menu

Sorteios

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

0 [Surdos na Música] - Shawn Dale Barnett

Bom dia, nucciamigos!!

Vamos conversar mais um pouquinho sobre personalidades? Sim, claro que do mundo surdo, oras pombas!

A ideia é apresentar a vocês pessoas famosas ou não, brasileiras ou estrangeiras, que, APESAR da surdez ou POR CAUSA dela, conseguiram chegar ao máximo que a vida as permitiu.

A primeira postagem foi sobre Thomas Edison, um grande cientista e inventor que ficou surdo aos 13 anos de idade.

A segunda postagem saiu da área científica e foi parar no mundo artístico, em especial o da dança. Apresentei Myra Medrana, coreógrafa e diretora de Cia de dança nas Filipinas, que nasceu surda mas só recebeu o diagnóstico oficial aos 4 anos de idade.

Depois, apresentei a vocês uma personalidade do mundo artístico literário, sem contar comigo, claro. A doce e simpática Lak Lobato é surda desde os 10 anos de idade, implantada há pouco tempo, e escreveu um livro e mantém um blog, ambos chamados "Desculpe, não ouvi!"

Hoje, mantemos o mundo artístico em destaque, porém fomos parar na música. Sim, senhores, surdos músicos!! Conheçam Shawn Dale Barnett:


Shawn nasceu em 1693 totalmente surdo. Aos 6 meses de idade, passou por uma cirurgia para retirada de tumores no braço esquerdo, que ficou permanentemente mais debilitado.


Desde os 5 anos de idade, tocava tambor e tinha extrema habilidade em manter o tempo musical. "Eu tinha um ritmo natural".

Durante a adolescência, na Escola para Surdos do Kansas, Barnett foi espancado várias vezes pelos colegas mais velhos, por descrença na sua capacidade musical. Por anos, afirmaram que a surdez o impediria de tudo, sendo veementemente desencorajado a tentar a carreira musical. 

Poucos meses antes da graduação, Barnett apostou com os colegas de classe que conseguiria tocar bateria junto com a banda da casa, em um bar local. Saiu do bar ovacionado.

Músico e baterista, Barnett dizia: "Ser um homem surdo na indústria da música rock não é fácil". No entanto, afirmava que passou a "... quebrar mitos sobre os músicos surdos ..."

Sua carreira começou a decolar após se tornar baterista da 1º versão da banda Alice-n-Chains. Fez abertura de shows para Skid Row, Nirvana, Warrant, REO Speedwagon e Poison. 


Shawn Dale BarnettShawn Barnett também era um compositor. Sua música "Leave a Light On" foi gravada por Belinda Carlisle em 1987, o que levou Barnett a ser o primeiro e único homem surdo na 7ª posição no 'Top 10 hit' da MTV. Também foi o primeiro 100% surdo de possuir uma gravadora e o primeiro a ensinar às crianças surdas na Escola Kansas para Surdos, em 1998.

Além disso, Barnett foi consultor da Rádio 91.7 KO-OP, de Austin, Texas, por 4 anos e inventor e criador de sons, específicos para uso com bateria, chamada de "Deaf Music".

Shawn Dale BarnettDurante os anos em que tentava se reconectar com a comunidade surda, ensinou música em várias escolas para surdos. Procurava demonstrar seu sentimento aos alunos o melhor que podia: "O baterista é o guardião do ritmo dos corações da sociedade!" Como incentivo aos jovens artistas surdos, ele disse: "Nós não podemos ouvir o que os críticos estão dizendo, de qualquer maneira!"

Shawn Dale Barnett veio a falecer, devido a um câncer, em fevereiro de 2003.

==========

Espero que vocês tenham gostado!

No próximo mês, mais personalidades!

Até + ver!







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...