menu

Destaques

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

16 Resenha [seriado] - Sense8

Bitches, i'm back!!!

Depois do feriadão de carnaval em que fiz meu retiro intelectual, no qual eu li e assisti seriados pacaraleou, estamos de volta com força total!!!

Vamos retornar às resenhas de seriados? Pois é, eu estive um pouco longe das resenhas de filmes e seriados, mas foi por boa causa: são muitos livros de muitos parceiros! \o/

Agora, no entanto, a situação mudou. Não, não deixaram de ser muitos livros! Nem deixamos de ter parceiros... Vira essa boca pra lá! Mas é que... bem... vou resumir em duas palavrinhas: "Assinei Netflix"! XD


E já fiz tarde!!! Vamos ao resultado da minha primeira maratona no canal on-line? Com vocês, a resenha da 1ª temporada de uma série original do Netflix: Sense8!


SENSE8
Sense8, 2015
Ficção científica, ação

Sinopse:
Sense8 conta a história de oito estranhos: Will Gorski, Riley Blue, Capheus "Van Damme", Sun Bak, Lito Rodriguez, Kala Dandekar, Wolfgang Bogdanow e Nomi Marks. Cada um desses indivíduos é de uma cultura diferente espalhado pelo mundo. Em seu cotidiano, todos subitamente têm uma visão da violenta morte de uma mulher chamada Angélica e, a partir de então, eles, de repente, descobrem estar mental e emocionalmente ligados um ao outro, sendo capazes de se comunicar, sentir e apoderar-se do conhecimento, linguagem e habilidades alheias. A esse tipo de dom é dado o nome deSensate. Enquanto tentam descobrir como e por que esta conexão aconteceu e o que isso significa, um misterioso homem chamado Jonastenta ajudar os oito. Enquanto isso, outro estranho chamado Whispers tenta caçá-los, usando o mesmo poder "sensate" para ganhar acesso total a uma mente sensate (pensamentos/visão) depois de olhar em seus olhos. Cada episódio reflete os pontos de vista dos personagens que interagem uns com os outros enquanto aprofundam suas origens, suas diferenças e as experiências passadas que possam uni-los.


Produzida nos EUA, criada pelo trio Andy e Lana Wachowski (produtores de Matrix) e J. Michael Straczynski (criador e produtor de Babylon 5), é uma ficção que mistura ciência, poderes psíquicos, drama, sexualidade. Apesar de estar na primeira temporada, já é um enorme sucesso dentro e fora no mundo do Netflix.

Sense8 é um nome diferente. Um trocadilho com a palavra "sensate" (do inglês consciente, sensitivo) e o número 8, que é o número de sensitivos vivos a cada geração e a data de nascimento de todos eles: 8 de agosto.


O episódio piloto da série já mostra parte da história base e o que será o desenrolar. Oito pessoas ao redor do mundo, de diferentes culturas e diferentes posições sociais vêem a mesma mulher, Angelica em um prédio em ruínas, quase como se fosse uma visão ou pesadelo. Momentos antes de cometer o suicídio, Angelica, que é perseguida por um homem de codinome Sussurros, usa seus próprios poderes psíquicos para ativar os poderes da nova geração de sensitivos. 

A partir daí, estas oito pessoas passam a experimentar as sensações que tais poderes trazem, se conectando e interagindo: ouvem e vêem o que o outro ouve e vê. Posteriormente, os poderes passam a se desenvolver e eles podem, mesmo que temporariamente, assumir a identidade e o corpo uns dos outros, como um teletransporte psíquico. Conforme li em um site de humor: são 8 criaturas com Bluetooth cerebral.


As coisas começam a ser explicadas quando Jonas Maliki inicia seu contato com Will Gorski, o policial de Chicago assombrado por um assassinato não-resolvido de uma menina. Maliki foi apaixonado por Angelica e conhece a ganância de Sussurros. É ele quem explica que o contato dos olhos entre os sensitivos permite que se encontrem, conversem e substituam uns aos outros. Todas as explicações dos poderes são dadas por ele.

A cada episódio, a vida dos personagens é apresentada: sua profissão, as intrigas e problemas em que se metem, as decisões que tomam. E nesse meio tempo, aprendem a ajudar e a se apoiar mutuamente.


