menu

Destaques

quinta-feira, 30 de junho de 2016

48 Resenha [livro] - Filha da Floresta

Alou, pessoas!

Último dia do mês, mas nunca-jamé última postagem!

Espero que todos tenham curtido o mês de junho e que o mês de julho só traga muitas zilhões novidades!

E se alguém não conseguiu acompanhar as postagens todas, não tem problema! Faz assim: assine a nossa mail-list/newsletter (AQUI) e receba as postagens direto no seu e-mail! XD

Vamos ao que interessa! Hoje é dia de resenha, leitor! Vem saber tudo sobre o livro ultra top mega hiper bombástico Filha da Floresta, o primeiro volume da Coleção Sevenwaters, escrito pela talentosíssima Juliet Marillier e publicado pela nossa parceira Butterfly Editora!

Filha da Floresta
Sevenwaters - vol. 1
Autora: Juliet Marillier
Editora: Butterfly
Gênero: fantasia
Ano: 2012
608 páginas

*Obra cedida pela editora no formato físico para resenha referente a parceria 2016. 
As opiniões são exclusivamente nossas.
Não houve nenhum tipo de intervenção em nossos comentários.*

Sinopse:
Passada no crepúsculo celta da velha Irlanda, quando o mito era Lei e a magia uma força da Natureza, esta é a história de Sorcha, a sétima filha de um sétimo filho, o soturno Lorde Colum, e dos seus seis amados irmãos. O domínio de Sevenwaters é um lugar remoto, estranho, guardado e preservado por homens silenciosos e Criaturas Encantadas que deslizam pelos bosques vestidos de cinzento e mantêm armas afiads. Os invasores de fora da floresta, os salteadores do outro lado do mar, os Bretões e os Viquingues, estão todos decididos a destruir o idílico paraíso. Mas o mais urgente para os guardiões é destruir o traidor que se introduziu dentro do domínio: Lady Oonagh, uma feiticeira, bela como o dia, mas com um coração negro como a noite. Oonagh conquista Lorde Colum com os seus sedutores estratagemas, mas não conseque encantar a prudente Sorcha. Frustrada por não conseguir destruir a família, Oonagh aprisiona os irmãos num feitiço que só Sorcha pode quebrar. Se falhar, continuarão encantados e morrerão! Então os salteadores chegam e Sorcha é capturada, quando está apenas a meio da sua tarefa… Em breve vai ver-se dividida entre o seu dever, que lhe impõe que quebre o encantamento, e um amor cada vez mais forte, proibido, pelo senhor da guerra que a capturou.



O maior problema ao começar esta resenha foi superar a ressaca literária tentar escrevê-la sem inserir um spoiler sequer. É uma das mais difíceis que já escrevi, pois o livro não só tem uma história ímpar e foi bem escrito, como é cheio de detalhes, tem narrativa fluida e tudo tu-do é importante. Na verdade, o maior problema foi tentar fazer uma avaliação com pouca subjetividade. É impossível. Então, cá estamos.

Essa resenha acabou ficando um pouquinho extensa. Não só porque o livro é gordinho, mas também porque a história é  linda de morrer intensa e detalhada.



Sorcha é uma menina de 12 anos, cujo aniversário se dá um dia antes do solstício de inverno. É a sétima filha do sétimo filho, senhor de Sevenwaters, um povoado na costa norte da Irlanda, cercado por uma bela floresta cheia de Seres místicos. Ela e seus seis irmãos mais velhos vivem com o pai, Lorde Colum de Sevenwaters, em uma casa ampla, mas simples, cuidando de seu povo e guerreando contra os bretões (povo originário da atual Inglaterra), que tentam usurpar seus territórios.


“Protegido pelas árvores guardiãs e escondido do mundo por forças mais velhas que o tempo, nosso lar era realmente um lugar único. (...) A região em que nascemos guardava tanta magia que ela praticamente fazia parte da nossa vida diária.”


A história se inicia com uma simples e direta recordação dos tempos em que Sorcha começa a aprender sobre as plantas, ervas e flores da floresta ao redor. Uma incrível e dedicada curandeira, sempre chamada para ajudar o povo em qualquer tipo de doença.


