menu

Destaques

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

5 [Primeiras Impressões] - Contrariemos os Desencontros, de Juliana Aguiar

Olá, pessoas!

Conforme prometido, o mês de outubro segue quase normal, mesmo tendo o Especial Outubro Sangrento a todo vapor!

Hoje trago a vocês as minhas Primeiras Impressões sobre o livro Contrariemos os Desencontros, escrito pela simpática Juliana Aguiar e publicado pela Editora Multifoco este ano.

Vem comigo!

Contrariemos os Desencontros
Autora: Juliana Aguiar
Editora: Multifoco
Gênero: poesias
Ano: 2016
62 p.

Sinopse: 
Contrariemos os desencontros é uma antologia poética visando o amor como tema principal e primordial, em sua forma mais ampla. A apologia aos encontros é uma metáfora de tal sentimento, com toda a sua pureza e sinceridade. Devemos contrariar os desencontros sempre, pois, com mais amor, mais felizes somos.


"Todo amor é paz. Todo amor traz sorrisos. Todo amor é valioso. Contrariemos todas as coisas que se opõem ao amor: contrariemos os desencontros de espécies, de seres, de almas; enfim, de tudo."
(texto da orelha)

O livro já começa com um prefácio em forma de poesia. É lindo o jeito que a autora encontrou de explicar porque escreveu o livro e porque continuará na profissão de escritora e poeta.

O arquivo que me foi enviado contém o primeiro capítulo do livro, com poesias de diferentes pontos de vista (mas todos voltados para o amor) e tamanhos. A autora brinca com o significado literal e abstrato das palavras, conforme o contexto dentro de cada poesia.

"Tenho todo o sentimento do mundo
Tenho-o todo, mas não sei me ter."

Conhecemos o amor, a lembrança, a possibilidade, um encontro entre tantos e entretantos. Eu tenho lá meus problemas com romances em prosa, mas não em versos. Em versos, eu me deleito, eu me entrego. 

E encontrei-me nas estrofes da autora, cada uma por seu momento, mas todas com aquele ar de "meus deuses, ela me conhece mesmo!". Porém, sabemos, os sentimentos é que se entrelaçaram.

Um fato interessante, que a autora me contou por e-mail, já que eu me confundi ligeiramente, é que as poesias não possuem títulos. A autora montou os versos e estrofes sem um título específico, dando ao leitor a liberdade de nomear como quiser, se quiser.

"O norte do mar é a lua,
A tristeza do céu, a chuva
A certeza no ar, amar."

Enfim, a quem se interessa por poesias, por encontrar um cadinho da alma do poeta e a quem busca se aventurar no gênero e não sabe bem por onde começar, indico o livro da Ju Aguiar. Se o início dele é assim, tão belo, imagina o livro inteiro!

A capa é bem simples, como a editora costuma fazer, e acho que combina bem. Descrição #pracegover: totalmente em tons de sépia (um esverdeado que lembra fotos antigas), traz uma imagem grande de fundo que lembra morros em formato de coração (estou na dúvida se é uma representação do Pão-de Açúcar ou se minha imaginação está fértil demais). Título e nome da autora em fontes cursivas em preto, ambos centralizados.

"Já tive o mais alto castelo; 
Bastou você, pra derrubar."


O livro na REDE:




Sobre a AUTORA:

Juliana Aguiar nasceu em 1997, tendo sido selecionada por diversos concursos literários nas modalidades conto e poesia, dentre os quais o 1º Concurso literário de poesias amigos da biblioteca de Sumaré. Publicou seu primeiro livro a solo – Contrariemos os Desencontros – em 2016, e sonha publicar mais e mais, tendo diversos projetos guardados em sua gaveta. 


Eu acho, só acho, que está tudo muito lacrador! XD

Juliana escreve lindamente sobre os mais diferentes assuntos e em contextos variados. Poesias que tocam o coração e tem um determinado ritmo são as melhores!

Muito obrigada pela oportunidade de dar uma olhadinha no seu trabalho, Ju! 

Boa leitura! Poeme-se!

Até + ver!





*SORTEIO ATIVO*
(clique na imagem para ser direcionado)


5 comentários:

  1. Hey, Nu!
    Menina, eu adoro livro assim! Principalmente os nacionais. Não sei porque mas os autores daqui tem o dom te tocar meu coração de uma forma inexplicável. Amei o título e a capa está super singela. Realmente, combina bem com o tema do livro, que só pelo que você falou, já me pareceu daqueles que nos deixam flutuando...
    Adorei!
    Mil beijokas!!

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha! Parece ser um livro super fofo que nos faz sonhar e refletir muito! O título do livro é super convidativo e já nos deixa com curiosidade para lê-lo! Adorei <3

    ResponderExcluir
  3. Olá Nuccia =)
    Eu não conhecia a autora nem o livro. Fogem do que eu sou acostumada ler, mas é bom ler coisas novas. Pela sua resenha, ótima por sinal, o livro parece ser um encanto. Me interessei para conhecer mais o livro. Beijos'

    ResponderExcluir
  4. OOi Nu!
    Não conheci o livro e nem a autora, mas já vi que ela é daqui de pertinho da minha cidade.
    O livro parece ótimoo e encantador. Espero ter a oportunidade de realizar a leitura!

    ResponderExcluir
  5. Oiii Nuh
    Eu adoro poesias, a autora e a obra conheci agora, parece ser boa mesmo.
    O livro e tão simples e tão bonito, os mimos também estão uma graça
    Beijuh

    ResponderExcluir

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...