menu

Destaques

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

0 Resenha [seriado] - Penny Dreadful

Olá, pessoas!

Primeiros dias de 2015 e já bombando!!

Aproveitei o recesso de final de ano pra assistir... tipo, TUDO!!

A primeira resenha do ano vai para... Penny Dreadful!

Exibida inicialmente apenas nos EUA e Reino Unido, estreou no canal de assinatura Showtime em abril/maio de 2014, mas só chegou no Brasil (via HBO) lá pelo mês de outubro.


PENNY DREADFUL
Penny Dreadful, 2014
Fantasia, drama, terror

Sinopse:
Penny Dreadful é uma série de terror com toques sobrenaturais que se passa na cidade de Londres na época vitoriana. A história conta com personagens clássicos da literatura como Frankenstein, Conde Drácula e Dorian Gray, e seus contos de horror, origem e formação se misturam à narrativa dos protagonistas. A série é estrelada pelos atores Josh Hartnett e Eva Green, e conta com Sam Mendes como produtor executivo da atração. Penny Dreadful é a aposta do canal Showtime no gênero do terror e do suspense, e tem uma abordagem psicossexual da trama de monstros, criaturas e demônios.





Ambientada em Londres, logo após a 1ª Revolução Industrial, a série é um espetáculo a parte para quem gosta dos contos de terror clássicos. Trabalha com personagens ilustres, como Drácula, Frankenstein, Dorian Grey, Van Helsing, os Murray, Jack Estripador, Lobisomem, e com outros ainda desconhecidos do público, todos juntos numa história única e conectados de um jeito muito envolvente. Uma visão totalmente diferente dos contos clássicos que todos conhecemos.


O nome da série é originário de uma coleção de revistas de contos de ficção e terror que circulou na Inglaterra no século XIX. Eram conhecidas como "Centavos do Terror", por seu custo baixo e de fácil acesso à população.

Na série, Vanessa Ives é uma jovem de classe nobre, médium poderosa e melhor amiga de Mina Harker, raptada dos braços de seu noivo Johnatan Harcker (não aparece na série), por uma criatura de origem desconhecida e sedenta de sangue, que escraviza suas vítimas.

Vanessa, cuja história com Mina conhecemos no episódio 5, está morando e trabalhando com o pai de Mina, Sir Malcon Murray para encontrá-la. Ajudados por Victor Frankenstein, Ethan Chandler e Sembene o misterioso empregado do Sr. Murray, eles saem à caça dessas criaturas desde o primeiro episódio. 

Nesse meio tempo, temos um romance entre Ethan Chandler e Bona Croft, uma moça que trabalha com o que tem na região portuária de Londres e cujo fim está próximo, devido à tuberculose avançada, doença sem cura na época. Outro romance começa a aparecer entre Vanessa Ives e o misterioso e peculiar Dorian Grey que termina abruptamente quando Vanessa sucumbe ao seu acompanhante oculto. Tipo, bem oculto e sobrenatural mesmo.

Apesar de ter apenas 8 episódios, todos são extremamente reveladores e carregam o estilismo poético da época, em especial nos diálogos entre Vanessa Ives e Dorian Grey, e entre Frankenstein e sua primeira criatura.

O primeiro episódio já mostra o terror e o erotismo de toda a temporada. Temos, no 3º episódio, a história de vida de Frankenstein, com o porquê de ter se tornado um pesquisador da morte, bem como a história de sua criatura e sua sobrevivência após o abandono. O ator que o interpreta não quis ser dublado em hipótese alguma. Ele estudou os instrumentos cirúrgicos da época e a forma de manuseá-los, de forma que todas as cenas de dissecação são feitas pelo próprio ator.


Trailer da 1ª temporada:

Cheia de passagens memoráveis e cenas incríveis, como o diálogo sobre vida e morte entre Frankenstein e o Sr. Murray, a sessão espírita durante uma festa, na qual Vanessa mostra a face daquele que 'carrega', a luta e exorcismo de Vanessa ao final da temporada. Tudo intrigante, com aquela sensação de "E agora?". Suspense puro.

Todo o elenco está de parabéns pela interpretação sombria, taciturna e misteriosa dos personagens, dando o tom perfeito para o que a série se propôs. A série tende para o sucesso, com percentual elevado no Metacritic (71%) e 8,4 de nota popular.


Conheçam a página oficial da Série (em inglés), clicando AQUI.

Aguardem, pois a segunda temporada foi oficialmente confirmada para 2015 (sem data definida), com o seu primeiro teaser (chamada oficial de divulgação) já divulgado:




ELENCO PRINCIPAL

- Vanessa Ives - Eva Green, de A Bússola de Ouro e 300-Ascensão

- Mina Harker - Olivia Llewellyn, de Os Piratas do Rock

Sir Malcon Murray - Timothy Dalton, de 007-Licença para Matar

- Victor Frankenstein - Harry Treadaway, de City of Ember

- Ethan Chandler - Josh Hartnett, de 30 dias de Noite 

- Sembene - Danny Sapani, de Trance

- Bona Croft - Billie Piper, de Doctor Who

- Dorian Grey - Reeve Carney, de A Tempestade

- Criatura de Frankenstein - Rory Kinnear, de 007-Quantum of Solace




ATUALIZAÇÃO EM AGOSTO/2016


Resenha da 2ª Temporada

Acabei de ver a segunda temporada de Penny Dreadful. Iniciada em abril de 2015, dessa vez, os inimigos são bruxas que até fazem parte do passado da Srta. Ives. 

Continuando ambientada na Londres vitoriana, ainda tendo por base as revistas de terror de 1 centavo, a série não perdeu em absoluto nada com a nova temporada. Pelo contrário, os diálogos ficaram mais profundos, os questionamentos existenciais que surgem desses mesmos diálogos são incríveis. 

Personagens secundários tornam-se principais e cruciais. Vemos a amizade de Vanessa e de Ethan Chandler se aprofundar e quase, muito quase, se tornar um bom romance, mas... bem, vários segredos, não é? O Final da 2ª temporada foi lacrador!



A série foi renovada para uma 3ª temporada, cuja estreia já está chegando! 

"O roteiro brilhante conduzido por John Logan e o talentoso elenco continuam a trazer uma base de fãs apaixonada pelo mundo bem construído de Penny Dreadful. Juntos a nossos parceiros da Sky Atlantics, estamos empolgados para ver o que John e seu time guardaram para o terceiro ano", declarou David Nevins, presidente da emissora.



Lembrando que esta postagem será atualizada a cada final de temporada.

Bom seriado! Apreciem!

Até + ver!







Nuccia De Cicco é bióloga, Doutora em Bioquímica, escritora, poetisa, bailarina e blogueira. Carioca de paixão de Santa Teresa, é apaixonada por livros, seriados, tatuagens e lambidas caninas, além de ter uma queda saudável por cafajestes. Surda desde os 27 anos, é co-autora em oito antologias e publicou o livro “Pérolas da minha surdez”, uma obra sobre luta e força de vontade. Todas as suas facetas são mostradas no blog “As 1001 Nuccias”. Nele, a literatura impera!

FACEBOOK | FANPAGE | TWITTER | INSTAGRAM | WATTPAD | SKOOB | 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...