Como narradora de toda a história, nos apresenta sua visão do mundo, seus ensinamentos, sua aprendizagem, sua casa, povoado e família. Nos apresenta o guerreiro forte e soturno que é o pai, que a mantém distante o máximo que consegue, apenas porque ela é a imagem de sua falecida mãe. Lorde Colum só pensa em guerras e treinar seus filhos para que o sigam em suas jornadas. São seis filhos e não são seis pessoas idênticas.

Liam é o primogênito e herdeiro das terras, um bom guerreiro. Diarmid também já era habilidoso na arte de guerrear, dando preferência à lanças e ataques a cavalo. Connor é o sábio da casa, o responsável pelos livros contábeis e também era uma alma antiga em um corpo jovem, sendo candidato aspirante a druida. Cormack é irmão gêmeo de Connor, não via a hora de se tornar guerreiro e ir junto do pai às cruzadas contra os bretões. Finbar é o irmão sensível, o que vê a guerra como um desperdício de tempo e energia, aquele mais ligado a Sorcha e com quem ela se comunica telepaticamente. Padriac é o irmão de idade mais próxima de Sorcha, com grande habilidade para cuidar de animais e para consertar coisas da casa.

É durante a festa de noivado de Liam que as coisas em Sevenwaters começam a mudar. Os guerreiros de Lorde Colum entram na casa com um bretão acorrentado. Simon é levado para ser interrogado. Mas os métodos de interrogação dos guerreiros celtas são pesados. Com a ajuda de Sorcha, Finbar resolve soltar o prisioneiro. Simon é levado escondido na casa do Padre Brien, professor e amigo da família; Sorcha tenta ajudar a curar as feridas do corpo, da mente e da alma de Simon, antes do pai retornar e exigir sua presença. Infelizmente, o tempo está contra eles.

“Encontrei Padriac esmurrando a parede do estábulo, os punhos sangrando e os olhos cheios de lágrimas. Aos seus pés estava o corvo que já estava quase curado. Sua cabeça estava torta para trás de uma maneira estranha e seus olhos abertos, fixos. (...) Para mim aquilo era apenas o começo. Acreditei que estaria preparada, mas não estava.”

Lorde Colum, o pai e senhor de Sevenwaters, é autoritário. Suas ordens não podem ser discutidas, sua autoridade era absoluta. Desde que sua esposa faleceu, o brilho interior esmoreceu e ele nunca se sentiu conectado a mais ninguém, incluindo seus filhos, especialmente Sorcha, cuja fisionomia era praticamente idêntica a da mãe. Então, quando ele retorna de uma de suas cruzadas trazendo uma noiva, Lady Oonagh, ninguém entende e se sente confortável.


As trevas começam a tomar conta da família. Quando os irmãos decidem se juntar sob a copa da árvore que representa o espírito de sua falecida mãe e chamar pela Dama da Floresta em um ritual, é que o mundo deles desaba: Lady Oonagh surge envolta em névoa entorpecente nas margens do lago e lança sobre os irmãos uma maldição. Sorcha, que conseguiu escapar da névoa, foge para a casa de Padre Brien e é recebida pela própria Dama da Floresta.

Há uma alternativa, uma solução, mas não será fácil, nem rápida. Para quebrar a maldição lançada sobre os irmãos, Sorcha terá de tecer seis camisas feitas com as fibras de estrelas d'água, uma flor espinhosa que causa dor e inchaço na pele. Somente poderá ver seus irmãos duas vezes ao ano: nas noites de solstícios de inverno e verão. Até as camisas estarem prontas, Sorcha não pode emitir um único som, nem mesmo um assovio ou grito.


“Passei a mão pelo rosto e estalei os dedos, chamando Linn. Ela logo aprenderia  que eu não podia mais chama-la pelo nome ou lhe dirigir palavras carinhosas, como sempre havia feito. Peguei a rédea, virei-me e caminhei, decidida, para a floresta.”
Tudo que disse até agora foi um resumo, muito resumido mesmo, dos capítulos de 1 a 4. Parei por aqui, mas ainda tem muito, muita história mesmo! Personagens novos, reviravoltas surpreendentes, acontecimentos importantíssimos e uma conectividade incrível.

