menu

Destaques

segunda-feira, 5 de março de 2018

0 Resenha [livro] - Sombras de Salém, de Dominik Leffeu


Olá, nucciamigos!

Que tal um livro que mistura mitologia e fantasia em uma boa dose juvenil?

É a resenha de livro nacional de hoje: Sombras de Salém, vol. 1 da Saga Sombras, escrito pelo autor parceiro Dominik Leffeu e publicado pela Biblioteca 24h Editora, na Amazon!


Sobre o LIVRO:

Sombras de Salém
Saga Sombras - vol. 1
Autor: Dominik Leffeu
Editora: Biblioteca 24h
Gênero: Fantasia Urbana
Ano: 2016
360 p.

Sinopse:
Victoria Valentin é uma simples adolescente de 17 anos do interior de Atlanta, com uma vida simples e com problemas igualmente normais. Suas férias de verão começam com uma grande e indesejada mudança, na qual ela se vê retornando para sua cidade natal chamada Pérola de Salem. Em pouco tempo, o que sempre fora uma vida estável, se torna perturbada por segredos do passado, coisas que jamais pensava em fazer se tornam parte do seu dia a dia. Logo ela se encontra presa a um mundo dominado por bruxas, vampiros, e seres sobrenaturais. Agora, a única forma de saber quem realmente é será mergulhando na história sombria de sua própria família, sendo obrigada a se por entre uma antiga guerra sangrenta que se reaviva uma vez mais, lhe obrigando a ter a vida dos amigos em suas próprias mãos!



*Obra cedida pelo autor no formato digital para resenha referente a parceria 2017-2018. As opiniões são exclusivamente nossas. Não houve nenhum tipo de intervenção em nossos comentários.*



Bruxas, vampiros, segredos, seres desconhecidos e até um ser mitológico que se alimenta de... Para, Nuccia que é spoiler! Pois é, deu para sacar como é o enredo de Sombras de Salém.

A história começa com a mudança de Victória Valentin e sua mãe de volta à sua cidade Natal, a incrível Nova Salém.


Nova Salém não é uma cidade qualquer. Com a leitura, descobrimos que foi fundada por 3 famílias que fugiram da perseguição da Salém original. Posteriormente, a estas 3, juntaram-se outras famílias, vindas dos mais diferentes pontos do globo, incluindo aí o Brasil.

As tais famílias se identificam por um brasão representativo. Alguns o usam como pingente de cordão, outros como pulseira e outros preferem tatuar o brasão na pele. Vick descobre todas estas informações através de seus antigos-novos amigos. E, justamente por não ter recebido esses dados por sua mãe, junto com tantas outras explicações escondidas ao longo de seus 16 anos, que Vick e sua mãe não tem uma relação muito paciente.

"Por um súbito instante, um veloz emaranhado de lembranças alfinetou sua cabeça, o mesmo que começara a se apresentar a ela anos atrás, imagens distorcidas de algo indecifrável."

Aos poucos, Vick descobre que sua mãe tentou afastá-la de um destino do qual nenhuma das bruxas fundadoras pode escapar. Os jovens precisam ser preparados para praticar um feitiço poderoso de selamento que só pode ser feito uma vez a cada geração. E agora, além dessas informações todas, precisa aprender em algumas semanas o que a maioria de seus amigos e primos passaram a vida aprendendo.

Mas... A coisa não é tão simples. Esse feitiço de selamento tem um por quê e é fruto de um pacto com vampiros. Só que... bem... alguns vampiros resolveram que o pacto não tá mais "de boas". Mais segredos, mais traições, muitas perseguições.

Dom (vamos ser íntimos de uma vez) conseguiu caprichar nas descrições de cenários e cenas, nas ambientações e nas metáforas. Dominik sabe trabalhar as palavras como ninguém.

"Vick carregava aquela sensação amedrontadora dentro de si, um pavor pela noite que jamais conseguira compreender, como se monstros assustadores a espreitassem, esgueirando-se nas entranhas da escuridão, fixando seus olhos envoltos por um mar carmesim sobre a frágil criatura que ela era."

