sexta-feira, 11 de março de 2016

30 Resenha [livro] - O Enigma de Shalkas

Olá, pessoas!

Esse carnaval foi ótimo!! Eu não me enfiei em muvuca de blocos, não tive piripaques por não ter condução ou por elas irem por caminho mirabolantes, não soquei um macho aproveitador... Assisti muitas séries e terminei outros tantos livros!!


\o/ Oh, yeah, baby!!!

O livro resenhado hoje faz parte do Desafio Literário 60 Livros em 1 ano, do Blog Livros & Tal, como minha leitura #6de60!

A resenha de hoje é fruto desses dias de 'relax'. Vamos conferir que beleza de livro é este lançamento da Editora Arwen, escrito pelo autor parceiro (e editor) André C. S. dos Santos? Com vocês, O Enigma de Shalkas!

O Enigma de Shalkas
Autor: André C. S. dos Santos
Gênero: Fantasia
Ano: 2016
Editora: Arwen


*Obra cedida pelo autor no formato PDF para resenha referente a parceria 2016. 
As opiniões são exclusivamente nossas.

Não houve nenhum tipo de intervenção em nossos comentários.*
Sinopse:
Noah, cuidado por seu misterioso avô, o importuna por anos para que ele conte algo sobre seu pai, Wood, que desapareceu e nunca teve a oportunidade de conhecê-lo. Pela insistência do jovem, o velho decide falar toda a verdade obscura que fez seu pai ser obrigado a fugir e abandoná-lo. Mas, o que ele não sabe, é que por trás de toda a história seu avô escondeu algo que fez à Wood, e que nunca será perdoado, podendo acabar com as esperanças do jovem de um dia reencontrá-lo. A vida de Wood estava predestinada desde seu nascimento, mas seu passado e os motivos de sua vinda ao mundo, se tornaram tão obscuros e repletos de mentiras, que agora busca a verdade sobre todo seu passado. Sua verdadeira história agora será revelada.



Uma história fantástica cheia de mitos, lendas e muita realidade escondida. Lições para várias vidas e criaturas desconhecidas e ferozes. Bem-vindos ao mundo de Shalkas, o feiticeiro guardião dos braceletes elementais, escondidos da ganância humana em um enigma no papel e nos recônditos da sua mente humana reencarnada.


Sobre a história: A história se inicia com a leitura de uma carta que Wood Shellboltou deixou para seu filho Noah antes de desaparecer. A carta foi escrita na mesma noite em que os ventos mudaram em Herégion, dando início a um tempo de incertezas e sombras. Essa carta era o que dava esperança a Noah dia e noite: que um dia seu pai retornaria. Enquanto isso não acontecia, Noah estava sob cuidados de seu avô, a quem ajudava na cabana isolada onde moravam. Seu avô tentava, todos os dias, decifrar os mistérios contidos no diário de L. K. Sasha, enquanto narrava, após muita insistência, algumas das histórias para Noah, a fim de que o garoto soubesse um pouco da sua origem, da origem de seu pai e das lendas dos reinos.


Este diário se inicia com os relatos da guerra de colonização de Herégion, época chamada de Era das Trevas. Por ele, ficamos sabendo como este reino se formou, o que ocorreu na época. Tentando não passar muitos spoilers, posso dizer que há mais de um rei envolvido, braceletes feitos de um metal poderoso, o Elementhril, e muita ganância que levou ao fim da encarnação de Shalkas, o grande guardião dos elementos, único a conhecer a localização do quinto deles, que controla todos os outros 4.

Entre uma história e outra, Noah e o avô vão à aldeia próxima e encontram Orpheu, o contador de histórias. No entanto, descobrimos pouco mais tarde que Orpheu tem outros poderes: ele avisa ao avô do garoto que seu tempo está se esgotando. Ele tem exatos três dias para contar toda a história de Wood ao menino antes de morrer.


