sexta-feira, 14 de outubro de 2016

0 [Especial Outubro Sangrento] Resenha [livro] - Hannibal A Origem do Mal, de Thomas Harris

Olá, nucciamigos!

Nosso Especial Outubro Sangrento está bem empolgante! Acho que nunca me empenhei tanto em ler e resenhar um gênero! Talvez porque tenha lido muito pouco dele ao longo do ano...


Bem... Já que estamos empolgados, vamos de resenha?

Essa leitura eu iniciei antes do mês de outubro, portanto ela não faz parte da ML de Halloween, mas nem por isso eu vou deixar de citá-la no Especial, afinal é uma leitura pra lá de arrepiante!

Vamos ver minhas opiniões sobre o livro Hannibal - a origem do mal, escrito por Thomas Harris, o mesmo que criou O Silêncio dos Inocentes.


Hannibal - a origem do mal
Coleção Hannibal - vol. 4
Autor: Thomas Harris
Editora: BestBolso
Gênero: terror, thriller
Ano: 2014
256 p.

*Livro do acervo pessoal do/a blogueiro/a*

Sinopse:
O livro que inspirou o filme homônimo. Sobrevivente da Segunda Guerra, vagando pela neve, aos 8 anos, Hannibal Lecter está mudo e tem uma corrente em volta do pescoço. Em sua mente, a dolorosa imagem da morte dos pais, torturantes cenas de violência e apenas uma vaga lembrança do que pode ter acontecido com sua irmã Mischa. O menino é encontrado pelo tio e tenta reconstruir sua vida, tornando-se aluno brilhante da faculdade de medicina. Mas os demônios de Hannibal ainda o visitam e o atormentam, e, quando o jovem tem idade suficiente, descobre que sua ira unida a seus dons acadêmicos é a fórmula perfeita para um sanguinário assassino.




Hannibal - a origem do mal é o quarto livro da coleção Silêncio dos Inocentes, porém se refere ao início da vida de Hannibal. 


A história começa na época da Segunda Grande Guerra, com a família fugindo de seu castelo na Polônia, tentando chegar a uma casa/abrigo no meio da floresta, mas falhando no quesito tempo. Alguns poloneses e russos que tentam sobreviver ajudando a SS invadem o castelo, encontram a família e os empregados. Todos são mortos pelos soldados ou por bombas aéreas, com exceção das duas crianças: Hannibal e sua irmã mais nova, Mischa.

Meses depois, com a guerra já no fim, Hannibal é encontrado vagando pela floresta. Não se recorda do que aconteceu com sua irmã, não fala e há uma corrente presa em seu pescoço. É encaminhado para um orfanato que se instalou no seu antigo castelo, até que seu tio o encontra, levando-o para seu lar, um castelo na França onde vive casado com Lady Murasaki.


"São os valentões que saem machucados. Hannibal não observa a hierarquia social. Eles são sempre maiores e Hannibal os machuca com muita rapidez, às vezes, gravemente."

Apesar de sua nova vida no castelo, Hannibal não esqueceu o terror que passou. As partes que a memória fazem questão de ocultar são lembradas muito aos poucos. Sua infância e adolescência mostram suas tendências homicidas e a genialidade em artes, matemática, medicina, especialmente em dissecção e desenho. Anos mais tarde, já como um exímio aluno da faculdade de medicina, Hannibal começa a ter pesadelos constantes sobre os dias em que ele e sua irmã estiveram presos na floresta.

Em um desses pesadelos, uma lembrança se faz persistente e, então, Hannibal viaja de volta à sua terra natal. Retornando ao casebre onde ficou preso, relembra partes tenebrosas daqueles dias e descobre as identidades das pessoas que fizeram tudo aquilo. Aí, então, começa a caçada.


"Ele fez esboços por mais uma hora. No desenho acabado, as veias e nervos da metade dissecada da face refletiam o paciente sobre a mesa. O lado incólume da face não parecia o paciente afinal. Era a face dos galpões. Era a face de Vladis Grutas, embora Hannibal só pensasse nele como Olhos Azuis."

O livro é narrado em terceira pessoa, dividido em 2 partes: infância e adolescência, seguido da vida adulta. Somos apresentados a um menino traumatizado que aprendeu, da pior forma possível, a se defender. O problema é que este tipo de defesa tornou-se um ataque. Gênio desde a mais tenra idade, com uma mente clínica e precisa, sabe perfeitamente o que fazer para executar seus planos e não ser pego pela polícia.

Há ainda um toque de romance entre ele e Lady Murasaki quando já é um adulto. Além destes personagens, temos o inspetor Popil que praticamente persegue Hannibal desde seus 12-13 anos, quando um homicídio sem explicações aconteceu às margens de um riacho próximo ao Castelo na França.

Harris soube conduzir bem o livro, nos apresentando ao passado do psicopata canibal mais famoso da literatura. Descobrimos o que aconteceu e o porquê de se tornar tão célebre.

Todos os livros de Harris foram adaptados ao cinema. Hannibal - a origem do mal ganhou versão para o cinema em 2007, com Gaspard Ulliel no papel de Lecter. Mas ninguém jamais vai conseguir barrar a interpretação fantástica de Anthony Hopkins nas adaptações lançadas anteriormente.

O seriado Hannibal, com apenas 3 temporadas, é a mais recente adaptação. A 3ª temporada é aquela que irá se basear nesta obra sobre a origem do personagem principal.




Sobre a parte física, eu não gosto muito de edições de bolso. As letras são muito pequenas, páginas brancas e a diagramação é toda enxuta. Obviamente por ser de bolso precisa ser enxuto, mas nem por isso eu preciso gostar. Sem erros de revisão, tem o final conduzindo ao início da sua história principal, narrada em O Silêncio dos Inocentes.

Descrição da capa #pracegover: totalmente em um tom de marrom meio sujo, meio ferruginoso, tem como plano de fundo desenhos anatômicos, enquanto que em primeiro plano há uma katana, um tipo de espada samurai, ensanguentada e uma foice bem enferrujada também com marcas de sangue. O título está entre estas duas armas em fontes brancas.






O livro na REDE:








Sobre o AUTOR:

Thomas Harris é escritor e roteirista norte-americano, mais conhecido pela série de romances de suspense sobre seu mais famoso personagem, Hannibal Lecter. Harris fez carreira no jornalismo, como repórter de polícia no Waco Tribune Herald e na Associated Press, onde foi repórter, depois editor. Todos os seus livros foram adaptados para o cinema, sendo a mais famosa adaptação o filme O Silêncio dos Inocentes, vencedor de 5 Oscar. São obras bastante conhecidas pelo seu suspense e inteligência.




Esse livro faz parte do Desafio Literário 60 Livros em 1 ano, organizado pelo Blog Livros & Tal, como minha leitura #26de60.



Eu acompanhei os filmes e o seriado bem de perto, mas esta é minha primeira leitura do autor e da coleção que fala do psicopata mais famoso da literatura. Estranho, né?

Espero que vocês tenham gostado da resenha! Já leram ou viram o filme? E o que acham? Contem aí!

Boa leitura!

Até + ver!







*SORTEIO ATIVO*
(clique na imagem para ser direcionado)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...