segunda-feira, 13 de outubro de 2014

0 Resenha [livro] - Dezesseis Luas

Meiguinhos!

Mais uma resenha no ar!

Hoje irei dissertar levemente sobre o livro Dezesseis Luas, o volume 01 da coleção Beautiful Creatures. O livro é escrito pelas californianas Margareth Stohl e Kami Garcia. A coleção foi lançada aqui no Brasil pela Editora Galera Record.

Dezesseis Luas
Coleção Beautiful Creatures - vol. 1
Autoras: Margareth Stohl e Kami Garcia
Editora: Galera Record
Ano: 2010

*Livro do acervo do blogueiro*

Sinopse:
Ethan é um garoto normal de uma pequena cidade do sul dos Estados Unidos e totalmente atormentado por sonhos, ou melhor, pesadelos com uma garota que ele nunca conheceu. Até que ela aparece...  Lena Duchannes é uma adolescente que luta para esconder seus poderes e uma maldição que assombra sua família há gerações. Mais que um romance entre eles, há um segredo decisivo que pode vir à tona.



(postagem atualizada em dezembro/2016)

O livro trata de uma história comum na literatura atual: amor impossível entre dois jovens (Ethan Wate e Lena Duchannes), ou quase-impossível,  que lutam para mantê-lo, acontecem guerras entre seres sobrenaturais e entre eles e mortais. 



Se tornar bom ou mau, Luz ou Trevas, no dia do seu aniversário de 16 anos é uma imposição da maldição da família dela. Pra piorar, você descobre que a mãe morta da garota não está morta. Ela é “abre aspas, a maior Conjuradora das Trevas da atualidade, fecha aspas.” e resolveu 'assumir' sua maternidade.

Para mim, o diferencial deste livro é que o rapaz é o narrador, ao invés da moça, outra dos personagens principais. Além disso, o livro tem a passagem de tempo de forma relativamente lenta, expondo com muitos detalhes tudo que acontece com o casal e suas famílias ao longo daquele ano em que se passa a história. 

Fora isso, se passa em uma cidadezinha do interior, de onde o protagonista tenta fugir, e é tão meloso quanto todos os amores adolescentes apocalípticos.

Gosto da parte detalhista. Como trata de magia, diferentes seres sobrenaturais, maldições de 150 anos, a explicação da história vem em pormenores, é destrinchada aos poucos. Isso prende o leitor num primeiro momento. 

Os ‘flashbacks’ não são uma enxurrada de informações; na verdade, são incompletos, tanto que são necessários uns 3 ou 4 para termos toda a história do passado revelada. No entanto, a editora pecou terrivelmente com a revisão. Muitos erros de digitação e alguns de gramática portuguesa, como concordância verbal, que são gritantes. Deu um certo nervoso.

Se você gosta de romance, daqueles bem românticos, e um bocado de fantasia, magia sobrenatural, este livro deve fazer parte da sua lista de leitura. Eu li o livro porque vi o filme. A resenha do filme está AQUI.



Preciso dizer que farei resenha dos demais? 

Abandonar uma coleção no meio?!  Só aconteceu uma vez. E não foi com essa aqui.


Boa leitura!

Até + ver!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...