menu

Sorteios

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

15 Resenha [livros] - O segredo da caveira de cristal, de Mallerey Cálgara

Olá, leitores!

Sejam bem-vindos a mais uma sexta-feira!

Eu acho que nem preciso anunciar mais, porém não custa nada enfatizar que 6ªf é dia de resenha de livro nacional!

Venho apresentar hoje a resenha do livro O Segredo da Caveira de Cristal, 1º volume da trilogia de mesmo nome, escrito pela autora Mallerey Cálgara e lançado pela nossa parceira Editora Mundo Uno.

Com'on!

O SEGREDO DA CAVEIRA DE CRISTAL
Trilogia O Segredo da Caveira de Cristal - vol. 1
Autora: Mallerey Cálgara  
Editora: Mundo Uno
Gênero: Fantasia medieval
Ano: 2015
ISBN 978-85-67218-02-1
324 p.

*Obra cedida pela editora no formato físico para resenha referente a parceria 2016. 
As opiniões são exclusivamente nossas.
Não houve nenhum tipo de intervenção em nossos comentários.*

Sinopse:
Cuidado com o que você deseja... A vingança é uma faca de dois gumes. Prepare-se para cavar duas covas!
Heilland estava em paz até a rainha engravidar e os gêmeos nascerem. Com o passar do tempo, o reino compreendeu que havia um novo inimigo: o sombrio futuro rei. Dor, ódio, sangue, traição e mortes passaram a fazer parte da rotina do castelo, restando ao mago Mongho e à rainha Driadh a perigosa busca por respostas! 


O livro na REDE:

 


“A disputa entre o bem e o mal é tão comum na literatura que raros são os casos em que um autor consegue se tornar original e convencer o leitor. Quando encontramos uma história que [...] consegue nos surpreender, percebemos seu indiscutível potencial.”  (Ricardo Biazzotto, escritor)



Quando conhecemos um autor através de um de seus livros, temos a tendência a achar que todas as leituras dele serão parecidas. Ledo engano! Não só os gêneros são diferentes, como parece que li uma autora totalmente nova. Não vou me estender na história para evitar os tais spoilersVem comigo pra entender:


Em O segredo da caveira de cristal, somos apresentados a um mundo dividido em 5 reinos. No Reino de Heilland, o Rei Alphonsus era considerado um do melhores que já governaram, por seu senso de justiça e sua bondade. Durante o seu reinado, houve esperança, houve crescimento e uma certa paz. E a tendência era continuar assim, quando todos descobriram que a Rainha Arápia estava grávida. De gêmeos.

Apesar de seus filhos serem gêmeos e terem sido gerados juntos, são pessoas completamente diferentes, tanto no físico, quanto na personalidade. O primeiro a nascer, o príncipe Sulco seria o futuro Rei, e desde sua infância foi treinado para isso. Essa certeza de sua soberania o fez crescer arrogante e mesquinho. Já o caçula, o príncipe Heian, era um doce de pessoa, sempre amável, com o dom de ver e de procurar o lado bom nos outros. Segundo Sulco, Heian era fraco.

"Tamanha foi a ira de Sulco ao confirmar o anunciado pelos sinos que desembainhou a adaga e cravou-a no peito do mensageiro."

Heian cresceu livre do treinamento com espadas, das futuras obrigações reais. E esteve sempre junto de seu amigo Mongho, o filho de um feiticeiro que chegou a ver o futuro dos jovens em uma bola de cristal. Não era um futuro que o Rei gostou de saber.

Quanto mais perto de seus 15 anos os jovens chegavam, mais dúvidas tinha o Rei sobre sua escolha. E no dia da cerimônia, bem no meio da festa... a coroa foi dada ao segundo príncipe. A partir daí, Sulco se fechou, começou a pesquisar sobre magia, mudou-se para uma ala abandonada do castelo e coisas estranhas começaram a acontecer.

Não são muitos os personagens a que somos apresentados, mas os mais marcantes são bem elaborados. Cada qual tem sua personalidade bem delineada, seu papel na história e não são largados de qualquer forma. Há, mesmo que tênue, uma linha que os liga.