A capa do livro é simples, linda e de uma representatividade quase perfeita. Descrição #pracegover: retrata uma jovem em uma clareira no meio de uma densa floresta. A jovem está usando uma túnica marrom esverdeada com capuz, segura um pedaço de erva e à sua frente voa uma grande pena branca. Toda a capa é em tons de verde, tendo bordas com desenhos célticos em verde metálico. Título em dourado e nome da autora em branco, ambos na porção superior da capa, acima da jovem.


A diagramação é como a capa: simples e de uma beleza ímpar. Temos um mapa de Sevenwaters, mostrando a região em que se passa a história: a costa da Irlanda, onde está o povoado de Sevenwaters e a costa da Grã-Bretanha, onde estão os feudos de Harrowfield e Northwoods.


Logo a seguir, temos a nota explicativa da autora, na qual nos apresenta como foi escrito o romance, sua base (o conto germânico Os Seis Cisnes dos Irmãos Grimm e algumas lendas irlandesas), os nomes dos personagens e sua pronúncia correta, as datas dos festivais antigos e outros termos do gaélico antigo.

Um índice lindo demais, representando a grande árvore da vida da mitologia celta, e cada início de capítulo marcado pelas mesmas bordas de símbolos celtas da capa, juntamente com penas de cisnes. Erros de digitação, português, gramática ou coisa parecida têm, mas não chegam a cinco (sim, eu contei). Ou seja, passam despercebidos muito facilmente.





Agora, como é costume, vem a minha opinião. Eu passei por momentos de "olha, não tá dando", de "não tô podendo", de "çocorr", de "taquiupariu", de "minha deusa, como que pode?" e de "quitaconteceno?" durante e quando terminei de ler. Ao longo da leitura, eu senti carisma, empatia, doçura, choque, raiva, nojo, tristeza, alegria, amor. Eu ri muito pouco e chorei montes.

Vocês devem estar pensando: "Para tudo! A Nuccia chorou???!!" e eu só posso confirmar. Pois é, o Coração Gelado, a Dama Fria que não chora em romances ou sick-lit chorou montes com este romance fantástico. E por fantástico não quero dizer apenas fantasia... É fantástico de várias formas.

“Você ainda não conhece o tipo de amor que atinge o coração como um raio; que toma conta da sua mente e se torna sua única razão de viver. Não desejo esse tipo de amor para quem quer que seja, pois ele pode tanto transformar a vida em um paraíso quanto pode destruí-la para sempre. Mas em sua família, parece que todos amam assim. Quando sua mãe morreu, Colum precisou de todas as suas forças para suportar a perda. Sobreviveu, mas pagou um alto preço. Perdeu a capacidade de amar a vocês ou a qualquer pessoa.

Juliet Marillier sabe trabalhar bem as palavras. Temos um livro grande de quase 600 páginas muito bem detalhado com uma das melhores narrativas que já li. Em nenhum momento essa descrição toda foi chata, pelo contrário, eu bebi cada letrinha como se fosse o vinho tinto que eu mais gosto e que me era ofertado o tempo todo. Ela consegue a façanha de descrever um dia em 4 páginas e de resumir 6 meses em uma frase. E você a-do-ra cada palavra, cada frase, cada sentimento que a autora desperta em você.


Você não só vê a história do ponto de vista da personagem. Você submerge naquele mundo, sente suas dores (que não foram poucas), sofre e fica angustiada com tudo que ela passa. Você quer se jogar dentro do livro e salvá-la ou auxiliá-la em sua tarefa. Você quer estapeá-la quando ela não entende algo que está bem à sua frente. Quer abraçá-la, estimulá-la, quer dizer: "menina, você é demais!".

Não é apenas uma fantasia baseada em cultura celta e um conto de magia. É uma história sobre união, sobre tradição, sobre respeito e amor, especialmente o amor familiar, entre irmãos. É uma história sobre como esse amor muda o mundo e nos faz seguir adiante, pouco importando o lugar onde você está ou para onde vai, quem encontra pelo caminho e as adversidades e dores pelas quais tem de passar. Sorcha é incrível, sua fibra é fenomenal e que queria muito ser 1/3 do que ela representa.


