menu

Destaques

terça-feira, 30 de maio de 2017

0 Resenha [livro] - A Garota no Gelo, de Robert Bryndza

Oii, pessoas lindas do meu coração! 

Tudo bom com vocês? 

No começo desse mês, iniciei uma estratégia para terminar meus livros pendentes de leitura e tem me rendido ótimas leituras. Essa minha ideia é abrir meu armário de livros (sim, não tenho uma bela estante) e pedir ao meu irmão que escolha um livro para minha leitura. 

Então, a resenha de hoje é de um livro escolhido por ele. "A Garota no Gelo", de Robert Bryndza, é um suspense policial que conta a história de Andrea, uma menina rica que foi encontrada morta em um lago congelado.

Vamos lá?

A Garota no Gelo
Coleção Detetive Erika Foster - vol. 1
Autor: Robert Bryndza
Editora: Gutenberg
Gênero: thriller / suspense
Ano: 2016
320 p.


*Livro do acervo pessoal do/a blogueiro/a*

Sinopse:
Seus olhos estão arregalados… Seus lábios estão entreabertos… Seu corpo está congelado… Mas ela não é a única. Quando um jovem rapaz encontra o corpo de uma mulher debaixo de uma grossa placa de gelo em um parque ao sul de Londres, a detetive Erika Foster é chamada para liderar a investigação de assassinato. A vítima, uma jovem e bela socialite, parecia ter a vida perfeita. Mas quando Erika começa a cavar mais fundo, vai ligando os pontos entre esse crime e a morte de três prostitutas, todas encontradas estranguladas, com as mãos amarradas, em águas geladas nos arredores de Londres. Que segredos obscuros a garota no gelo esconde? Quanto mais Erika está perto de descobrir a verdade, mais o assassino se aproxima dela. Com a carreira pendurada por um fio depois da morte de seu marido em sua última investigação, Erika deve agora confrontar seus próprios demônios, bem como um assassino mais letal do que qualquer outro que já enfrentou antes.



Andrea foi encontrada nas águas de um lago congelado, machucada, com partes do cabelo e das roupas faltando e o pescoço com marcas de mão

Para desvendar esse mistério e prender os responsáveis, a Detetive Erika Foster é chamada. 

Ela estava afastada do cargo por problemas em uma investigação, mas foi chamada pelo seu superior por sua ascendência eslava e por ser boa em seu serviço. O que ela não esperava era que encontraria uma polícia com medo de pessoas poderosas, e poderosos que escondiam muitos segredos que seriam revelados por ela. 

O que mais me chamou a atenção foi que você passa a história toda presa sem saber quem cometeu o crime, o que é bem diferente de muitos livros desse gênero que te entregam, às vezes, no meio da história o bandido. 

Além disso, Erika é uma mulher triste, mas que persiste e vai atrás daquilo que ela acredita certo, pois no meio da história ela percebe que a morte de Andrea está ligada a mais 3 mortes que ocorreram da mesma forma e que não foram tanto divulgadas por se tratarem de prostitutas e não da filha de um lord inglês.

O texto trata muito da diferença que fazem por Erika ser mulher, principalmente pelo detetive Sparks que faz questão de xingá-la sempre que possível.

Além disso, os detetives que a auxiliam na investigação não são o esteriótipo comum: um homem negro e uma mulher lésbica. Isso ainda torna a história melhor, fazendo com que os leitores queiram saber mais de cada um, além dos flashbacks que a própria Erika tem sobre sua vida.

- Erika, você está cega em relação à maneira como as coisas funcionam? O poder sempre ganha. Nós dois já vimos isso. Por favor, se afaste. Salve sua carreira. Às vezes você tem que desistir de algumas coisas.
- Não. Sinto muito, senhor. Isso não é o suficiente. Cinco mulheres morreram. Cinco. Que direito as pessoas no chamado poder têm de esconder de tudo isso? Para que eles possam ganhar mais dinheiro? Para manterem suas vidas confortáveis?

Recomendo muito a leitura, é super rápida (fiz em dois dias) e faz com que queiramos mais do autor. 

Já saiu o segundo livro com a Detetive Foster, "Uma Sombra na Escuridão" e espero comprá-lo logo para contar mais para vocês.



Beijos e até a próxima!
Gabs


Sou Gabrielle, mas podem me chamar de Gabs, tenho 21 anos, ariana, formada em publicidade e amo os livros como se fossem meus bebês. Tenho um gato chamado Jon Snow. Sou uma pessoa meio doidinha, espero que gostem da minha forma de escrever e ver o mundo. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...