Pular para o conteúdo principal

Resenha [livro] - Anjo Negro, de Lyan K. Levian

Olá, leitores!

Recebi o livro do Lyan com a premissa de que seria um livro de romance LGBT, mas ele é muito mais que isso. 

"Anjo Negro" é um livro sobre descobertas, aceitações, medo e amor, algo que todos nós sentimos não importando o gênero. 



O romance de Kenan e Lucio é bem mais que um romance adolescente. Eu, como uma amante de David Levithan - que é um mestre em me fazer chorar com romances LGBT - amei a forma sutil como a sexualidade deles foi colocada, além de sentir que realmente é dessa forma que adolescentes tratam o diferente (tenho 21 anos e vi amigos passarem por isso na universidade e no colégio).



Além disso, o esteriótipo do "galã bad boy macho alfa" é quebrado com Kenan que é homossexual assumido mas é aceito em uma gangue de motocicletas. Outro drama comum na sociedade é o de Lucio que não se assume gay até Kenan aparecer e aceita as agressões e o preconceito como algo normal. Isso é duro de se ler - apesar de não achar as ações do Kenan para com Os Sete algo correto também - mas entendo os pontos de vista.



A visão sexual e a experiência dos dois é sutil, nada exagerado como é dito por muitos, pois amor é amor em qualquer gênero. Eu, que nunca havia lido nada do autor, amei a forma como ele montou a história e fiquei ansiando por mais de Kenan e Lucio.

Recomento muito e agradeço sempre por livros assim, para que leitores, novos e experientes, conheçam e percam seus preconceitos.



Anjo Negro, Lyan K. Levian
ISBN: B01KMXBBSE
Ano: 2016 / Páginas: 121
Idioma: português
Editora: Independente

Sinopse:
Kenan Russel é novato na escola em plena metade do 3º colegial - um verdadeiro saco, na opinião dele. Mas sua personalidade desaforada e petulância fazem com que não se sinta intimidado pelos olhares que recebe por causa de sua aparência.Já Lucio Corrêa, aluno daquela escola desde o primeiro colegial, é o extremo oposto de Kenan: vive encolhido na esperança de que não o notem. O bullying que sofre diariamente ensinou-o qual é seu lugar no mundo.Kenan vê aí uma boa oportunidade de passar o tempo: quanto mais Lucio se encolhe na cadeira com suas provocações, mais quer incomodá-lo.Porém, uma pequena atitude de Lucio faz com que Kenan comece a olhá-lo de forma diferente...

*Obra cedida pelo autor no formato digital para resenha referente a parceria 2017. 
As opiniões são exclusivamente nossas. Não houve nenhum tipo de intervenção em nossos comentários.*

Contato com o autor: 

SITE | FANPAGE


Beijos e até a próxima!
Gabs




Sou Gabrielle, mas podem me chamar de Gabs, tenho 21 anos, ariana, formada em publicidade e amo os livros como se fossem meus bebês. Tenho um gato chamado Jon Snow. Sou uma pessoa meio doidinha, espero que gostem da minha forma de escrever e ver o mundo. 

Comentários

  1. Oi Gabrielle! Gostaria de agradecer imensamente pela sua resenha e belas palavras.

    Um super abraço! <3

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Que capa diferente e fofa. Parece se tratar de um livro bem instigante e com muitas lições e quebra de tabus, curto muito livros assim. Acho que muitos deveriam receber esse livro pra ler, pra ver se entende que o que mais importa é o sentimento.
    Adorei a resenha e já anotei a dica por aqui!
    Beijokas!

    ResponderExcluir
  3. AAAAAAAH, EU AMO ESSA HISTÓRIA!
    Tive a chance de ler ela e simplesmente me apaixonei. Aliás, concordo com tudo que disse. O autor soube dosar não só a relação deles, mas todos os demais personagens.
    Super recomendo!

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?
    Tenho visto esse livro em muitos blogs, e sempre fico mega curiosa sobre essa obra!!!
    Amei a sua resenha!
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  5. Olá! Parabéns pela resenha! Gostei bastante da premissa do livro, achei interessante o modo como o autor soube criar a história e os personagens, deve ser uma leitura maravilhosa, beijos!

    ResponderExcluir
  6. Nossa pelo título imaginei algo completamente diferente, e essa capa ta maravilhosa, Me parece ser uma leitura bastante essencial principalmente nos dias de hoje. Adorei

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

+ Acessos

Resenha [filme/documentário] - Sou Surda e Não Sabia

Olá, amorecos! Buscando ser um pouco mais eclética, assisti a um documentário muito interessante. Sou surda e não sabia é um documentário francês, produzido em 2009, sob direção de Igor Ochronowicz. Este documentário é sua estréia como diretor principal, mas ele já trabalhou como diretor de fotografia em outros 5 filmes (documentários ou filmes para TV) A sinopse do filme é esta: Por anos, Sandrine não sabia que era surda de nascença. Filha de pais ouvintes, frequentou a escola regular, e lá se perguntava como os outros compreendiam o que a professora estava tentando transmitir. O documentário olha para a questão da surdez pela perspectiva de Sandrine e sua história verídica. O filme ainda levanta a discussão sobre a conveniência do implante coclear, da oralização de crianças surdas e da língua dos sinais. E agora, 'resenhemos':

[Por Trás das Páginas] - Saiba o que é o Wattpad e como usar

Oi, gente! Essa vai ser a primeira de muitas postagens sobre o que um autor/escritor precisa saber ou entender ou se dispor para planejar, escrever, publicar e finalmente divulgar seu livro. Com vocês, a coluna Por Trás das Páginas ! Nessa era de informação de todos os cantos, com certeza alguns já ouviram falar no aplicativo Wattpad .  Eu disse alguns . Pra você, que não faz ideia do que é e pra que serve ou como usa, a solução é fácil: só ler aí embaixo! Essa postagem vai ser constantemente atualizada de acordo com as atualizações do site/aplicativo e eu deixarei aqui a data da última atualização cada vez que a fizer. ESTA POSTAGEM FOI ATUALIZADA EM: 20 DE FEVEREIRO DE 2018

Resenha [filme] - Caso 39

Olá, leitores! Quem mais aproveitou o carnaval e as férias forçadas pós cirurgia para assistir uns filmes aleatórios no Netflix ? o/ Trouxe um dos meus gêneros preferidos: suspense! Vamos conversar sobre o filme Caso 39 , lançado no Brasil em 2010 e distribuído pela Paramount Pictures! CASO 39 Case 39 , 2009 Suspense, ação, terror 109 min Sinopse: A assistente social idealista Emily Jerkins luta para salvar uma criança chamada Lilith Sullivan das mãos de seus pais abusivos. No entanto, a mulher descobre mais tarde que a garota não é tão inocente quanto parece e a situação é mais perigosa do que ela poderia imaginar. Seus amigos e pessoas do trabalho são assasinados por seus próprios filhos, e a assistente social descobre que todas essas mortes foram obra de sua filha adotiva. A filha começa a praticar atos estranhos e o desespero começa a rondar a solta. Lilith começa a ameaçar Emily, e ela tenta matar Lilith antes que seja tarde demais.