Com total e absoluta certeza, este é meu livro favorito do ano. A melhor fantasia que li nestes seis primeiros meses de 2016, e chegou no mesmo patamar (se é que não passará à frente) da Coleção Alfa e Ômega (com 3 livros, já resenhados: Lobos não choram, O domínio do lobo e A fúria do lobo), de Patrícia Briggs, que era minha queridinha no gênero fantasia até então.

Sorcha começou a história com 12 anos e o livro acaba com ela tendo 16. Mas sua história está longe de terminar. A coleção era inicialmente uma trilogia, todos estes já lançados no Brasil pela Butterfly Editora. Outros livros já foram lançados no exterior e estão chegando agora ao Brasil. Abaixo a lista da coleção completa, com nome em português, nome original e data de lançamento no exterior:

1 - A Filha da Floresta (Daughter of the Forest, 2000) 
2 - O Filho das Sombras (Son of the Shadows, 2001) 
3 - A Filha da Profecia (Child of the Prophecy, 2002) 
4 - O Herdeiro de Sevenwaters (Heir to Sevenwaters, 2009) 
5 - A Vidente de Sevenwaters (Seer of Sevenwaters, 2011) 
6 - A Chama de Sevenwaters (Flame of Sevenwaters, 2013) 



O livro na REDE:


 

  

>> SUBMARINO << 

>> SARAIVA << 

>> AMERICANAS <<


Sobre a AUTORA:

Nasceu em Dunedin, Nova Zelândia, local de grande influência da cultura escocesa. Bacharel pela Universidade de Otago na área de idiomas, graduou-se com distinção em música e tem uma carreira bastante variada. Já lecionou história da música, cantou profissionalmente, regeu corais e atuou na área de avaliação de taxas fiscais e de administração de escolas. Atualmente trabalha meio período em uma repartição do governo federal e atua como escritora no restante do tempo.



  


Esse livro faz parte do Desafio Literário 60 Livros em 1 ano, organizado pelo Blog Livros & Tal, como minha leitura #22de60.

Esse livro também faz parte do Desafio Literário Skoob 2016 como leitura de JUNHO: Livro COM 3 PALAVRAS NO TÍTULO.


Eu nem sei mais o que dizer agora. Levei quase uma semana para conseguir escrever a resenha, e ainda não me sinto curada da ressaca literária. Mas, preciso pegar um livro novo e terminar os outros dois que estava lendo com este, sabem como é, responsabilidade e coisa e tal.

E agora só me resta torcer, torcer muito mesmo, para a editora se compadecer de minh'alma e enviar o segundo livro o mais breve possível para que eu não me desfaça aguardando a continuação.

E vocês? Já leram o livro? Pensaram em ler? O que acharam? Comentem aí! Satisfaçam este singelo pedido de uma leitora carente....

Boa leitura!

Até + ver!







PROMOÇÕES ATIVAS:
 

48 comentários:

  1. Olá Nuccia
    Eu já li vários comentários acerca desse livro e tenho muita vontade em conferir. Eu não sabia que a série possuía tantos títulos, e como adoro uma boa série, fico ainda mais motivada para conferir. Amo o gênero fantasia e fico muito feliz que você tenha favoritado a obra, demonstra mesmo que se tornou uma leitura muito válida para você. Obrigada pela indicação..
    Boas leituras!

