menu

Sorteios

sexta-feira, 26 de maio de 2017

9 Resenha [livro] - Linhagens, de Eleonor Hertzorg

Olá, leitores!

Sejam bem-vindos a mais uma sexta-feira! E com 6ªf quero dizer que é dia de resenha de livro nacional!

Trago hoje a resenha do livro Linhagens, o 2º volume da coleção Uma Geração, Todas As Decisões, escrito pela autora Eleonor Hertzorg e lançado pela nossa parceira Editora Mundo Uno.

Partiu?

Linhagens
Uma Geração, Todas as Decisões - vol. 2
Autora: Eleonor Hertzorg 
Editora: Mundo Uno
Gênero: Juvenil / Ficção-científica / Aventura
Ano: 2013

*Obra cedida pela editora no formato físico para resenha referente a parceria 2017. 
As opiniões são exclusivamente nossas.
Não houve nenhum tipo de intervenção em nossos comentários.*

Sinopse:
E se você descobrisse que a Terra guarda grandes segredos? E se esses segredos fossem poderosos o suficiente para modificar o rumo de nossas vidas? Laços se estreitam, conflitos irrompem. Erros foram cometidos e o tempo está acabando. Nada é o que parece ser. Segredos emergem de Casas e Linhagens. Peggy corre grandes riscos e as consequências das próximas decisões podem colocar tudo em jogo. Os Melbourne mais uma vez terão que provar sua capacidade de resolver problemas. As consequências de cada decisão afetarão o Universo inteiro. Caberá apenas a Uma geração... Todas as decisões!




Antes de começar, eu preciso dizer que não tem spoilers de nenhum dos 2 livros.

E que eu tentei, tentei mesmo, juro! fazer um breve resumo do livro 1, Cisne, para que desse para acompanhar a resenha de hoje.  Foi quase impossível resumir tanto um livro com uma história tão espetacular.


*****

Então, trouxe um pouquinho de nada, mas tudo bem, quando vocês pegarem o livro 2, verão que ele mesmo fornece esse resumo e que, apesar de não ter detalhes, ajuda muito a lembrar da história. Vocês podem ler a resenha completa e detalhada do livro 01 AQUI.


Em Cisne, conhecemos a família Melbourne composta por: Doris e Henry (os pais biólogos marinhos), Teo e Ted (os gêmeos mais velhos), Tim e Tom (os gêmeos seguintes), Pam, Lis, Bobby (o caçula) e a adotiva Peggy. Todos moram juntos em um barco, o Cisne, que é o único e mais equipado e moderno veleiro solar da Terra. Ao aportarem em uma cidade para resgatar uma foca dourada e para receberem os resultados de seus testes de entrada na mais famosa escola científica da Terra, a Champ-Bleux, os Melbourne acabam também tendo que aceitar em seu barco visitantes inesperados: Jean, um repórter iniciante e imparcial, 2 estagiários e um repórter de Tailirian, um planeta quase igual à Terra, que fica do lado oposto do Sol. 

Ao saberem que todos os filhos candidatos passaram nos testes, os pais Melbourne descobrem que eles farão parte do Toque de Reunir, no qual mentes brilhantes se juntam para salvar o planeta. Há muitos segredos, muitas reviravoltas e até uma guerra iminente.


*****

Agora, vamos ao livro 2?

Em Linhagens, a história em si começa da mesma parte em que paramos em Cisne. Algumas brigas no barco foram apartadas, discussões acirradas impedidas e uma guerra com o planeta vizinho em stand-by.


#pracegover: foto do livro e um marcador deitado sobre o teclado do meu notebook tendo na tela o site do blog.

A Família Melbourne está agora em uma ilha para fazer seu trabalho científico: colher análises sobre as focas do local. Mas esta mesma ilha está dentro do território de Senira, a Linhagem de Peggy e uma das casas do Reino Atlante. Há algo nessa mesma ilha que deixa o senso de perigo de Peggy extremamente sensível e alarmado. Várias focas são encontradas mortas sem motivo aparente. Somente com o anoitecer, o perigo chega ao nível máximo e muitas coisas acontecem. Ao final, tudo que se percebe é que o bloqueio da mente de Peggy pode estar rachando.

