menu

Sorteios

segunda-feira, 22 de maio de 2017

2 [Respondendo TAGs] - Doenças Literárias

Bom dia, leitores!

Mais uma TAG à vista!

A TAG a ser respondida hoje tem um nome divertido e foi tão divertido quanto respondê-la: Doenças Literárias!

Encontrei a dita cuja no Blog Carpe Diem.

Vem conhecer!




1- Diabetes:
Um livro muito doce.

Com toda certeza um dos livros mais doces que li é Um Personagem em Minha Vida, da parceira e colaboradora Ingrid M.S., publicado em 2016 pela Percurso Editora.

Quando digo doce, quero dizer cheio de romance, de belas linhas, daqueles bem açucarados mesmo, mas o livro não foi chato de ler. 

Nele, conhecemos Rebeca Porto, estudante de literatura, com pais que trabalham como arqueólogos e colecionadores de artefatos históricos. Eis que no retorno de uma de suas viagens, presenteiam Becky com uma moleskine egípcia, a qual a moça começa a usar para escrever um novo romance, descrevendo seu personagem perfeito, incluindo até um desenho. E... no dia seguinte, eis que o Personagem aparece bem na sua frente.




***

2- Catapora:
Um livro que você leu uma vez para nunca mais na vida.

Não é que Hannibal - a origem do mal seja um livro ruim, apenas não atingiu as minhas expectativas de tal forma que este eu não leria novamente. Os anteriores, provavelmente lerei.

Nesse livro, vamos conhecer a infância e adolescência de Hannibal Lecter. Thomas Harris narra como foi para Hannibal sobreviver à 2ª Guerra, perder sua família, ver sua irmã sendo servindo de alimento, caçar os algozes e se tornar aquele a quem conhecemos como Hannibal, o Canibal, um dos maiores assassinos seriais da literatura.



***

3- Influenza A:
Um livro contagioso. 

Livros com cenas fortes, chocantes, terríveis de ler, de imaginar, e mesmo assim (ou por isso mesmo) atingiu mais de 1 milhão de leituras no Wattpad, e já é um enorme sucesso no Brasil e exterior após ter sido lançado pela DarkSide Books em novembro de 2016.

Em Diário de uma Escrava, vamos conhecer Laura, uma adolescente que foi sequestrada e mantida em um porão cavado embaixo da casa de um homem que todos admiravam e respeitavam. Narrado em forma de diário e baseado em diversos casos reais, conta os abusos, torturas, estupros que Laura e dezenas de outras meninas sofreram naquele lugar.




***

4- Insonia:
Um livro que você virou a noite lendo.

Mais um da DarkSide Books. Dessa vez o livro é Menina Má, um clássico da literatura sobre assassinos em série, que deu o 'start' nos livros e filmes sobre crianças psicopatas, relançado em 2016.

Somos apresentados a Rhoda Penmark, uma linda e exultante menina de 8 anos que é egoísta, materialista e não tem sentimento ou remorso algum. Quando sua mãe descobre quem (ou o quê) ela é, passa por diferentes estágios de aceitação (ou não).

Aproveitei que estava em um feriado prolongado, que era um livro interessante e mandei ver na leitura.




***

5- Amnesia:
Um livro que você leu e não se lembra. 

Não só não me lembro dele, como nem o tenho mais. tenho a impressão que achei o enredo meio bobo e perdi o interesse na coleção.

Asas é o primeiro livro da coleção Fadas, escrito por Aprilynne Pike. Fala sobre a vida da adolescente adotada Laurel que tem a vida virada de cabeça para baixo quando asas da textura de pétalas nascem em suas costas.





***

6- Asma:
Um livro que te tirou o fôlego

Beco da Ilusão não é só uma boa história de ficção histórica. É uma narrativa realista sobre um dos períodos mais tenebrosos da história da humanidade. Uma escrita ímpar, sem erros de revisão e com um final de verter rios de lágrimas de tão realista.

Venha conhecer Sarah, um menina judia que se mudou com toda a família da Polônia para Berlim pouco antes do início da Segunda Grande Guerra. Veja a ascensão do Nazismo e as barbáries do transporte e do trabalho em campos de concentração do Terceiro Reich.
***

7- Má nutrição:
Um livro que você esqueceu-se de comer pra ler.

Se tem um livro antigo, que quase ninguém leu, que poucos conhecem e que eu amo ler e reler infinitas vezes, é As Possuídas do Diabo. Apesar do título do livro não ter praticamente nenhuma relação com a história (suponho que pela péssima tradução, já que o original é Harvest Home), é uma leitura muito boa! Até foi adaptado para uma minissérie estrelada por Bette Davis em 1978!

A família Constantine sai de Nova Iorque e se muda para uma cidade do interior da Nova Inglaterra, cujo calendário e lendas é todo baseado na colheita do milho. com o tempo, descobrem que as lendas não são apenas lendas, que certos rituais antigos são praticados com muito fervor e que estranhos não devem interferir jamais.





***

8- Doença de Viagem:
Um livro que te lembre ou se relacione com viagem.

Plátano e bordo é um livro sobre duas mulheres. Rosana é uma dançarina, estudante em duas faculdades. Na tentativa de fugir de um cliente perseguidor, acaba por matá-lo e é presa. Enquanto aguarda o processo de avaliação de legítima defesa que a levará à liberdade, mantém um tratamento psicológico com Teresa, a psicóloga do presídio, que se torna sua amiga. A trama é recheada de suspense, pois há uma assassina serial, uma psicopata sexual a solta.

Lendo o resumo, vocês devem estar se perguntando por que raios eu o escolhi para esta doença. A verdade é que eu estive lendo este livro na minha primeira viagem a São Paulo, capital. E foi uma viagem muito boa!





Como de costume, não vou marcar coleguinha nenhum, mas fiquem a vontade para respondê-la também. 

Até + ver!





2 comentários:

  1. Amei, Nu... desses eu só li Diário de uma escrava e estou com Beco da Ilusão para ler.
    Beijokas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai ter resenha premiada de Personagem em Minha Vida em junho! Fica de olho! ;)

      Excluir

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...