segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

3 Resenha [filme] - Passageiros

Rélou geral!

Olha eu de novo falando sobre filmes. Agora sobre a produção internacional, Passageiros.

Quando estava assistindo, Minha mãe é uma peça 2 (se você não viu a resenha dele, clique aqui), vi o trailer de Passageiros, me chamou a atenção ser ficção científica e parecia ser um filme fantástico, com um elenco maravilhoso. Na primeira semana de estreia do filme, fui ver com meus filhos. E vou contar o que achei, já já.

SINOPSE

Jim (Chris Pratt) e Aurora (Jennifer Lawrence) são dois passageiros de uma viagem de rotina ao espaço. Por um mal funcionamento em suas cabines, eles são despertados 90 anos antes do tempo programado. Sozinhos, os dois começam a estreitar o relacionamento, até que a paz é ameaçada quando eles descobrem que a nave está correndo um sério risco e que eles são os únicos que podem salvar os mais de cinco mil tripulantes em sono profundo.
Título original: Passengers
Distribuidora: Sony Pictures
Gênero: Ficção Científica



Trailer Oficial 






Pois bem, lá fomos nós, a família Buscapé (faltou o chefe da família que estava capinando, ops, trabalhando), assistir ao filme e esperando uma ficção fantástica, já que o trailer indica isso. Mas ledo engano, o filme é um romance e dos fraquinhos, nada de ficção científica, fiquei arrasada.

O filme começa mostrando a nave Avalon, toda sua tecnologia e que ela saiu da Terra para ir a Homestad II, com mais de cinco mil tripulantes, que serão os habitantes desse novo planeta, essa viagem levará 120 anos e por isso os tripulantes estão em cápsulas no modo de hibernação. No entanto, ela sofre um acidente com uma chuva de meteoros, que danificam seu sistema.

Jim é acordado e passa um ano na nave. Ele se sente sozinho e decide acordar Aurora, sem que ela saiba. Ela é escritora, e começa a escrever algumas coisas sobre a viagem. Eles se apaixonam, afinal só tem os dois na nave, então já era de se esperar. Aurora fica sabendo que foi acordada por Jim, e fica fula da vida, aliás, qualquer um ficaria, afinal eles ainda têm 90 anos de viagem até chegar a Homestad, isso quer dizer que irão morrer na nave.

O filme fica nessa, mostrando o dia a dia deles, na nave, no espaço sem fim. Um ciborg, interpretado por Michael Sheen, é o único amigo que eles possuem nessa jornada. Depois de um tempo eles percebem que a nave tem um problema de superaquecimento e que ela pode explodir, eles têm pouco tempo para solucionar o problema. Mas isso não quer dizer que teremos máquinas querendo dominar, só era mesmo um problema e que foi resolvido com um pouco de ação e tensão, mas nada que mudasse a visão que eu estava tendo do filme.

Com esse feito, que deve durar uns 20 minutos no filme, já partimos para o final. E sério, que final tosco, muito ruim mesmo, quer nos descer goela abaixo que o fim foi o esperado, tirando um sarro da nossa inteligência. Nem vou contar o fim, quero deixar para você, que ainda assim se interessou em assistir ao filme, me conte o que achou do fim dele.   

Com certeza esse filme já está na minha lista de piores de 2017.  


Vai ganhar nota 2, só pelos efeitos especiais que são a única coisa legal que achei no filme.  

Beijokas e nos vemos loguinho!


Lucy Santos

Adoro viver em Sampa, sou graduanda em Letras, escritora pelo Wattpad e LuvBook, amo meu marido, meus filhos, minha cãopanheira, amo a vida, tocar piano. Meu vício são os livros, sou simplesmente apaixonada pelo mundo da leitura. Sou teimosa, ciumenta, e mais um monte de coisinhas. 


         INSTAGRAM WATTPAD | G+| SKOOB | LUVBOOK


3 comentários:

  1. Então nem vou perder meu tempo. Detesto romance. Gosto de ação, de roteiros bem elaborados. Diálogos inteligentes. Fiquei desanimada, achei que seria o filme com esse elenco. Que pena.
    Amei seu blog. Vou voltar mais vezes.

    Ana Paula Medeiros
    http://diario-da-leitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana, eu fiquei bem decepcionada, pois também pensei que seria o filme.
      Obrigada por sua visita.
      Beijokas

      Excluir

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...