menu

Sorteios

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

0 O que você sabe sobre os Sabbats Litha e Yule?

Oi, pessoas!

O post de hoje, o penúltimo do ano, é wicanno! O que vocês realmente sabem sobre o dia 21 de dezembro?

Primeiro, um cadinho de astronomia, pra eu não perder essa minha veia científica. Dia 21 de dezembro é a data que marca o solstício de verão no hemisfério sul e o de inverno no hemisfério norte (a imagem abaixo, contém as datas para o hemisfério norte). Ah... Tá, mas o que é solstício mesmo?



Os solstícios são os momentos em que o Sol, de acordo com observação da órbita da Terra, está com maior declinação da latitude, quando medido da linha do Equador. 

o.O



Pois é, trocando em miúdos, a inclinação da Terra em relação ao Sol faz com que os nossos dias, aqui no hemisfério Sul sejam mais longos do que a noite. O dia 21 de dezembro, particularmente, é o dia mais longo do ano. No norte, é a noite mais longa do ano, marcando o início do inverno. 

Por conta disso, antigamente, bem antigamente, quando a religião era pagã e os camponeses adoravam os Deuses da Natureza, esse era um dia de grande celebração.

O Sabbat Litha é o momento em que o poder do Sol chega ao ápice. Nesta época da roda do ano, A Deusa e o Deus estão em plena juventude, as flores, folhas, gramados, toda a vegetação está exuberante e verde, ocorre a celebração da vida. O Deus Cornífero, torna-se o pai dos grãos, das sementes, trazendo o calor e a promessa da fertilização. Mas, também, começa a envelhecer. É uma ótima época para se fazer feitiços com pedidos para os dias restantes da roda e para colheita das ervas e frutos, tanto para medicina, quanto para feitiços. Aliás, é o único Sabbat com feitiços. Lembrem-se que Sabbats são comemorações, não rituais de feitiços.


  


O Sabbat de Yule, no hemisfério norte, é justamente o oposto de Litha. O Deus morreu em Samhain (31 de outubro). As noites são longas, mas começam a diminuir. A Deusa, fertilizada dá a luz o novo Deus Cornífero, renovado e forte, a criança prometida (qualquer alusão à religião cristã não é coincidência, não mesmo). Ter uma árvore perene, como pinheiros e azevinhos dentro de casa, nesta época mantém simbolizada a continuação da vida. foi desse costume que surgiram as árvores de Natal. É época de renovar esperanças, celebrar nossa juventude e alegria, promessa de vida longa. Colocar guirlandas na porta é outro costume da época, para afastar maus espíritos durante as comemorações do nascimento do Deus.

 

Saiba mais:


Ótimo Yule! Feliz Litha!
Aproveitem o Verão!


Até + ver!
Nu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...