Toda essa questão mental pode extrapolar e assim, coloca Peter, seu amigo e irmão de coração, o herdeiro principal de Merine, em perigo, que se conecta com Peggy desde a infância. Também coloca o irmão dele, Loon, pois ele e Peter possuem um elo gêmeo. E, claro que sempre pode piorar, também pode afetar seus antigos companheiros de treinamento. Todas as conexões mentais precisam ser desfeitas, mas ninguém sabe ao certo como. 


"Eles precisam ver que não vivem numa redoma e que suas habilidades mentais podem se tornar perigosas. Precisam saber que a responsabilidade que estão assumindo é muito grande e que pode levar a atos extremamente desagradáveis, como eliminar uma mente mutante perigosa como Peggy. Se isso comprometer o equilíbrio emocional deles e atrasar o treinamento, deixe atrasar."

Bem, ninguém, não exatamente. Os doutores Melbourne têm uma ideia do que pode ser e de como proceder, já que gêmeos são comuns nas Linhagens de seu planeta natal, Kreganian. Porém seus outros filhos não podem saber o que acontece, então mais tramoias surgem pra driblar curiosidades adolescentes. Com as tentativas de separação, descobrem que o elo entre Peter e Peggy é incomum, é poderoso demais. Há muitos segredos envolvidos! E se esse elo não deixar de existir, Peggy poderá ser sacrificada!


#pracegover: imagem com um pedaço da capa do livro tendo uma citação: " Não é um pressentimento sem sensação, pai. É só achar, sinceramente, que eles não precisariam estar lá. Não gosto de pensar que estão numa ilha com mil bichos mortos! Alguma coisa matou aquelas focas e ainda não fazemos a menor ideia do que foi!"

Nesse volume, aprendemos muito mais sobre valores familiares, sobre o que estamos dispostos a fazer pela família e como isso pode afetar um mundo inteiro, sobre amor imorredouro, sobre amizade.

Ainda temos um bocado de personagens, mas agora já estamos familiarizados com eles. Entendemos melhor como funcionam as Casas e seus "pensamentos" de proteção às Linhagens. A cada segredo desvendado, conhecemos melhor uma ou mais Linhagens. E, cara, haja segredo a ser desvendado!


"Peggy não avaliou se sabia ou não sabia, se podia ou não podia, se era certo ou errado. Não pensou, apenas fez. A esta geração... Ativou Luta, espalmou a mão sobre o coração de Giles e seu coração repetiu a ordem: Queira Viver! ... Todas as Decisões!"

Linhagens foca quase exclusivamente em Peggy. Veja bem, QUASE! Todas as novas informações sobre os demais personagens são expostas justamente por conta da sua ligação com Peggy. Tudo que nós, leitores, aprendemos sobre a menina e sua família antes de ser adotada não passa de uma agulha em um imenso palheiro. E, nós, os leitores curiosos, somos aqueles que queremos costurar.

Mesmo com tantos segredos desvendados, tantas maravilhas descobertas, ainda há muitas questões a serem esclarecidas, muitos mistérios a serem elucidados e muita informação a ser divulgada. E o final do livro? Que vontade de gritar!!! Como assim, um final daqueles? PRE-CI-SO do livro 3!!!! Talismãs venha para mim agora!!!

Sobre a parte física: O livro enviado pela editora é uma edição antiga da Letra Impressa, mas sofreu pouca modificação ao ser publicado pela Mundo Uno. A diagramação é simples, sem muitas imagens. Cada capítulo é numerado, as folhas amareladas, margens justificadas. Dessa vez, as fontes não pareceram tão pequenas, e a tinta escura ajudou na leitura noturna. Sim, porque eu virava noites tentando absorver o livro logo. 

#pracegover: fotos da diagramação do livro. À direita: foto do início do capítulo 23, mostrando título e alguns parágrafos. À esquerda: foto da introdução do remake do volume 1, com título e o primeiro parágrafo, tendo o site do blog ao fundo.