De forma estranha, apesar de o livro tratar da história de dois príncipes, o personagem que mais se sobressai é o... amigo, o filho do mago, que se torna ele mesmo um mago na vida adulta: Mongho! Sem ele, metade da história não teria sentido. Com toda certeza, ele é o herói. Além dele, outro personagem que seria secundário, pois surge no meio do caminho, mas tem papel fundamental e é de uma fibra escandalosamente linda é a Rainha Driadh, esposa de Heian.

"Solte-me, Heian, você não está raciocinando como um rei, está pensando apenas em você.Pare e pense um pouco! O que nós realmente podemos fazer para impedir Sulco de ocupar o trono? Nada! Até quando vamos deixar toda a responsabilidade de salvar o reino nos ombros de Mongho?"

Sobre o que eu achei do livro: a escrita da autora é completamente diferente do que eu esperava. Não, não é ruim! É só diferente, pois eu li e resenhei um outro livro dela (Beco da Ilusão), que é um romance histórico, tem foco, narrador, cadência, tudo bem diferente, de um jeito bom. 

A história deste livro é muito bacana, Mallerey soube montar um mundo, soube criar os personagens e o desfecho do livro é intrigante e deixa o leitor nós, reles mortais com um gostinho de "WTF? Cadê o resto??"... Em determinados momentos, eu quis dar uns "pedala, Heian", porque francamente só ele pra não ver a maldade nata e a ambição desmedida do irmão.

Algumas das decisões dos personagens me pareceram estranhas, mas considerando que é uma fantasia medieval, não chegam a ser tão estranhas assim. Eu é que sou moderninha (e segundo minhas digníssimas amigas, sou moderna até demais).

Sobre a parte física: A diagramação é simples, mas bonita. Em alguns pontos, houve imagens representativas de armaduras e armas, com seus respectivos nomes. Os capítulos começam com números em fonte medieval, as páginas são grossas e amareladas. Descrição da capa #pracegover: com fundo preto e azul escuro, representando um céu noturno, a capa possui duas imagens, separadas pelo título que está bem centralizado. Na parte superior, vemos um castelo à noite, com sombras e penumbras das luzes de muitas velas. A imagem inferior tem um rapaz com um capuz e em sua mão estendida temos luzes, representando magia. No título temos algumas espadas substituindo letras, fontes brancas e laranja.

A recomendação vai, claro, com muitas bruxinhas! A todos os que gostam de leituras fantásticas, especialmente com reis e rainhas, bruxas, magos, elementos de poder e os tais poderes cósmicos e fenomenais. É uma leitura muito agradável, vale a pena!



Sobre a AUTORA:

Nasci no interior de Minas Gerais, Carmo do Cajuru, sob o signo de Aquário. Aos quatro anos, mudei-me para Belo Horizonte, onde moro até hoje. Sou leitora voraz desde os cinco anos quando aprendi a ler com uma de minhas irmãs. Por volta dos meus nove anos, meu livro de paixão era O Pequeno Príncipe, de Antoine Saint-Exupéry, que considero ter marcado minha vida. Cursei a faculdade de psicologia e acrescentei em minha lista escritores consagrados como Dante, Sartre, Freud, dentre outros.Trabalhei na aviação alguns anos como comissária de bordo. Participo de projetos ligados a proteção de animais e mantenho em minha residência um abrigo para cães e gatos com minha filha. Sou possuidora de grande imaginação e fui incentivada por minha família a colocar no papel minhas ideias, de onde nasceram as obras de ficção Beco da Ilusão, O Segredo da Caveira de Cristal e Anjo Negro, sendo este último minha primeira publicação.

Contato:



Esse livro faz parte do Desafio Literário 60 Livros em 1 ano, organizado pelo Blog Livros & Tal, como minha leitura #30de60.


Deixo o meu recadinho pra autora: adorei seu novo livro! É uma boa obra, com uma ideia digna e você desenvolveu bem! Apesar de achar que nada supera Beco da Ilusão, mando meus sinceros parabéns! Adoro sua escrita, Mallerey, coisa de fã já!

A quem se interessar, Mallerey estará na Bienal-SP, autografando este livro e o lançamento Beco da Ilusão também. Estande M-69, Mundo Uno/Ler Editorial:



E, então, leitores, gostaram? Quem já leu está de acordo com a resenha?

Curtam, comentem, compartilhem! Ajudem a divulgar a literatura do nosso país!

Boa leitura!

Até + ver!




