menu

Destaques

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

4 Resenha [livro] - Tenebris, de Erika Gomes

Olá, leitores!

A Bienal do Livro Rio 2017 passou, muita gente feliz com seus livros novos (não eu, peninha...) e vários lançamentos maravilhosos!

Que tal conhecermos um dos lançamentos por dentro?

Cheguem junto para mais uma resenha de livro nacional: Tenebris, o primeiro volume da coleção de mesmo nome, escrito pela autora Erika Gomes e publicado pela nossa parceira Editora Sinna!

Tenebris - O fim é apenas o começo
Trilogia Tenebris - vol. 01
Autora: Erika Gomes
Gênero: fantasia
Ano: 2017
304 p.


Sinopse:
Até o Diabo pode surpreender...
Há muito, Lúcifer não é “aquele que traz a aurora”, como seu nome sugere. Desde que liderou a rebelião contra seu Criador, foi condenado a Sheol, o inferno, onde instaurou seu próprio reinado. Muitos o seguiram porque acreditaram nele, tornando-se seus serviçais ou aliados. No entanto, Lúcifer sentia-se sozinho e cansado. Depois de trair Deus, sentia falta dele, de sua essência celestial e de uma razão verdadeira para sua existência. Seria possível que um dia retornasse? Conhecido como Heylel, na Terra, Lúcifer encontrou alguém que mudou seus sentimentos. Anna, uma bela mulher, que lhe ensinou o amor e lhe presenteou com uma filha. Amou ambas com todo seu coração, mas nem sempre é possível viver o que se deseja. Heylel não é humano e sua alma desvirtuada não é divina. Ele é o Senhor de Sheol, e seus demônios não estão contentes com a passividade do líder. Uma guerra se aproxima e Heylel precisará envolver nela seu bem mais precioso. Sua família



Eu leio muitos livros de fantasia, desde as medievais até as futuristas. Muitos vampiros, lobisomens, anjos caídos. Poucos demônios. Acho que esta é a primeira vez em que leio uma fantasia sobre Lúcifer (aqui Heylel) e o anticristo. Ah, terror já li vários... Mas fantasia? E com o anticristo sendo uma menina cheia de garra? Difícil.

Lauren é uma adolescente de 17 anos muito parecida com os demais: não consegue acordar cedo, tem um pai problemático, a mãe é super protetora, tem um melhor amigo que a segue por aí. Tudo seria normal se ela não visse sombras e seres sobrenaturais o tempo todo.

"Tem ideia do que é viver assim? Achando que está sendo seguida o tempo todo, despertando de pesadelos no meio da noite e tendo a sensação de que eles são reais, e não acabarão quando acender a luz do quarto?"

foto cedida pela autora

Pensa numa vida que muda drasticamente após um sonho? Pois é... Lauren tem um sonho bem estranho com a Igreja onde seu pai trabalha e com um chamado, o despertar de Naiara, a filha da Luz da Aurora. Quando acordou, estava mesmo na Igreja e se lembrava muito bem o que houve. Para sua surpresa, nada de pânico, apenas uma certeza crua.

Certeza essa que foi confirmada horas mais tarde pelo aparecimento de Elida, um ser da natureza, uma fada que se parece uma criança linda de sete anos. Só parece! É ela quem confirma: Lauren é Naiara, a filha de Heylel e precisa tomar seu lugar ao lado do Príncipe do Sheol, pois uma guerra está para começar.

"Minha filha, fruto dos meus mais terríveis sonhos, prova viva das minhas fraquezas, pedaço guardado e protegido, é chegada a hora de se levantar e assumir seu lugar ao meu lado! Inexplicável é o momento em que o bem e o mal deixarão de ser o que todos aqui pensaram. Naiara, filha da Luz da Aurora, gerada por aquele chamado Heylel, prepare-se."

Então, Lauren, ou melhor, Naiara, "Aquela que Comanda", decide que é hora de bater um papo com seu pai. Seu amigo Gabriel, sempre ao seu lado, a ajuda e acompanha em tudo. A vida de Naiara está prestes a mudar: há uma guerra começando no Sheol, sua família e amigos correm perigo, novos amores e desamores, luta e poder. Vamos conhecer Lúcifer como nunca antes!