Essa ajuda é uma das coisas mais interessantes da série: oito pessoas que nunca se viram na vida, se apoiando e ajudando quase o tempo todo, apenas por terem essas sensações em comum. Estar em um mesmo lugar e trocar várias experiências não é apenas quando estão em apuros. Acho que é uma coisa de sentimento forte, incluindo o sexo. Aliás... que cena de orgia sensitiva mais bem feita!!! =O

Essa ajuda é essencial para salvar pelo menos 2 dos sensitivos quando eles entram em apuros. A primeira é Nomi, uma transexual e hacker, cuja família a interna após um desmaio no desfile gay de Paris, e usa a desculpa de um possível tumor cerebral para fazer uma lobotomia a fim de que ela seja curada da sua sexualidade. Quase tive síncopes com a família dela! Que jeito horrível de tratar as pessoas!...


A segunda a enfrentar os apuros e a possibilidade de desaparecer é a DJ Riley Blue que desmaia após uma crise de lembranças do passado durante a apresentação de seu pai na Orquestra Sinfônica Irlandesa. Sua internação é mediada pelo Sussurros que deseja que ela acorde para poder olhá-la nos olhos e monitorar todos os sensitivos. Eles, literalmente, se "movem" para salvá-la, em especial Will, por quem está apaixonada. Aliás, o amor desses dois é uma das coisas mais lindas da série, que show de interpretação!

Além destes, temos ainda:
- Capheus "Van Damme", um motorista de van em Naoróbi, Quênia, que se envolve com um traficante poderoso local; 
- Sun Bak, a vice-presidente de um grande conglomerado japonês coordenado pelo pai, que não tem reconhecimento paterno por ser mulher e, mesmo assim, se humilha confessando o crime de sonegação que o irmão cometeu. Além disso, é uma das melhores lutadoras da vida noturna de Seul (Minha nova Heroína!!!!);
- Kala Dandekar, uma cientista farmacêutica, prometida a casamento com um homem que não ama, vivendo e morando em Mumbai, Índia;
- Wolfang Bogdanow, um chaveiro e arrombador de cofres de Berlim, com muitas questões mal resolvidas com o pai;
- Lito Rodriguez, um ator sexappeal de filmes e telenovelas mexicano, homossexual que esconde sua sexualidade do público.


Até mesmo os personagens secundários são intrigantes e tem posição importante na história, seja de modo geral, seja na vida de cada um dos sensitivos.

É uma série terrivelmente interessante. Analisa cada ponto de vista do ser humano e em como deixamos de ser empáticos uns com os outros, tudo por uma sobrevivência egocêntrica. Mostra como podemos ser cruéis ou caridosos. Os diálogos são bem formados, as explicações são satisfatórias. A interpretação de todos é perfeita e a locação das filmagens nem se fala!


Os efeitos são espantosos! Imagino a gravação de uma cena em que vários dos sensates estão interagindo ao mesmo tempo, "trocando" de posição uns com os outros! As filmagens foram mesmo feitas nos países que aparecem na série. Alguns eventos reais aparecem na série, como o desfile de Orgulho Gay em Paris, e a festa de casamento na Índia.

Com lindos e magníficos 12 episódios nesta primeira temporada, o seriado tem avaliação positiva nos sites de críticas (cerca de 70% de aprovação).




ELENCO PRINCIPAL

- Will Gorski - Brian J. Smith, de Stargate Universe

- Riley Blue - Tuppence Middleton, de Black Mirror

- Nomi - Jamie Clayton, de Dirty Work

- Capheus "Van Damme" - Aml Ameen, de The Maze Runner

- Sun Bak - Doona Bae, de Sympathy for Mr. Vengeance

- Kala Dandekar - Tina Desai, de The Best Exotic Marigold Hotel


- Wolfang Bogdanow - Max Riemelt, de Napola

- Lito Rodriguez - Miguel Ángel Silvestre, de Os Amantes Passageiros

- Whispers/Sussurros - Terrence Mann, de 30 Rock

- Jonas Maliki - Naveen Andrews, de Lost

- Angelica - Daryl Hannah, de Blade Runner





Pérolas da minha surdezaprendendo a ser surda depois dos 30!

Meu livro está em pré-venda! Encomende o seu diretamente comigo e garanta seu exemplar autografado com marcadores personalizados e brindes surpresas!

O lançamento? Marcado:
13/março - Santo André/SP
19/março - Rio de Janeiro/RJ




Agora, aguardamos todos o início espetacular da segunda temporada, e que ele venha recheado de explicações, ou minha mente científica vai pirar!

