menu

Destaques

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

0 Resenha [livro] - Divergente

Olá, pessoas!

Ah! Mais um dia de folguinha da Bienal... Só + esse, #acho...

Enfim, aproveitei mais esse tempinho livre (#sqn) para publicar uma nova postagenzinha, também rápida (#sqn2)...

Alguém aí disse resenha? De livro? Ééééé....

A resenha de hoje é de um livro que todos os blogueiros da face da Terra já devem ter resenhado, menos eu, a atrasilda-mor. Até fiz a besteira de ver o filme antes de ler o livro! Bom, não adianta reclamar das páginas já viradas... Vamos resenhar Divergente?

Segue a sinopse oficial:

*Livro emprestado pela amiga da blogueira*

Numa Chicago futurista, a sociedade se divide em 5 facções: Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição e não pertencer a nenhuma facção é como ser invisível. Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, numa grande cerimônia de iniciação que determina a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma divergente, não respondendo às simulações conforme o previsto. A jovem deve então decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é. E acaba fazendo uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que terá desdobramentos sobre sua vida, seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive.

Bora resenhar?

A Editora Rocco é uma das mais primorosas com as capas e diagramação de seus livros. A capa de divergente segue o padrão da capa americana, estampando o símbolo da facção Audácia em chamas. como fundo, um céu nublado sobre uma cidade ao longe, aparentemente deserta ou em ruínas. É uma boa representação da história. As letras do título são levemente relevadas e estão bem destacadas.


A diagramação também não deixa a desejar. Optando por editar o livro em formato A5, possui letras em bom tamanho, margens justificadas. Pouquíssimos erros de pontuação e nenhum de gramática. A entrada dos capítulos é super simples, o que condiz com a praticidade do livro.

O enredo é aquele que, a esta altura, todo mundo já conhece. Nesta distopia, Beatrice Prior tem 16 anos de idade e precisa escolher para qual facção ir, se permanece com sua família na Abnegação ou se vai para alguma outra. Em teoria, seu teste de aptidão deveria ajuda-la, mas... 

A história se passa em Chicago alguns séculos adiante, explica o surgimento do governo atual e a divisão em facções para que a sociedade consiga sobreviver em união. Viver sem facção, em uma zona morta da cidade e da sociedade é uma coisa que todos temem. Mas não mais do que temem os Divergentes.



Os problemas começam quando o poder atual é questionado. E aí tentam controlar a situação e a população. E descobrem que há muitas pessoas que não podem ser controladas. Acompanhamos a escolha de Beatrice, sua nova vida na facção escolhida, os testes, as mortes, novas escolhas, paixão, sobrevivência.

Não preciso dizer que é uma coleção. Aliás, às vezes eu fico pensando se algum autor consegue manter a história em um único livro. É muita coleção e -logia, gente! Essa era para ser uma trilogia, daí a autora fez um spin-off e lançou a história de Quatro (Tobias), o caso da Tris, em um 4º livro. Sem contar os e-books, claro.





Em tudo, é uma história bacana. Foi um livro rápido de se ler, me entreteve bem. Após a leitura, comecei a reanalisar o filme e vi que ele sofre  da Maldição das Adaptações, mas não em uma escala estratosférica. 

Se for para dar uma nota, eu diria que a Maldição deste 1º filme vale uns 5, em uma escala de 1 a 10, em que 1 seria uma ótima adaptação, sem muitos erros e 10 seria uma Maldição de morte. Pior que isso só os de "Percy Jackson e os Olimpianos" que, literalmente, f*deram com a história dos livros.

Enfim... é um livro recomendadíssimo nas redes e na blogsfera. Eu não vou deixar de recomendar. Gostei mesmo. Seguem aquelas minhas imagens com as citações que mais gostei:





Aguardem a próxima resenha!

Boa leitura!

Até + ver!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...