A capa é linda e eu somente entendi seu significado lá pelo fim do livro. Comecei a ler crente que se tratava de uma Casa, e era uma totalmente diferente e nova. Descrição da capa #pracegover: a capa é uma ilustração ao estilo animação de um castelo representativo de uma Casa e eu não posso dizer qual para não estragar a história. Em tons de verde e dourado, vemos um castelo que parece etéreo, com várias torres, que surge sobre uma árvore florida de troncos grossos, cujas flores são em formato de estrela e brilham em tons de dourado. O título do livro está em fonte cursiva branca na parte superior.

E, então, a minha opinião... Se antes eu gostei do livro, agora posso me considerar apaixonada. Eleonor não apenas criou uma nova Terra, como deu a ela um planeta vizinho, outros tantos planetas e todos eles conectados com a Terra futurista de uma forma espetacular. 

Tudo o que eu sabia sobre os personagens do primeiro livro, caiu por terra sem trocadilhos neste segundo volume. Personalidades fortes se tornam questionáveis, enquanto as que quase não se sobressaíam tornam-se mais importantes que as demais. Você consegue entender tudo melhor, captar rápido as reviravoltas e mesmo assim se impressionar com as revelações.


#pracegover: imagem de uma onda ao pôr do sol com uma citação: "O mar é muito grande, menino, o que fazemos é arranhar sua superfície, nada mais. Quando alguém tenta ir mais fundo, acontecem tempestades e acidentes. O mar não quer intrusos. É muito perigoso."

Aventura e perigo do começo ao fim. Toda e qualquer informação é importante e relevante. Eleonor se mostrou mestre em misturar gêneros em uma coleção incrível: podemos encontrar distopia, romance, ficção-científica, fantasia.

Linhagens me deixou mais empolgada e ainda mais ligadona na coleção! Tanto é que eu concordo plenamente com cada palavra e cada item citado NESTA postagem do Catraca Seletiva...


Dessa vez, Eleonor me agarrou e ganhou uma fã de verdade! Se precisam de recomendação, aqui vai: se está em busca de uma aventura magnífica, com altas doses de sci-fi, humor, mistérios e até mesmo uma pegada leve e juvenil, você PRECISA de ler os livros da coleção Uma Geração, Todas as Decisões.


#pracegover: foto do livro em pé ao lado do notebook com o site do blog, e uma citação: "Aceite e respeite nossos costumes também, Senhora de Merine. Se um Kreganiano for comprar a pior briga da sua vida, será por causa de um filho. Peggy chama você de mãe e Robert de pai, mas Doris e eu a chamamos de filha, o que é suficiente para nós. Vocês não vão tocar na nossa filha."

Que os correios satisfaçam minha vontade de ter em minhas mãos o mais breve possível o terceiro livro - Talismãs! Quero saber quando eles entram na escola!! 

MAS....!!! Antes disso irei ler Guardião? que é um spin-off da coleção, em que narra um dia na vida de Steve Breterech, um dos jovens escolhidos para o novo Toque de Reunir e que irá se encontrar com os jovens Melbourne em Champ-Bleux.

Só livro fera, né não? ;)


#pracegover: imagem superior de classificação do livro: 5 bruxinhas roxas na vassoura = Excelente. Imagem inferior com capas de 5 livros da coleção: Cisne (vol. 1), Linhagens (vol. 2), Talismãs (vol. 3 ), Guardião e Ruiva (contos spin-off).


Sobre a AUTORA:

Meu nome é Eleonor Hertzog e sou gaúcha de Porto Alegre. Pediatra por formação, sou escritora de coração. Leio desde que descobri o que eram livros; não vou dizer que escrevo desde a mesma época porque eu era realmente muito pequena. Mas, desde o primeiro livro, descobri que adorava contar histórias. No começo eram as dos livros. Mais tarde, as dos livros com alguns acréscimos. E, na adolescência, começaram a pipocar personagens, lugares e situações que não vinham de livro nenhum – estavam dentro de mim. Eu cresci, meus personagens se tornaram mais complexos. Eu aprendi, eles passaram a ver o mundo de outra forma. Tive filhos, eles souberam como ser pais e mães convincentes. O enredo se tornou mais bonito e complexo e, de repente, descobri que não tinha apenas uma história dentro de mim. Tinha mundos inteiros! Durante anos, família e alguns amigos muito próximos me questionaram a respeito de quando eu iria finalmente considerar o livro pronto. Bom, está pronto. Orgulhosamente pronto! Cisne, o primeiro volume da série Uma geração. Todas as decisões., estreou em 2012, esgotando sua primeira edição em pouco mais de meio ano. Em 2013, Linhagens, o segundo volume, veio se juntar ao sucesso de Cisne. Agora, em 2016, Talismãs em breve fará companhia aos seus dois "irmãos" mais novos!