E é o que acontece. A história abandona Noah e seu avô Theodor no presente e dá uma guinada brusca ao passado, quando conhecemos a história de nascimento de Wood junto dos elfos, a fuga de sua mãe para salvar seu filho, o escolhido, e sua jornada pelas florestas de Herégion, a fim de manter um embrulho, contendo um segredo, o grande enigma de Shalkas, a salvo das mãos inescrupulosas do Grande General (cujo nome ninguém sabe), sedento de poder dos elementos.

O que eu achei? O livro, muito bem escrito, narrador em terceira pessoa, tem uma quantidade enorme de informações. Mas não é entediante! As informações são passadas ao leitor como parte da história, ou da história dentro da história, sem nos deixar perdidos em momento algum. A mudança do presente ao passado, e vice-versa, se dá de forma clara. Não há excesso de detalhes, e aventura e ação tem sobrando.

Segundo informado, o autor começou a idealizar este livro ainda pré-adolescente. Imaginem vocês quanta imaginação ele precisou usar para montar não um, mas dois reinos, além de épocas distintas da sua colonização, suas guerras, seus habitantes, suas criaturas e seus mistérios.

E, obviamente, não paramos aí. Este é o primeiro livro de uma trilogia. Há muita informação e enredo a ser compartilhado com os leitores. Há muita vida em jogo ainda e eu quero saber quando que o próximo livro chega pra gente!

Os personagens: Os principais personagens são: Noah, um garoto de 11 anos que tenta de todas as formas possíveis saber tudo sobre seu pai, desaparecido; Theodor, o avô de Noah (quer dizer, o que se diz avô, mas não sabemos exatamente quem ele é), que passou a vida analisando o diário de Wood e decidiu contar tudo ao neto depois de receber um aviso de Orpheu; Wood Shellboltou, o pai de Noah, que seria a forma reencarnada do grande Shalkas, detentor de um grande segredo e desaparecido há muito tempo, sem deixar vestígios, mas deixando muitos mistérios.

Além destes, personagens secundários que aparecem ao longo do livro, de suma importância para o entendimento do leitor, como Orpheu, o vidente de idade indefinida, o contador de histórias, o curandeiro, que conhece a história de nascimento de Wood (e até participou dela); Lorde Sasha, filho de um rei, quem escreveu um diário com toda a história de Herégion e do nascimento de Wood, o mesmo diário que está em posse de Theodor, sendo lido para Noah; Elfos, Hogres, além de outros humanos.

E a parte técnica? De novo, começarei com uma descrição sucinta da capa para os coleguinhas que tem problema de visão.


Tenho de parabenizar o autor e editor que também é o designer capista da Editora Arwen. Não apenas esta, mas todas as capas da editora são muito boas, de uma beleza e trabalho espetaculares. Esta capa tem, em primeiro plano, um homem em sua armadura de ferro dourado e, apesar de muitas manchas e marcas de batalha, ainda reluzente. Sua posição é quase perfilada, sua mão direita segura o punho de uma espada ainda na bainha, o elmo tem uma penugem vermelho-sangue, a mesma cor da capa longa esvoaçando atrás dele. Ao fundo, uma imagem de fim de batalha: várias lanças fincadas em corpos espalhados (mas não bem definidos), em um tom acinzentado e sombrio de fumaça pós-guerra. O título do livro está em uma fonte bem simples, na cor branca, ficando muito bem destacado.

A diagramação interna é outra maravilha! Antes de cada capítulo, há uma página totalmente negra com uma citação em fonte branca, centralizada. A página seguinte é também toda negra, tendo no centro uma figura que lembra uma fênix, e 4 runas desconhecidas próximas às suas asas. Essa imagem é relatada no livro como uma marca do Enigma. O capítulo se inicia na página seguinte, sem numeração, mas com título em fonte simples. E finaliza com a mesma imagem da fênix, mas dessa vez em página na cor do texto mesmo.