Vou passar rapidinho pela edição antes de dar minha opinião. Eu ainda não tenho o livro físico em minhas mãos. Conferi a versão digital enviada pela editora, mas vi as fotos que a autora disponibilizou. A edição está caprichada, com imagens, papel pólen, justificado! Sobre a revisão, está ok, sem reclamações!

foto cedida pela autora

A capa é bem representativa e linda em sua simplicidade. Digo simples, pois apresenta apenas um desenho, mas muito muito simbólico mesmo. Descrição da capa #pracegover: com um fundo tom de pedra, tem como imagem principal uma asa negra de anjo que aparenta estar presa naquele ponto, de onde sai uma forte luz. O título está em preto na parte superior em fonte cursiva.

Agora, minha opinião. Erika conseguiu prender minha atenção no livro do começo ao fim. É uma fantasia juvenil, contudo não é um livro com personagens chatos (sim, eu tenho tendência a achar alguns adolescentes fictícios irritantes demais). 

"Céus, não sei nem por onde começar. Não posso simplesmente me ajoelhar e fazer uma oração para as forças do mal: “Pai, senhor Diabo, sou eu, sua possível filha... Será que pode dar uma subidinha aqui para conversarmos?”."

A personagem tem garra, fibra, inteligência. Mesmo nos momentos de ciúme exagerado, dava para compreender, afinal com 17 anos e um namorado que já pegou todas no inferno, tipo literalmente, dá pra deixar qualquer uma encucada.

foto cedida pela autora

Heylel, nosso segundo protagonista, está como nunca antes. Bem humanizado. Gostei muito da conversa que ele tem com seu pai. Gostei da forma como ela encadeou a história, as explicações para os poderes da menina, as reviravoltas e o clima de tensão que permeou o final, deixando-nos curiosos pelo segundo livro.

"O fato de que eu tenha me desentendido com o meu Criador não quer dizer que me tornei mau. Fiz coisas das quais não me orgulho, claro, mas não posso ter sobre meus ombros todas as lamúrias do mundo. Sua mãe foi minha redenção. E quando ela me contou que estava grávida, minha existência ganhou vida."

No todo, achei uma ótima leitura! Um livro bem embasado e com conteúdo, partes informativas, cheias de aventura, alguma comicidade. Espero ansiosamente pela continuação!

Ah! Tem vários spin-offs já divulgados! Só acompanhar na página da autora!

foto cedida pela autora


Sobre a AUTORA:

Mãe de três filhos desde os 22 anos, ama sua natureza materna. Sempre foi apaixonada por outras vidas, outros mundos. Coisas sobrenaturais sempre despertaram sua atenção e qual outro universo lhe permite ir além de você mesmo se não os livros?! Aos poucos, uma nova Erika nascia, as ideias passaram a respirar e se mover, como uma criança sendo gerada, sentia os movimentos de uma nova ideia, o crescer de um novo sonho, e em menos de um ano nasceu Tenebris, o primeiro livro de uma trilogia.

"Hoje sei que sou mãe, esposa, profissional, dona de casa, mas antes de tudo: - Prazer, me chamo Erika! Sou autora."

CONTATO:





Uma leitura que vale a pena! Garanta já o seu!

Até + ver!

Nuccia De Cicco é bióloga, Doutora em Bioquímica, escritora, poetisa, bailarina e blogueira. Carioca de paixão de Santa Teresa, é apaixonada por livros, seriados, tatuagens e lambidas caninas, além de ter uma queda saudável por cafajestes. Surda desde os 27 anos, é co-autora em nove antologias e publicou o livro “Pérolas da minha surdez”, uma obra sobre luta e força de vontade. Todas as suas facetas são mostradas no blog “As 1001 Nuccias”. Nele, a literatura impera!

4 comentários:

  1. Nuccia ❤️
    Muito obrigada por seu carinho e por ter permitido ver Tenebris com bons olhos!

    ResponderExcluir
  2. Gente, para tuuudddooo!!! Que resenha linda, bem escrita, e falando tão bem do meu amorzito 😍😍. Tenebris é maravilhoso.
    Amei sua resenha, parabéns!
    Bjoss da Mai 💕

    ResponderExcluir
  3. Gente, para tuuudddooo!!! Que resenha linda, bem escrita, e falando tão bem do meu amorzito 😍😍. Tenebris é maravilhoso.
    Amei sua resenha, parabéns!
    Bjoss da Mai 💕

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Eu adoro Tenebris. Acho que a Erika conseguiu criar uma história diferente do que já vimos com personagens bastante estereotipados. Menina, se você não se apaixonou pelo Agares você não é humana. Tá que aquela aparência dele não é a real, sabemos disso, mas a aparência que ele escolheu é bem lindona. E ele é um personagem muito bom. A Naiara também é muito bem construída e não tem como não identificar nem um pouco com ela.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...