Além disso, ele uniu em um enredo único diferentes criaturas sobrenaturais sem ficar forçado, dando a cada uma o seu papel na história sem nos embolar. Apesar de comuns na literatura em geral, receberam novos poderes e inimigos transformando esta história em um enredo original. Temos vampiros, temos as bruxas, temos até um grupo de bruxas que utilizam lobos como animais-guias para transformação (traduzindo: são uns lobisomens que independem da lua e que tem mais a ver com nossa cultura indígena).


Vick não é uma garota qualquer, é uma bruxa. É uma das poucas protagonistas negras nesse tipo de gênero, o que dá uma boa representatividade. E é uma garota de fibra, que busca seu próprio conhecimento, que ama seus amigos e que faria tudo para protegê-los. O negócio é que tinha horas que a Vicky era chata. Eu tinah vontade de pegá-la pelos ombros e dar uns sacodes, tipo "caraca, maluco, como você não viu?" ou ainda "quando disserem não faça, não faça!"...

Também tive muita vontade de bater na mãe da Vick e na sua avó, a matriarca. Se elas abrissem logo o jogo, se fossem francas com a Victoria muita treta não teria acontecido, mas daí também não teríamos enredo, né?!

"Nova Salém é um bom lugar, mas essa boa vontade em conhecer outras pessoas e lugares é uma leve atuação camuflando a sede por verdade. Minha mãe parece esconder um mar de segredos atrás de lábios silenciosos e atitudes doces."

Vai ver que foi por isso mesmo que eu me apaixonei por personagens secundários. Assim que finalizei a leitura, o autor veio me perguntar qual foi o meu personagem preferido e eu fiquei em dúvida entre a Scarlet, a prima louca vampira, e a Lilah, a prima bruxa exagerada.

Dentro da trama principal temos várias subtramas que não possuem seu final nesse livro. Muita coisa será desvendada futuramente e até lá roeremos nossas unhas. A narrativa está em 3ª pessoa e varia sob o ponto de vista dos personagens.


A edição está belíssima! E foi uma das melhores revisões que encontrei, não perfeita, mas melhor que váááários outros livros. Só achei o prólogo um pouco longo, mas entendi o que o autor quis com ele. A capa é um primor! Combina com o livro e representa uma cena mais pro final, praticamente o clímax. Descrição #pracegover: a imagem de fundo representa as ruínas do que seria o mais próximo de m cemitério. As ruínas estão em uma cor cinza escuro e o ambiente ao redor em um tom de azul, pendente ao escuro, por representar o final da tarde sob uma densa neblina. Em destaque, uma jovem de cabelos longos castanhos escuros, usando um vestido vermelho longo sob uma forte ventania, caminhando diretamente ao leitor com determinação.

Se eu gostei tanto, porque ele não ganhou as 5 bruxinhas? Primeiro, algumas metáforas, apesar de lindas e bem aplicadas, se repetiram em demasia. E alguns dos pontos de vista ficaram confusos, eu só consegui distinguir qual personagem estava narrando depois de voltar algumas linhas.

Fora isso, o livro é excelente! E muito recomendado a todos que curtem o gênero!



Sobre o AUTOR:

Dominik L. nasceu e morou toda sua vida no litoral de São Paulo. Na infância nutria uma grande paixão por mangas e animes orientais, já na adolescência despertou gosto pela leitura. Logo passou seu amor para a escrita e desde então não abriu mão disso. Influenciado pelo tio mais próximo iniciou seu caminho como autor, e sonha um dia poder ser reconhecido por seu trabalho tanto em livros quanto futuros mangas. Seu maior sonho? Levar mundos diferentes para os leitores viajarem consigo entre aventuras extraordinárias!



Dom, espero que o próximo volume saia em breve, estou muito curiosa com o destino de Vick e seus amigos. Parabéns pela escrita, você tem um ótimo jeito com as palavras e muita imaginação mesmo! Adorei!

Leitores, deliciem-se! É realmente uma fantasia maravilhosa!

Boa leitura! Até + ver!



Nuccia De Cicco é bióloga, Doutora em Bioquímica, escritora, poetisa, bailarina e blogueira. Carioca de paixão de Santa Teresa, é apaixonada por livros, seriados, tatuagens e lambidas caninas, além de ter uma queda saudável por cafajestes. Surda desde os 27 anos, é co-autora em treze antologias e publicou o livro “Pérolas da minha surdez”, uma obra sobre luta e força de vontade. Todas as suas facetas são mostradas no blog “As 1001 Nuccias”. Nele, a literatura impera!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...