Além disso, outros detalhes fazem da diagramação uma beleza. Margens justificadas, fontes em tamanho e formato ótimo para leitura, páginas semelhantes à pergaminhos quando pretendem retratar o Enigma e outros documentos citados. Línguas  e imagens estranhas entalhadas em objetos também são retratadas.

Minha opinião final: É um livro perfeito para quem gosta desse tipo de fantasia, de universos completamente diferentes daqui, criaturas simbólicas e sombrias, magia elementar e buscas quase impossíveis. Um mundo em que a luta do bem contra o mal não é definida claramente, onde o protagonista passa por diferentes provações e persiste, porém também erra, e erra feio. 

De explicações e implicações profundas, é uma obra para se deleitar e se perder nas terras de Herégion, observar a Estrela dos Mares que brilho sobre as montanhas Kuhr. Depois, ao sair das Florestas de Darbókia, tome um chá, enquanto decifra um diário e decide se muda ou não o destino previsto por Orpheu... ;)

Ou seja, divirtam-se na leitura como eu! P.S.: Eu não descobri o Enigma!... =( Será que vocês conseguem? Vale brindes!




Já pensou em ir no evento de lançamento, pegar autógrafos, abraçar o André, tirar fotos, ganhar brindes? Sim, senhores!! Já está marcado!!! Anotem aí:

Quando? 19 de março
Hora? 15hs
Onde? Livraria Martins Fontes, São Paulo/SP



Que tal saber um pouquinho mais? As informações abaixo foram cedidas pelo autor:

O Enigma
Parte dos mistérios que envolvem toda trama está oculto em um enigma presente na obra. Ela pode ser decifrada e as referências estão nas ultimas folhas do livro. O primeiro que conseguir desvendar antes do lançamento da continuação: Os Selados, ganhará brindes especiais e únicos da obra.

O livro 
O Enigma de Shalkas, começou a ser escrito quando tinha 11 anos de idade e finalizado em 8 meses depois, já com 12 anos. Porém, 3 anos mais tarde, o original passou por uma reestruturação e depois disso nunca mais foi mexido, modificado e nem alterado. O mesmo permaneceu guardado em minha gaveta por 10 anos. A publicação veio por pedidos de amigos e familiares que queriam conhecer esse projeto que levei comigo durante a vida e in memorian do meu mentor, que me levou para o mundo editorial. 

Herégion e Athar 
Muitos estão vendo imagens citando O Enigma de Shalkas e Fantasya. O autor Tiago Anderson, após ler a primeira edição resumida do Enigma, se inspirou ao ponto de escrever seu próprio livro e no intermédio dessa amizade, tivemos a ideia de interligar os mundos Herégion (Enigma de Shalkas) e Athar (Fantasya), nossos personagens citam e se aventuram em entre os reinos que criamos. Isso fez com que não existisse mais limites e criou infinitas possibilidades de histórias, mistérios, crossovers, spinoffs, contos e lendas ainda mais estruturadas dentro de um contexto igualmente amplo.



O livro na Rede:

 

>> ARWEN STORE <<

Book-trailer:



O autor:
Biografia

André C. S. Santos, nascido em 21 de Janeiro de 1990 em São Paulo, iniciou sua carreia no mundo literário ainda cedo, com apenas 11 anos de idade, quando escreveu o seu primeiro livro. Antes de completar 12 anos, escreveu seu projeto que muitos já conhecem: O Enigma de Shalkas, despertando, assim, o interesse de um escritor italiano que veio a ser seu mentor no mundo da literatura. Atualmente, além de escritor, é editor chefe e fundador do Grupo Editorial Arwen e também atua de maneira ativa em todas as áreas editoriais como capista, diagramador, editor, web designer e programador.






Pérolas da minha surdezaprendendo a ser surda depois dos 30!

Meu livro está em pré-venda até 20/março! Encomende o seu diretamente comigo e garanta seu exemplar autografado com marcadores personalizados e brindes surpresas!

