menu

Sorteios

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

0 Resenha [seriado] - Witches of East End

Oi, pessoas!

Ainda esta semana, postei a resenha do livro "As Feiticeiras de East End". 

Se vocês lembram, nela eu prometi a resenha do seriado Witches of East End. Pois é!  Saiu!! \o/

WITCHES OF EAST END
Witches of East End, 2013.
Fantasia, sobrenatural, suspense, magia

Sinopse:
A série gira em torno de uma família de bruxas com diversos assuntos a serem resolvidos. Joanna Beauchamp é uma poderosa e imortal bruxa capaz de curar pessoas e é mãe de duas meninas: a caçula Freya e a primogênita Ingrid. Joanna está presa em uma maldição iniciada há gerações, onde é condenada a sempre lidar com a morte de suas filhas ainda jovens e depois engravidar delas de novo. Cansada de ver as filhas sofrerem com a maldição, ela decide lançar um feitiço com a intenção de protegê-las, o que faz com que Freya e Ingrid cresçam sem conhecer suas origens e vivam com ela uma vida pacata na pequena cidade de East Haven, em Long Island. Após cem anos afastada por problemas que envolve a sobrinha Ingrid, Wendy, irmã de Joanna, capaz de mudar de forma e assumir a aparência de um gato com várias vidas, reaparece para avisar que forças do mal colocam em risco a vida de sua família. Com a ajuda da tia e da mãe, Freya e Ingrid vão aprender como usar seus poderes e trabalhar juntas para derrotar os inimigos sobrenaturais que buscam vingança contra sua família, mantendo suas habilidades em segredo de todos os seus conhecidos.



Pra quem não sabe, a série, que foi idealizada e produzida por Maggie Friedman e Erwin Stoff, começou a ser transmitida nos EUA em outubro de 2013 e é baseada no livro citado, com algumas diferenças, óbvio. Mas, de forma espetacular, a série não sofre da Maldição das Adaptações, assim estas diferenças, na verdade, ajudam no enredo da série, tornando-a tão dinâmica quanto exige. 


O enredo trata de uma família de bruxas, que já viveram várias outras vidas, e trata também de diversos assuntos referentes a estas vidas, como amor, desentendimentos, mortes e etc. 



Toda a história se passa na cidade litorânea/cidade-ilha, fictícia, East Haven, em North Hampton. Na série, Freya e Ingrid são filhas de Joanna Beauchamp e não sabem que são bruxas e nem que possuem poderes. Por conta de uma maldição, explicada no final da temporada, foram condenadas a viveram e morrerem pouco tempo depois que os descobrem, renascendo, literalmente. Exato: assim que são assassinadas, Joanna se descobre grávida novamente. 

Enquanto estão se descobrindo e descobrindo que a família está ameaçada, Freya fica noiva de Dash Gardiner e, durante a festa de noivado, conhece, no sentido bíblico, o irmãozão do noivo, Killian Gardiner, cujo ator iniciou a carreira como modelo da Armani, nem sei porquê. Aiai...


Além destes, temos outros personagens, como a irmã de Joanna, Wendy Beauchamp, que não aparece no livro, uma bruxa mortal com o dom de se transmutar em gato, daí só tem 7 vidas. Sim, você entendeu bem: quando ela morre, retorna, mas tem um limitinho de 7 vidas. 

A 1ª temporada conta com 10 episódios e teve uma recepção mista por parte da crítica. Em 15 avaliações de profissionais, alcançou 50% do Metacritic, e nota 8.3 em avaliação popular.


A série é boa? É. Tem bons efeitos, uma história bacana, uma adaptação razoável, bons atores interpretando bem os personagens. Eu realmente não sei porque sua audiência não foi boa, a ponto da série ser cancelada na segunda temporada, cuja resenha já vem.

Particularmente, lamento muito que os produtores tenham tomado tal decisão. A história criada por Melissa de la Cruz, a autora original, é muito legal e merecia a divulgação. 



ELENCO PRINCIPAL:

Joanna Beauchamp - Julia Ormond, de Lendas da Paixão

Wendy Beauchamp - Mädchen Amickde Twin Peaks e Gossip Girls

Freya Beauchamp - Jenna Dewande Ela Dança, Eu Danço

Ingrid Beauchamp - Rachel Boston de In Plain Sight

Killian Gardiner - Daniel Di Tomasso, estreante

Dash Gardiner - Eric Winter, de Days of Your Lives

Frederick Beauchamp - Christian Cookede Trinity




ATUALIZAÇÃO EM 27/07/2015 

Resenha da 2ª temporada

Estava eu aqui, num final de semana, dando bobeira depois de dar banho na cadela, no coelho e na jabuti... Quando me deu vontade de fechar mais uma temporada de um seriado que acompanho! Então, fiz umas horinhas de maratona e fechei! MI-LA-GRE!!

Passarei rapidamente a segunda (e última) temporada de Witches of East End.

Esta temporada veio com mais suspense, porém todo ele é revelado nos 3 primeiros episódios. 

Com ajuda de uns feitiços de memória, as Beauchamp recordam que alguma pessoa passou pelo portal de Asgard, porém não conseguem distinguir quem seja. Isso até que a própria pessoa se revela: Frederick Beauchamp, irmão gêmeo de Freya.

O problema é que, junto com o aparecimento de Frederick, muitas pessoas inocentes começam a morrer na cidade, todas tendo a marca do Rei desenhada a faca em seus peitos. Além disso, o feitiço de Joanna que as escondia na cidade foi desfeito, de tal modo que outros bruxos conseguem encontra-las agora, e muitos buscam vingança. E vinganças não acabam bem.


Nesse meio tempo, Freya tenta descobrir onde Killian se enfiou e o encontra em Porto Rico, muito bem casado, obrigada. Killian e Dash começam a descobrir seus poderes e a usá-los desenfreadamente, com consequências terríveis para ambos.


Além de descobrirmos o que aconteceu em Asgard, no momento da fuga da família, temos ainda algumas mortes, muita luta, intriga, influências e reviravoltas. 

A temporada é bacana, porém, ainda assim, perdeu muito público e o baixo índice de audiência influenciou na hora de renovar a série.


Mesmo com mais de 150 mil assinaturas (em Jun/2015) em uma petíção, pedindo o não-cancelamento da série, a mesma foi cancelada. Ódio mortal: os produtores não fizeram um final decente, ou seja, foi cancelada com final em aberto! 

Agora, esperemos que a petição dê certo mais para frente, a Netflix, que é a queridinha dos seriados atualmente, adote a campanha e reviva a série. entrementes, um boato começou a ser divulgado em março, afirmando que a série seria concluída no cinema, MAS... Nada confirmado.



Apesar do cancelamento, super recomendo! O livro, então, nem se fala!

Sempre que houver atualização, colocarei nesta postagem! 

Aproveitem, com pipoca!

Até + ver!







Nuccia De Cicco é bióloga, Doutora em Bioquímica, escritora, poetisa, bailarina e blogueira. Carioca de paixão de Santa Teresa, é apaixonada por livros, seriados, tatuagens e lambidas caninas, além de ter uma queda saudável por cafajestes. Surda desde os 27 anos, é co-autora em oito antologias e publicou o livro “Pérolas da minha surdez”, uma obra sobre luta e força de vontade. Todas as suas facetas são mostradas no blog “As 1001 Nuccias”. Nele, a literatura impera!

FACEBOOK | FANPAGE | TWITTER | INSTAGRAM | WATTPAD | SKOOB | 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...