Contato:



À Eleonor: nunca mais faça um final desse jeito, meu coraçãozíneo não aguenta!! E parabéns por mais um livro incrível!

Um pedido especial aos leitores: curtam, comentem, compartilhem! Ajudem a divulgar a literatura do nosso país!

Boa leitura!

Até + ver!






Nuccia De Cicco é bióloga, Doutora em Bioquímica, escritora, poetisa, bailarina e blogueira. Carioca de paixão de Santa Teresa, é apaixonada por livros, seriados, tatuagens e lambidas caninas, além de ter uma queda saudável por cafajestes. Surda desde os 27 anos, é co-autora em nove antologias e publicou o livro “Pérolas da minha surdez”, uma obra sobre luta e força de vontade. Todas as suas facetas são mostradas no blog “As 1001 Nuccias”. Nele, a literatura impera!



9 comentários:

  1. Oii,

    A capa dos dois livros são bem bonitas. Gostei. E a história é bem interessante. Não conhecia esses livros e estou bem curiosa e interessada em lê-los, pois adoro uma aventura e pela sua resenha é isso que ele vai proporcionar.

    beijos

    ResponderExcluir
  2. Se você pirou com o final de Linhagens, vai surtar com o final de Talismãs hehe. Esse foi o mais eletrizante, pra mim. Eu não conseguia parar de ler, porque eu precisava saber mais sobre a Peggy e o Peter (meus queridinhos). Novamente, resenha incrível

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  3. Olá Nu,
    Sempre leio inúmeros elogios para essas obras, mas não consegui encaixá-la na lista de leituras.
    Fiquei contente que esse livro tenha te agradado e que você o indique. Também achei muito legal que a autora apresente um resumo do livro anterior.
    Esse livro é envolto numa aura de aventura e perigo, algo que adoro.
    Beijos :*

    ResponderExcluir
  4. Oi Nu, tudo bem?

    Estou mega curiosa com essa obra, pois ela me parece simplesmente fabulosa. Eu gostei de saber da mistura de gêneros que a autora inseriu na obra e por serem gêneros que amo, acredito que a leitura se tornaria bem mais rápida e fluída. Fiquei morrendo de vontade de me aventurar nesses planetas e nessas aventuras!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Tudo bem? Já conhecia o livro e já havia lido algumas resenhas do primeiro e achei bem interessante. Apesar da capa não me chamar muita atenção, eu fiquei curiosa com a sinopse e achei muito interessante sua forma de resenhar sem deixar nenhum spoiler.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Olá!

    Conheço o livro de diversas resenhas que li, mas admito que essa capa não me chamou tanto a atenção, porém, a premissa é muito boa, bem diferente do que estou acostumada. Talvez eu faça a leitura quando eu diminuir a minha pilha de pendentes.

    ResponderExcluir
  7. Oi Nu, sua linda, tudo bem?
    Eu fui fisgada pela Eleonor no primeiro livro: Cisne. A história dessa série é incrível!!!! Eu estou lendo talismãs e surtando aqui, risos.. Eu amei Cisne e amei Linhagens, e sofri nos dois livros, é muito tenso, eu não quero que eles se separem é esse o problema. Sua resenha ficou ótima!!!!
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem?
    Eu nunca tive curiosidade em ler essa série, mas ai vi um "cinco motivos" e fiquei muuuuuito curiosa sobre as obras.
    Dizem que a autora constrói os personagens muito bem, e apesar de serem vários, não tem como esquecer cada um.
    Amei a sua resenha, espero ler em breve.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  9. Nossa que história boa, meu Deus. Adorei o enredo. E essas capas que maravilindas. Espero um dia conseguir ler estes livros, adorei o enredo.
    Beijuh

    ResponderExcluir

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...