O lançamento? Marcado:
19/março - Rio de Janeiro/RJ




PROMOÇÕES ATIVAS:



 

 

Enfatizo meus agradecimentos anteriores: Obrigada, André, por ter aceitado o blog como parceiro, pela confiança e pela oportunidade de ler seu livro tão cheio de significados.

Foi uma honra incrível poder fazer parte dessa sua jornada!

Desejo muito sucesso e aguardo, ansiosamente, a continuação!!

Aos leitores do blog: Boa leitura!

Até + ver!



30 comentários:

  1. Gostei da história envolver mitos. Amava o assunto nas aulas de Filosofia. Kkk
    E essa ideia de descobrir o Enigma?? É simplesmente fantástica!!!
    O Autor está de parabéns, me interessei muito pela leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é mesmo! To louca aqui! De-tes-to não saber das coisas.. e tipo, o enigma tá lá eu eu não vejo!!!... Socorro!!! ;)
      bjin!

      Excluir
  2. Olá Nu,
    Bom saber que é uma história nada entediante, cheio de aventura e ação. Interessante ser uma história dentro de outra, o bom que o autor soube escrever sem deixar o leitor perdido.
    O autor idealiza essa história desde a sua pré-adolescência? que show!!!
    Quero saber o que é o Enigma de Shalkas, fiquei super curiosa.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma maravilha, Daya! Tem a história do garo to e do avô e a história do pai qe o avô conta, após ler os diários. Ficamos conhecendo a história do pai desde antes do seu nascimento! O personagem que mais me intrigou foi o curandeiro Orpheu, ele estava em tudo que é lugar e época!... Foi um livraço! Recomendo esmo!

      Excluir
  3. 1- Resenha diva; 2- Seu modo de divulgar tudo a respeito é fantástico; 3- seu blog é divino 4- adorei o livro ( antes de ler sim ) quero ele. Enfim, comentário meio estranho, mas eu gostei demais de tudo, não apenas do livro, mas do modo como você discorreu a resenha dele. Parabéns!! Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha... tem razão, Thays, comentário diferente! Mas super condizente!!! XD
      Obrigada!! O lançamento do Enigma sai este sábado em SP ;)

      Excluir
  4. Olá!
    Alguns livros de fantasia são entediantes por conta da imensa quantidade de descrição, mas como você disse que esse não é, então, acho que valha a pena ler.
    Confesso que me sinto impelida a ler o livro e fiquei com boas expectativas.
    Gostei muito da sua resenha e preciso concordar contigo: todas as capas da editora são lindas.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, super te entendo! Se a gente toma por base os livros do Tio Sanguinário Martin, são detalhes pra carammmmmmba!!! Mas esse, apesar de detalhista, não é enfadonho, justamente por ter bastante ação! ;)
      tenta, sim! bjs!

      Excluir
  5. Olá!

    Não o conhecia, mas achei maravilhoso! Não é meu gênero favorito, mas acho que pra sair da zona de conforto, a pedida é mais que válida!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se quer conhecer fantasia de autor nacional, começa com esse e com o do Luiz Mazzaron, também da Arwen. Aliás, o catálogo de fantasia da Arwen só tem coisa boa! Vai lá!

      Excluir
  6. Oii Nutella, como sempre uma resenha perfeita! Eu já tinha lido uma resenha do mesmo livro fiquei bastante curiosa em relação ao enigma.
    Gosto muito de livros feitos de fantasias, mitos e lendas. O André parece ser uma pessoa bem simpática, merece muito sucesso, eu vou esperar para ler quando lançar os outros, sou muito ansiosa kkkkk.
    Beijocas!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah!... Não espera, não! Vai demorar!!!!.... Pede logo, vc é parceira deles... vai ler!!! XD

      Excluir
  7. Eu já tinha ouvido falar sobre esse detalhe das capas interligadas entre Shalkas e Fantasya. Achei a ideia super criativa. As capas ficaram lindas, inclusive.
    Eu não sou a maior fã de fantasia, mas gosto de ler de vez em quando, ainda mais quando com mitos e lendas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles interligaram até o enredo, Mari!!!
      Tudo louco esse povo da Arwen (opa...! vc é de lá, não é... XD )!!!
      Eu gosto de fantasia, então ler esse foi bem legal!!!

