preocupar com números... É apenas uma coisa que editoras exigem. Eu não estou tão preocupada assim. Pra mim, está muito bom, tem uma interação bacana aqui, não fico nas redes implorando seguidores...
      Muito obrigada a você por ter confiado no blog e em mim para analisar seu trabalho. Erros de revisão acontecem, tenho coleções inteiras que pecam muito, e são de editoras grandes. Eu mesma recebi críticas de um livro que revisei. Ossos do ofício. O importante é te avisar para que a próxima edição seja melhorada.
      Espero muito sucesso seu! Vamos continuar com a divulgação!
      bj-Ka! Até + ver!
      Nu.

      Excluir

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...