    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Olá, eu já tinha visto esse livro, no entanto, não sabia que era de uma série. Boa dica de leitura!
    Beijos.
    http://tomoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Fantasia não é meu gênero favorito, então eu passo a dica mas o livro parece ser tão lindo e cheio de detalhes em suas páginas, adoro livro assim, mostra o cuidado que a editora teve para produzi-lo
    beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Eu já li outras resenhas sobre o livro e da série, em geral, mas essa história não me conquista nem um pouco. As capas também não me animam nem um pouco rsrs Acho que vou deixar passar a dica ;)

    Beijos
    http://www.breakingfree.blog.br/

    ResponderExcluir
  5. Menina o livro te fez chorar o.o
    A bruxa do coração gelado derreteu, meu Deus que o livro deve ser muito fodástico! Eu já li a resenha desse livro várias vezes, mas nenhuma me convenceu tanto quanto a sua que preciso ler, amo essas misturas de lendas, fantasias, mitos, principalmente da irlandês, celta, então tipo quero pra ontem.
    Mas sofro da tua mesma dor, esperando a editora mandar :(

    Beijos e parabéns pela resenha ta show!

    ResponderExcluir
  6. Olá, eu não costumo gostar das publicações dessa editora mas essa série é uma das que me despertam interesse. Eu já conheço um pouco da história mas só de ouvir comentários pois nunca li nenhum dos livros. Gostei de ver a sua opinião sobre o livro e saber um pouco mais.

    ResponderExcluir
  7. Oi Nuccia,
    Eu quis ler esse livro, quis muito mesmo, mas com o tempo acabei deixando essa vontade morrer e acabei esquecendo, mas lendo sua resenha e o tanto que ele te evolveu fiquei me perguntando se não cometi uma burrada, acabei colocando ele na lista de novo, mas dessa vez vou aproveitar essa chama que sua resenha acendeu e dar logo uma chance a leitura antes que eu desista de novo.

    Abçs
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  8. Eu não sabia que era uma serie e confesso que isso me desanima pra caramba. Estou em um momento de livro único e estou adorando. A capa do livro é linda e suas fotos só deixaram isso mais evidente.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi menina... desde o lançamento desses livros que eu fiquei de olho neles, e estavam nos meus desejos há muito tempo. Aí esses dias vi na sua página que você havia adorado. Isso me deixou com mais vontade de ler. E coincidentemente, consegui os 3 três, numa troca. Os recebi essa semana, e eles são lindos. Ainda não sei ao certo quando vou iniciar a leitura, mas já estão aqui. Espero que goste dos outros também.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  10. Oiee ^^
    A Juliet é fodástica mesmo, né? Já faz um bom tempo desde que li "Filha da floresta", mas é um dos livros mais complexos, originais e fodásticos que eu já li na vida, e olha que já li muitos assim...haha' parei de ler a série quando finalizei o segundo livro, então ainda não tenho os outros. Vou ver se consigo reler "Filha da floresta" e "Filho das sombras", antes de comprar "Filha da profecia".
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogpsot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oiii, tudo bem?
    Ai me corta o coração, mas infelizmente a obra não despertou muito meu interesse, sendo assim pularei a dica. Mas, fiquei bastante contente em saber como você gostou e se emocionou <3
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  12. Oi, fico taaaão feliz quando vejo outras pessoas também se apaixonando por essa série! Concordo com tudo o que você disse sobre o livro, é realmente uma daquelas histórias em que a gente embarca, que entra no mundo criado pela autora. Sobre os próximos livros: seguem a mesma linha, tem protagonistas tão profundas quando a de Filha da Floresta.

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Resenhei esse livro recentemente e assim como você também me encantei muito com a historia e seus personagens... O livro só não se tornou meu favorito porque em diversos momentos achei a historia lenta e acabei não conseguindo me conectar com ele 100% como gostaria...

    ResponderExcluir
  14. Ola lindona eu simplesmente amei a escrita da autora, e o livro é surpreendente, cada página é repleta de magia, de doação e encanto. A Protagonista é uma guerreira, forte e destemida que cresceu muito na história. Esse é um livros obrigatório para quem ama fantasia. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com


    ResponderExcluir
  15. Hey, Nuccia, tudo bem?

    Eu só tenho lido maravilhas sobre essa trilogia e estou com muita vontade de ler.
    Se tiver a oportunidade, com certeza eu lerei!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Olá!