      Excluir
  8. Nu! Essa é a minha próxima leitura! Fiz as primeiras impressões e fiquei encantada pa escrita do autor! E fiquei animada para decifrar esse enigma, será que consigo? E ainda bem que o livro é tudo que eu esperava, sua resenha me deixou super animada, beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pega de jeito, Suzy!!! Você vai adorar!!! Tomara que decifre!!

      Excluir
  9. Olá Nú, que legal essa obra, eu ainda não conhecia mas já me interessei. Adorei a resenha e a capa também!

    Super beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá uma vasculhada no catálogo da Arwen e leia, Quel! André escreve muito bem!

      Excluir
  10. Oi Nu, sua linad!

    Esse livro sempre me chamou a tenção pela capa e pela sinopse, mas esta é a primeira resenha que leio da obra. Confesso que fiquei encantada com tudo o que você relatou na sua resenha, e tenho certeza de que vou amar a trama. Aqui já me ganhou "Uma história fantástica cheia de mitos, lendas e muita realidade escondida."

    Um beijo enorme!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AhHh....! que legal saber que você gosta de fantasia e que a obra te agarrou!!!... Leia mesmo, Di! O André soube trabalhar muito bem com todos os elementos do mundo fantástico sem perder a verossimilhança! Vai amar!

      Excluir
  11. Eu tenho problemas com histórias fantásticas, mas esse livro me ganhou no primeiro instante em que coloquei meus olhos em cima da capa rsrs.
    E,Nu, essa é a primeira resenha do livro que eu li que despertou meu real interesse pela leitura. Eu já queria, mas não tanto quanto agora. Vou procurar adquirir o livro o mais rápido possível.
    Eu amo suas resenhas Nu, parabéns pela perfeição. <333

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jenny, sua linda!... To bem longe da perfeição, mas tento e agradeço!!! XD
      As capas do André! Ele escreve tão bem quanto é designer de capa!... Tudo lindo!
      O livro está em fase de lançamento! O evento é em SP, no dia 19/03. Mas no site da Arwen já dá pra comprar!!
      bjs!!

      Excluir
  12. Gostei muito da sinopse do livro e o que eu posso falar dessa capa maravilhosa???! Apesar de não gostar muito de livros desse gênero, acho que ia gostar desse. Adoro quando os personagnes secundários se monstram fundamentais para a história. Fiquei muito curiosa, ainda mais por se tratar de uma trilogia. beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cris!!
      Acho que você vai adorar!!! O André tem uma escrita muito boa, diversificando muito no livro. Tenta!

      Excluir
  13. Adorei conhecer o livro, O Enigma de Shalkas é definitivamente o meu tipo de livro, adoro lendas e mitos, sinto que vou gostar do livro, vi o book trailer e amei demais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se é seu tipo, corre!!!
      Está a venda na loja da Arwen...! Conversando com o André, acho que você consegue um autógrafo e brindes! ;)

      Excluir
  14. Amei a resenha, Nuccia! Super completa e bem escrita, adorei conhecer um pouco mais dessa obra que já tinha ouvido falar e, pela capa e premissa, me interessou bastante. Espero poder ler o quanto antes! Abraços!
    bookdan.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Dan!
      Eu recomendo mesmo a leitura! Eigma é uma fantasia muito prazerosa!... beijos!

      Excluir
  15. Oi!
    Ainda não conhecia esse livro mas fiquei curiosa, parece que o autor cria um mundo fantástico e bem interessante me deixando curiosa principalmente sobre esse passado e a historia que o avô conta e se tiver oportunidade quero ler !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, você vai gostar! Se fantasia faz o seu gênero, definitivamente você precisa ler este livro! XD

      Excluir

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...