15 comentários:

  1. Esse livro é bem diferente dos quais eu costumo ler, mas gosto muito de filmes nesse estilo (Harry Potter) então acho que iria gostar de uma leitura assim... O importante é prender a atenção!

    Beijos lindona!

    Fran
    Achei e Rabisquei

    ResponderExcluir
  2. Urhuuu...adorei sua resenha! Muito obrigada pelas bruxinhas!!!

    Super feliz por você ter entrado no meu mundo de fantasia e gostado!

    Bjusss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que isso! Eu já gostava da sua escrita, só precisei me acostumar com o ambiente diferente rs... Bruxinhas merecidas!

      Excluir
  3. Que bela resenha! Amei!!!
    Parabéns pelo blog, e muito sucesso!

    Tenho um blog de estética, se quiser visitar
    http://www.esteticando-se.com/2016/08/cuidados-basicos-com-pele.html#

    ResponderExcluir
  4. Amo histórias com reinos!! Adorei esse livro, me deixou empolgada. Achei fofo a autora colocar imagens das coisas, porque ai dá pra imaginar melhor, né? As vezes eu leio esses livros e fico meio perdida no que é o que, hahaha. Só sei o que é espada e escudo!!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Olá
    Ótima resenha, eu amei esse livro e tô louca pelo segundo.
    Amei cada personagem e o personagem atrapalhado com seus feitiços hein?! rs
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Oi Nu,
    Fujo sempre correndo de fantasia, uma ou outra que acaba me chamando a atenção e não é que gostei desse. EU quase li esse livro, é que resenho para o blog de uma amiga e ela é parceira dessa editora também. Essas intrigas reais sempre chamam a atenção mesmo e nem conheci esse Heian mas já estou crushando hahahahahah
    Espero a resenha do segundo para ver como as coisas se encaminharam.
    Abraço e Bons Livros ❤

    ResponderExcluir
  7. Oiii!!!
    Gosto bastante de fantasia e se eu não estiver enganada, esse livro deve ter um pouco de politicagem também por envolver briga pelo poder.
    Fiquei bem interessada na história. Intrigas e fantasia é algo que sempre da uma excelente história.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi Nu! Você disse reis, magos e bruxos? Então estou dentro! Fiquei curiosa para ler esse livro, amo fantasia e esse livro tem todos os elementos que procuro em uma história assim. Parabéns pela resenha, beijos!

    ResponderExcluir
  9. Nu, eu li um livro da autora e apesar de gostar da escrita não consegui me envolver muito com a história.
    Já esse parece que eu gostaria mais, pois curto muito de fantasia e medieval, então nem se fala.
    Fiquei com bastante vontade de ler.

    ResponderExcluir
  10. Oi, Nu! Primeiramente, acho que o gato não queria tirar foto. Kkkkkk
    Segundamente, eu amo fantasia, amo a era medieval e tenho certeza de que vou amar essa história. Mesmo tendo rido do nome Sulco (sulco é um tipo de cova pra plantar.. Kkkkkkk).
    Eu adorei o enredo e parece ser bem medieval mesmo essa disputa pelo poder. Se bem que no Brasil atualmente.... Enfim, voltado ao livro, é uma pena que eu fiz uma promessa de não comprar mais nenhum livro este ano com excessão de dois. :( Mas já anoto ele pra lista do ano que vem.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Quando li o título, pensei logo que a resenha se tratava de um livro da Butterflay que se não me engano tem o mesmo título, que aliás, acho que você iria amar a leitura. Bom, eu achei a história bem bacana, Fantasia medieval é muito bom de ler e ele parece ser bem levinho. Bom para a galera que não gosta de fantasia começar a ler e a pensar melhor,hahaha. A capa ta bem bonita.

    bjs

    ResponderExcluir
  12. Oi Nuccia!
    Adoro quando um autor consegue mudar de estilo e nos surpreender sem perder a qualidade da escrita, e pela sua resenha, Mallerey fez isso muito bem. Amei o enredo, adoro histórias sobre reinados e disputas de coroa, e já quero muito ler.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  13. Menina a Mallerey arrasa demais, adoro a versatilidade desses nossos autores, passam de um romance histórico como Beco para uma fantasia e se saem bem, é de louvar de pé!
    Estou com esse livro no kindle e depois da sua opinião sobre ele vou ter que pular ele um pouco pra frente na fila...
    Beijocas e até mais <3

    ResponderExcluir

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...