Ótimo seriado pra vocês! Aguardem atualizações aqui mesmo!

Até + ver!







Nuccia De Cicco é bióloga, Doutora em Bioquímica, escritora, poetisa, bailarina e blogueira. Carioca de paixão de Santa Teresa, é apaixonada por livros, seriados, tatuagens e lambidas caninas, além de ter uma queda saudável por cafajestes. Surda desde os 27 anos, é co-autora em oito antologias e publicou o livro “Pérolas da minha surdez”, uma obra sobre luta e força de vontade. Todas as suas facetas são mostradas no blog “As 1001 Nuccias”. Nele, a literatura impera!


FACEBOOK | FANPAGE | TWITTER | 
INSTAGRAM | WATTPAD | SKOOB | 

16 comentários:

  1. Oie. Adorei a ideia de resenhar uma série! Também já assisti a primeira temporada mas não gostei muito do final e estou pensando se continuarei a assistir. A resenha ficou muito explicativa, principalmente pra quem não conhece nada da série.
    Beijos
    Blog Relicário de Papel
    relicariodepapel.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jéss!
      resenhar séries e filmes, além de livros também faz parte do "catálogo" do blog... rs... Passa na aba TV Nuccia que tem várias resenhas de seriados!!!
      Eu gostei bastnte de Sense8, o final me deixou um tanto surpreendente. Como esta temporada foi mais de apresentação do tema e dos personagens, a segunda vai ampliar o problema, então nem tenho como perder!!!
      obrigada! bjs!

      Excluir
  2. Oie, tudo bem? Parabéns pelo post, adoro resenhar séries também e AMO sense8!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, Thaísa!
      Sense8 bombou e eu adorei os efeitos de filmagem e o enredo! Louca pela 2ª T.
      bjs!!

      Excluir
  3. Oi Nu... Parabéns pelo post, não costumo ver séries, mas confesso que quando vejo resenhas e indicações como a sua, sinto uma pequena necessidade disso rsrsrs... Mas ando sem tempo.
    Ps.: Hahaha... Ainda não assino NetFlix

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala, Mércia!!!
      Bom te ver de volta!
      Demorei pra assinar, bem amis de 3 meses desde que "estourou" por aqui, mas.... é ótimo! a ausência de comercial e a possibilidade de controlar quanto e quando ver, são as maravilhas do Netflix! XD
      Realmente precisa de tempo pra ver séries, to na base de feriados e madrugadas...
      bjin!

      Excluir
  4. Ooi! Eu parei de assistir séries, em minha opinião não se 'existe' uma que realmente vale a pena gastar tempo assistindo hoje em dia Kkkkkk Não gosto da ideia dessa série, não é de um gênero que eu goste ou qualquer coisa. Respeito todos que curtem, mas não tenho interesse :)
    Parabéns pelo post! Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ruhh!
      Assistir seriados é uma coisa que vai de cada um mesmo. Eu, por exemplo, detesto essas tele-novelas que passam nos canais de TV aberta. Não importa o tema, a época ou mesmo o canal. Não gosto e pronto. Mas seriados..... XD
      bjs!

      Excluir
  5. Adorei o post e a ideia da série!!!! Deve ser mto bom! verei! beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi, eu amei Sense8 e estou louco pela segunda temporada *-* Ótima resenha!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lucas!!!
      Foi paixão ao primeiro episódio! <3
      Esperemos a segunda com ansiedade!!
      bjs!

      Excluir
  7. eu sou completamente apaixonada por essa série, depois que vi o primeiro episódio, não consegui mais parara. Vicei meu marido, alunos, amigos kkkkkkkkkkkkkkkk
    todo mundo que conheço, sempre indico...
    ansiosa demais pra segunda temporada hahaa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha... Eu viciei minha mãe! É realmente um série muito bem feita!!!
      Acompanha a gente que tenho mais resenhas de seriados maneiros chegando!
      bj!!

      Excluir
  8. Oi!
    Depois de ouvir falar tanto sobre Sense8, assisti ao piloto mas logo no inicio achei a historia bem confusa e acabei desistindo e lendo a resenha ajudou a entende um pouco da historia do episodio, quero assistir agora pois a historia parece bem interessante !!

    ResponderExcluir
  9. Eu também fiquei meio assim no início da série, mas como foi uma recomendação de vária pessoas e era feriado eu fui em frente. Cara... foi a melhor decisão que tomei!!! Assista!!!

    ResponderExcluir

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...