sexta-feira, 8 de abril de 2016

6 [Surdos na Moda] - Nyle DiMarco

Oi, nucciamigos!!!

Eu não estou oficialmente online hoje (não dá pra ficar on de dentro de um avião a caminho do maior e melhor encontro e espetáculo de Dança do Ventre do Brasil), mas o blog não para nunca!

E por que eu já estava um tempão sem postar nada sobre isso, toda atarefada com meu lançamento e o caramba, resolvi que era hora de me corrigir e trazer mais uma personalidade surda pra vocês.

Pra galera que é relativamente nova no blog, eu explico: todo mês (eu tento, juro!) trago um surdo famoso (atual ou já falecido) com a intenção de mostrar que a ausência de audição não impede ninguém de conseguir o que deseja, se a força de vontade é boa mesmo. 


Apresentei algumas personalidades ano passado e no início deste ano (confira AQUI), mas estive negligente pacas...

Bora agitar essa parada: venham conhecer Nyle DiMarco, ator, ativista e modelo, surdo e gato desde que nasceu!



Nascido surdo na cidade de Nova Iorque, EUA, em 8 de maio 1989 (Feliz Aniversário adiantado, seu lindo!!!!), Nyle usa a American Sign Language (ASL) na sua comunicação desde a infância.


Assim como  a Língua de Sinais Brasileira (Libras), a ASL utiliza muita expressão facial e corporal durante o processo de comunicação, além dos sinais manuais. O uso da língua, segundo ele, apenas fortaleceu seu talento natural.

Além dele, Nico, seu irmão gêmeo fraternal (cuja aparência física é completamente diferente) e outros membros da família também são surdos, incluindo gerações anteriores. Nyle estudou em escolas bilingues e foi aluno da Universidade de Gallaudet University, a única universidade que possui curso de artes para surdos.


Sua carreira como ator começou em 2013, quando DiMarco participou do filme independente "In the Can" filmado em Língua de Sinais Norte-Americana (American Sign Language - ASL), tendo legendas para que todos pudessem entender. Em 2014 e 2015, participou do seriado Switched at Birth, uma série que tem a surdez como tema principal. 


Trabalhou como modelo freelance durante um ano. Em 2015, foi o primeiro modelo surdo a participar e vencer a competição da temporada 22 de America's Next Top Model, assinando contrato com a agência Wilhelmina Models. Atualmente está competindo na temporada 22 do programa Dancing with the Stars.


Paradoxalmente, DiMarco não se considerada uma pessoa deficiente auditiva. Ele sempre utiliza seus perfis sociais como uma oportunidade para difundir e conscientizar a Cultura Surda dos EUA.



Como membro honorário e port-voz da Language Equality and Acquisition for Deaf Kids (LEAD-­K), Nyle é apaixonado por alfabetização de surdos, além de ser ativista em campanhas anti-bullying e questões de direitos da comunidade surda do país.

Além disso, é um colaborador do The ASL App (by Ink & Salt), um aplicativo criado por surdos de nascença para ensinar conversação em ASL.


Segundo ele, a surdez é uma vantagem no mundo da moda, pois ele já está acostumado a transmitir mensagens sem falar. Ele também acredita que papéis de filmes, novelas, seriados sobre personagens surdos devam ser interpretados por atores surdos.

Quem quiser, pode acompanhar o trabalho do Nyle em suas redes sociais (preparem um baldinho de pipoca e muitos suspiros, porque só tem foto de babar!!!):



  

Antes de partirmos, um presente: deleitem-se com a primeira apresentação de Nyle DiMarco e Peta Murgatroyd, o chá-chá-chá mais quente que já vi:



PROMOÇÕES ATIVAS:

Não deixe de participar das nossas promoções!
Hoje é o ÚLTIMO DIA da Promoção de Aniversário Literaleitura!
Participe também do TOP Comentarista de Abril: você pode ganhar um exemplar do meu livro! Boa sorte!

 
 


O que acharam? Espero que tenham curtido!! Não esqueçam de comentar! 

Querem ver as Personalidades já apresentadas pelo blog? Clica no link:



Estaremos OFF neste fds aqui no blog, mas nossa page, twitter e instagram bombarão de fotos dos eventos em que irei! Acompanhem!

Até + ver!


6 comentários:

  1. Oi, Nuccia! Nossa, adorei a ideia do projeto aqui no blog. Se você não me dissesse que esse modelo era surdo, nunca ia saber! Um trabalho de conscientização magnífico, parabéns pela ideia. Abraços :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. XD
      Não só este modelo como trago na coluna um bocado de pessoas que tem uma ótima posição e prêmios, todas surdas! Bora mostrar que deficiente é quem pensa pequeno!

      Excluir
  2. Nu!
    Que postagem linda!
    Além de divulgar o sucesso das pessoas com deficiência auditiva, estimula portador de necessidades especiais a continuarem sua luta.
    Fiquei imaginando como el dança tão bem sem escutar a música?
    “O conhecimento torna a alma jovem e diminui a amargura da velhice. Colhe, pois, a sabedoria. Armazena suavidade para o amanhã.” (Leonardo da Vinci)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista especial de aniversário em abril: com 6 livros 5 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Rudy!
      Dançar sem ouvir requer muito treino de sensação vibracional e dos passos. Mas não é impossível! Eu danço profissionalmente também! ;)

      Excluir
  3. Minha nossa que impressionante, como dançar algo que você não ouve? Meus parabéns tai uma coisa que acho que não conseguiria fazer.
    Gostei muito do post Nuccia.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é uma questão de treino, de percepção e uma boa dose de boa vontade. Mas temos um segredinho: nós ouvimos a música com o coração! ;)
      Vem mais por aí! beijo!

      Excluir

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...