menu

Sorteios

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

6 Resenha [seriado] - Wayward Pines

Olá, pessoas!

Aproveitei meu tempinho livre pós-bienal (#sqn) para publicar uma postagenzinha rápida (#sqn2)...

Sem mais blá, blá, blá, vamos à resenha da única temporada do seriado Wayward Pines

A série é transmitida aqui no Brasil pelo canal FOX, milagrosamente legendada. Foi produzida pelos seguintes coleguinhas: Chad Hodge (Runaway-2006), M. Night Shyamalan (O Sexto Sentido), Donald de Line (Lanterna Verde) e Ashwin Rajan (Depois da Terra).

WAYWARD PINES
Wayward Pines, 2015
Distopia, ficção científica

Sinopse:
A história acompanha a vida do agente federal Ethan Burke. Tentando localizar dois colegas, ele chega em Wayward Pines, uma pequena e bucólica comunidade de Idaho onde nem tudo é o que parece ser. Ethan se envolve em um acidente de carro e é levado ao hospital. Ao acordar, descobre ter perdido seus documentos, seu celular e a pasta que continha arquivos importantes. Embora bem tratado, Ethan desconfia que algo estranho está acontecendo ali. Suas tentativas de ligar para sua esposa e seu filho são frustradas e ninguém parece acreditar que ele seja quem diz ser. Para piorar, a cidade está protegida por cerca elétrica que impede qualquer pessoa de entrar ou sair.


Pois então... Ao final do episódio piloto da série, me lembrei muito de outras séries e alguns filmes. Foi uma mistura de Lost com Maze Runner. E, alguns episódios depois, praticamente estávamos em Jogos Vorazes misturado com o filme A Lenda! Só com isso, já dá para ter uma ideia do que é o tema da série.

Bom, o enredo, que inicialmente tende para o drama e o suspense e chega ao terror psicológico, é na verdade ficção científica.

Mas, hein, Nuccia!? Como pode?

Cara... se eu te explicar, vou entregar spoilers... Tudo que você precisa saber é que a cidade de Wayward Pines não é tão pacífica e linda como parece, também não é bem uma cidade e o mundo fora da cidade não é bem legal.

Tudo começa quando o agente do FBI Ethan Burke sofre um acidente de carro com um parceiro e acorda em um hospital sem lembrar de muita coisa. Não sabe quanto tempo passou, ou exatamente onde fica a cidade onde foi parar. Não confia em ninguém, não consegue telefonar para sua família e, obviamente, não consegue sair da cidade.

Os habitantes são estranhamente reclusos e contentes. Ninguém pode ficar falando do passado, ninguém pode sair da cidade. Há um muro enorme eletrificado ao redor da cidade, todos precisam viver felizes ali dentro. E quem tenta sair, não tem um destino agradável.

Só do meio para o final da temporada é que as verdades são elucidadas. Apenas a primeira geração de crianças de Wayward Pines tem conhecimento do que realmente acontece fora da cidade e dentro da cidade, e o ano real em que se encontram. Se parece muito com seitas fanáticas que fazem lavagem cerebral e hipnose nas pessoas para que aceitem tudo sem questionar. Só pensem em se amar, serem felizes e darem continuidade à raça humana.

As interpretações são boas, mas podiam ser melhores. Quem mais chamou minha atenção foi um personagem secundário, a enfermeira Pam. Ela foi convincentemente maquiavélica, fiel aos ideais da cidade e, posteriormente, soube se "adequar" à uma nova visão política. Não é a toa que é a atriz que possui mais prêmios e indicações por seus trabalhos no elenco.

Ao todo, foram 10 epísódios que narraram a vida em Wayward Pines, suas diretrizes, seus ensinamentos, e sua derrocadaO agente Burke tenta sair da cidade de todos os jeitos e não sossega nem quando sua família, a esposa Theresa e seu filho Ben, também chega à cidade. 

