menu

Destaques

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

2 Resenha [livro] - A Capela, de Jhefferson Passos


Olá, nucciamigos!

Por conta de uma divulgação maciça dos #13malditos, ocorrida no final de janeiro no facebook, 2018 pode ser considerado o ano do terror!

E, para começar comprovando esta afirmação, trago a resenha do livro nacional A Capela, escrito pelo parceiro Jhefferson Passos, publicado na Amazon e prestes a ser lançado em versão impressa!

Peguem seu terço e venham comigo!


Sobre o LIVRO:

A Capela
Autor: Jhefferson Passos
Editora: Amazon
Gênero: terror / suspense
Ano: 2016
103 p.

Sinopse:
"— Você ouviu isso?
— O quê? O que você ouviu? Diga!
— Escute.
Marcelo ouve as folhas das canas farfalhando. A respiração acelerada de Anna. Ouve também sua respiração. O seu coração disparado. E, além de todo esse barulho, há um som lá fora que ele passa imediatamente a temer.
Alguma coisa está se movimentando próxima a parede à sua esquerda da capela..."

Anna e Marcelo não lembram como e quando chegaram naquela velha e abandonada Capela cercada por um imenso canavial. E eles não podem sair. Há algo do lado de fora. Um mal. Algo que eles não conseguem ver, mas está presente e pior: sabe de seus segredos inconfessáveis. O Mal possui caminhos e formas para chegar até a sua alma e se alimentar dos seus pecados... E atitudes e segredos do passado podem ser cobrados da forma mais aterrorizante... Pegue seu terço, abra a bíblia e repita comigo: "Em nome do Mal, Amém!" Faça o sinal da cruz invertida... Pronto! Já está abençoado para ler!


*Obra cedida pelo autor no formato digital para resenha referente a parceria 2017/2018. As opiniões são exclusivamente nossas. Não houve nenhum tipo de intervenção em nossos comentários.*




Eu a-do-ro livros de terror. Sério mesmo! Gosto da tensão, do suspense, das reviravoltas, do sobrenatural, do inusitado, do impossível, da dúvida, do questionamento da nossa fé, seja ela de qual religião for (e até mesmo se não for de nenhuma). Nem é pelo sangue escorrendo, mas se tiver, tô de boas.

A Capela é um livro cheio dessas características! Lo-ta-do! Então eu gostei? Porrannnn... Sente só:


Anna e Marcelo estão há dias se abrigando em um capela abandonada. No meio do nada, cercada por uma extensa plantação de cana. Até aí tudo bem, confere? Ahnnnn... não! Nada bem. Porque eles estão dentro dessa capela caindo aos pedaços por causa de uma criatura, de uma coisa, de Algo que se esconde no canavial e que já levou três de seus amigos.

"Escute. Está tudo quieto. Não há barulho de folhas. Sem ventos. Não há som de pássaros. Nenhum inseto para nos atazanar. Nada. (...) Muito, muito estranho."

A treta tá pegando. Dias sem comer, sem beber, presos os dois ali.O pânico cresce. As tentações começam a surgir. Confissões começam a acontecer. Mas as lembranças... Onde estão? Como eles foram parar ali? Por quê?

Anna se entrega a Deus. Reza como sua mãe a ensinou na infância, busca conforto nas palavras tantas vezes repetidas. A capela é o único lugar seguro, lá a coisa não consegue entrar..Apenas sua fé e as paredes da capela podem salvá-los do que quer que seja Ele, a coisa no canavial que tem a voz de seus amigos.


Não vou entrar em detalhes porque, caso contrário, me empolgarei e contarei tudo! O livro é muito maneiro! É ótimo! Como disse, tem toda aquele climão de terror, em que você passa o tempo todo gritando "não faça isso", o personagem vai lá e faz e daí...

"Ele me contou que a capela foi reconstruída em homenagem aos escravos queimados. (...) Morreram dentro dessa capela 33 escravos. (...) Acho que aquilo que pegou os outros seja a alma desses escravos buscando algum tipo de vingança."

Jhefferson construiu um enredo espetacular. É um livro curto, que você consegue ler em um dia, especialmente se for um desses viciados em terror como eu. O cerne da história está muito bem fomentado, tudo encaixa direitinho. E o final, caralhos voadores! Que final foi aquele!!! Ao mesmo tempo, estarrecedor, inesperado e totalmente fora dos padrões. Só lendo pra vocês entenderem.

Ao longo da leitura, lembrei imediatamente do conto "As crianças do milharal", de Stephen King, que foi adaptado para filme como "A colheita maldita" e suas infindáveis continuações. Migos... passem longe de plantações de cana e milho, entenderam?


Sobre a edição: diagramação bacana, com imagens de terço e citações bíblicas no início de cada capítulo. A revisão dessa nova versão está bem melhor do que a anterior, apesar de ainda ter alguns erros de digitação. A capa é perfeita! Descrição #pracegover: capa totalmente vermelha, em um tom rubro, sangrento, com manchas negras, Há um cruz invertida no centro, na cor branca, junto a qual está o título e o nome do autor.

Então, pra fechar, eu recomendo. Muito, pra ontem! É hora de todo mundo infartar, o terror nacional se aproxima de suas vítimas, nos pega pelo cangote, e...! Leiam, leiam, leiam!



Sobre o AUTOR:

Nasceu na grande São Paulo, Jhefferson Passos vive atualmente em Araraquara. Possui diversos contos publicados em antologias e no Wattpad. Seu livro de estréia foi "Carne e Sangue", lançado em julho de 2016 pela editora Multifoco. O livro "100 Gotas de Sangue" foi publicado pela Editora Illuminare em 2017 e  o e-book "A Capela", de forma independente pela Saraiva e Amazon. É também colunista da Revista Litere-se do Rio de Janeiro. 




>> ENTREVISTA <<



OUTRAS OBRAS RESENHADAS:


Espero que tenham gostado!

Estou agora ansiosa para ler os demais livros baixados. São todos nacionais e as recomendações são altíssimas! Se preparem, pois esse ano vamos entrar em pânico!

Boa leitura, olhem embaixo de suas camas. E rezem!

Até + ver!



Nuccia De Cicco é bióloga, Doutora em Bioquímica, escritora, poetisa, bailarina e blogueira. Carioca de paixão de Santa Teresa, é apaixonada por livros, seriados, tatuagens e lambidas caninas, além de ter uma queda saudável por cafajestes. Surda desde os 27 anos, é co-autora em treze antologias e publicou o livro “Pérolas da minha surdez”, uma obra sobre luta e força de vontade. Todas as suas facetas são mostradas no blog “As 1001 Nuccias”. Nele, a literatura impera!

2 comentários:

  1. A premissa do livro, apesar de clichê, me atraiu bastante a atenção, sempre fico com um certo medinho de plantações de milho e de cana hahaha

    www.estante450.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. hahaha, eu sou bem ao contrário de você, não gosto de livros de terror, me dão medo kkk.. adorei sua resenha :)

    http://www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...