ATENÇÃO SPOILER! Por fim, quando descobre o que há lá fora (Opa, Arquivo X também!), discorda do tipo de "governo" da cidade, que esconde tudo de quem vive ali. Daí, o cientista por trás de tudo, Dr. Jenkins (Toby Jones, de Capitão América) tem um ataque de pit-bicha e f*de com todo mundo (desculpa o spoiler, mas não tem como descrever de outro jeito).

Well... Se você não se importa com uma série de uma única temporada, e gosta desses temas de ficção científica, vai acabar gostando de ver Wayward Pines. 

Fiquei bem chateadinha quando soube (lá pelo 8º episódio) que a série não ia ter temporada nova. Porém, depois de ver o último episódio, até que entendi não ter outra temporada. Não, não vou contar!





ELENCO PRINCIPAL

- Ethan Burke - Matt Dillon, de Faces da Verdade

- Kate Hewson - Carla Gugino, de Californication

- Theresa Burke - Shannyn Sossamon, de O Devorador de Pecados

- Ben Burke - Charlie Tahan, de Mulheres ao Ataque

- Pam - Melissa Leo, de The Fighter

- Dr. Jenkins - Toby Jones, de Capitão América





Espero que quem veja curta bem. Bom entretenimento!

Até + ver!







Nuccia De Cicco é bióloga, Doutora em Bioquímica, escritora, poetisa, bailarina e blogueira. Carioca de paixão de Santa Teresa, é apaixonada por livros, seriados, tatuagens e lambidas caninas, além de ter uma queda saudável por cafajestes. Surda desde os 27 anos, é co-autora em oito antologias e publicou o livro “Pérolas da minha surdez”, uma obra sobre luta e força de vontade. Todas as suas facetas são mostradas no blog “As 1001 Nuccias”. Nele, a literatura impera!


FACEBOOK | FANPAGE | TWITTER | 
INSTAGRAM | WATTPAD | SKOOB | 

6 comentários:

  1. Olá Nu,
    Eu não acompanho série, meu marido que gosta!! Vou passar essa sugestão..
    Tadinho do cara heim, acordar e não se lembrar de nada afff
    Pena que só teve uma temporada, vou até passar essa informação para o maridão... mas como você disse, deu para entender o motivo!!
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se ele está acostumado a ver seriados e gosta bastante dessas tramas de distopias e ficção científica, vai adorar! Eu queria que tivesse continuado...

      Excluir
  2. Olá Nutella, olha eu aqui otraveizzzz.
    Amo esse cantinho roxo, me sinto super em casa, além disso sempre encontro boas dicas.
    Tu sabe que ando sem tempo pra séries, mas anoto cada uma que tu indica com a vã esperança de um dia meu filho e meu marido me darem tempo de vê-las....
    Sonhar não custa, né?
    Beijos te amooo.
    Giu
    Clube do Livro & Amigos | Curtiu?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina! essa vida cada mas corrida! Tb estou sem tempo de ver, tanto que as resenhas diminuíram um pouco, tentarei botar em dia, na madrugada afora! hahahaha...
      Mas bem, se você gosta mesmo de séries de ficção e distopias , essa funciona bem pra vc! São uns 10 episódios apenas, sem outras temporadas!
      bjins, amiuga!

      Excluir
  3. Oi Nuh!
    Bom, eu simplesmente não consigo parar para ver uma série... Não eh por falta de tempo, sério, sei lá pq, só sei q não consigo. Mas com certeza que a série eh instigante, ela é. Ah se fosse um livro!Aí sim, estaria na minha estante ou no meu celular!Claro que como sempre a postagem está cativante e conteúdo, faz os amantes da série se encararem!
    Eu vou deixar passar essa série, mas valeu pela dica!
    Bjks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Ari, sua linda!! Quanto tempo!!
      Sabe que não sei dizer se tem um livro dela? Da Resurrection eu sei que tem... Vou procurar saber e te passo se encontrar! Obrigada por vir! Saudades!
      beijoka!

      Excluir

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...