    Já vi várias resenhas dele, mas não consigo me sentir atraída pela história. Não é uma premissa que me seduz. O que deixou surpresa foi o tempo entre os três primeiros livros e os três segundos serem publicados. O que será que ela fez nesse meio tempo? hahahaha

    ResponderExcluir
  17. Heey Nu, tudo bom? Mais uma resenha maravilhosa, como sempre. Eu li esse livro já faz um tempo e posso dizer que tive as mesmas sensações que você! Eu amei demais a leitura e ficava apreensiva com tantas reviravoltas, e tanto sofrimento por parte da Sorcha. Entrou para os favoritos! Tive o prazer de ler o segundo também e posso dizer que também é maravilhoso! Mal posso esperar para continuar a serie...

    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Já li várias resenhas do livro, mas nenhuma me fez ter tanta vontade de ler como a sua!
    Um livro com 600 páginas em que você se delicia a cada palavra e a leitura não se torna chata nem monótona? PRECISO ler, HAHA.
    Adorei sua descrição de Sorcha, também fiquei com vontade de ser parecida com ela, com suas qualidades!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  19. Olá, tudo bom?

    Só leio elogios quanto a esse livro, mas como ainda falta outros a serem lançados no Brasil, não me atrevi a ler antes pois sou muito ansiosa. Ao ler sua resenha, fiquei abismada com o tanto de coisa que acontece e pensei: "nossa, é uma história complexa, tatas reviravoltas". Aí li que isso só acontecia em 4 capítulos. 4 CAPÍTULOS! Imagina nos outros, então? Já sei que será uma história complexa e tenho que ler com calma para não me perder.

    Porém estou louca para conhecer um pouco mais sobre a Sorcha. Não leio miutos livros de fantasia e sei que esse seria um bom livro para me deliciar nesse gênero.

    Enfim, ótima resenha! Obrigada pela dica ;)

    Beijos.

    http://instantesmemoraveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Olá Nuccia,
    Esse livro é um daqueles favoritos da vida, sabe? Curti muito sua resenha e você descreveu muito bem meus sentimentos. No começo, a história não ia, eu tive que me forçar na leitura e insistir - ainda bem que fiz isso. Também chorei muuuito.
    Sobre os personagens: Todos incríveis e apaixonantes. A Sorcha é uma das personagens mais incríveis e corajosas que conheço.
    Obrigada por me presentear com essa resenha.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  21. Oi!
    Gosto muito de livros de fantasia, mas precisam ser muito bem escritos para não se tornarem tolos. Você disse que demorou para fazer a resenha, mas valeu a pena, ficou incrível e deixou a minha curiosidade em conhecer esse livro tão bonito ainda mais aguçada. bj

    Uma vida literária

    ResponderExcluir
  22. Olá Nuccia, sempre vejo ótimas críticas sobre essa série, aqui em casa tem fã de carteirinha...minha mãe adora a série.

    Vou começar a leitura essa semana, pois também recebi a obra da parceria com a editora e espero gostar tanto quanto você.

    Abraços

    ResponderExcluir
  23. Olá, Nuccia, tudo bem ?
    Particularmente, vejo algumas resenhas sobre esse livro, todas com críticas positivas, e devo dizer que ele não me chama tanto a atenção, mas a sua resenha está muito bem explicativa e quem sabe um dia, eu tente lê-lo.
    Um beijão,
    http://umavidaliteraria1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Olá, acredita que estou com a série para ler e ainda não li?! Esse é o tipo de fantasia que me atrai e mal vejo a hora de começar essa aventura. Sua resenha está muito bem detalhada, tocando nos pontos principais, de fácil compreensão. A obra publicada pela editora Butterfly tem muito a nos oferecer, com uma mensagem especial para ser passada!
    Parabéns pela organização e capricho.
    Sucesso para você, indicarei a resenha para algumas pessoas!
    Filipe Penasso - Pena Pensante

    ResponderExcluir
  25. Olá!
    Lembro de quando essa série ainda era postada no wattpad. Fico muito feliz de ver ela fazendo esse sucesso todo agora, mas confesso que ainda não li nenhum dos livros. Mas quero muito, pois gosto muito dessa premissa.

    Beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Olá!
    É a primeira vez que leio uma resenha tão detalhada desse livro e fiquei simplesmente apaixonada. Apaixonada pelo modo que você contou a história, como descreveu os personagens e suas reações enquanto lia. Sou uma grande fã de livros de fantasia e você só me deixou com mais curiosidade de ler essa obra prima! Fiquei ainda mais feliz em saber que é uma série, pois sou aficionada por séries e quero ter a coleção inteira.
    Beijos.
    htpp://arsenaldeideiasblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  27. Oi Nuccia, tudo bem?
    Depois de ler sua resenha você me convenceu que preciso ler esse livro. Um livro que causa tantas reações como causou em você merece ser lido sem dúvidas. A série conta com vários títulos e é uma pena que nem todos ainda foram lançados, ou seja, para quem está acompanhando a série e se encontra em dia com os lançamentos no Brasil deve estar super ansioso(a) pela continuação. Imagino que o enredo desse livro seja realmente fantástico e emocionante, já que te fez chorar. Espero que você consiga sair da ressaca literária o mais rápido possível.
    Dica anotada!
    Beijos,
    Um Rascunho a Mais

    ResponderExcluir
  28. Que bom que você gostou! Adoro livros que mexe com todas as minhas emoções. Não conhecia a obra, mas fiquei muito entusiasmada com sua resenha. Acrescento que irei colocar nos meus desejados, pra breve adquirir. Valeui a diuca, adorei a resenha.
    Ni
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  29. Oie! Gente, não sei nem como explicar a forma que sua resenha me tocou. Eu já conhecia a série devido às divulgações nas redes sociais, mas não fazia ideia da complexidade do enredo criado pela autora. Saber que o livro te provocou esse misto de sentimentos e reações me deixou ainda mais empolgada. A protagonista parece realmente enfrentar uma verdadeira luta e eu quero muito saber como ela lidará com tudo isso e como superará a maldição dos irmãos. Também fiquei muito curiosa para conhecer o pai deles. A obra parece sensacional e eu espero poder ler em breve. *-* Adorei sua resenha!

    Beijos,
    Fernanda Goulart.

    ResponderExcluir
  30. Gostei do estilo da resenha, com palavras cortadas mostrando uma visão mais informal e cômica do seu pensamento, ficou moderno e ousado.

    Agora, sobre o livro: nunca li mas parece uma série ótima, me lembrou um pouco As Brumas de Avalon (só que sem o Arthur que era o mais chato da série na minha opinião), cheia de magia e girl power.

    Sua resenha ficou impecável, está grande mas agente lê num minuto nem para pra respirar. Parabéns.

    Abraços

    ResponderExcluir
  31. Oii!
    Já li o livro e não sabia que tinha tantos livros kkkk Gostei bastante da leitura também e quero muito o segundo volume ♥ Confesso que no inicio o tamanho do livro me assustou um pouco, mas li rapidinho! A resenha ficou ótima, bem detalhada ♥

    Beijão!
    Vem conhecer o meu cantinho ♥
    http://cantinhodosrabiscos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  32. Oi Nu! Adoro suas resenhas! Eu não sabia da história desse livro. Eu me lembrei de um livro que eu li, Bruxa da Noite, que também conta a história da Bruxa Sorcha , e também tem dois personagens com nomes que estão aí, Connor e Finbar. Daí eu fiquei pensando, essa bruxa não é uma lenda que existe, ou ela existiu? Ainda não procurei sobre, mas eu pensava que Nora tinha inventado isso tudo para o livro, mas, vendo essa resenha vejo que provavelmente é uma história popular da Irlanda (cenário de Bruxa da noite tbm). Que interessante, apesar de não ser exatamente igual, é a história dos descendentes dessa bruxa. Fiquei interessada e pretendo ler, pra conhecer mais dessa bruxa. Se você souber se é algum folclore irlandês me avisa aqui haha. Beijos.

    ResponderExcluir
  33. Como assim aquilo foram apenas os quatro primeiros capítulos? Achei que era praticamente o livro inteiro e estava quase ficando chateada com você por contar toda a história. Estou chocada!!!!
    Já havia visto a capa dessa obra algumas vezes, mas nunca parei para realmente ler sobre. Gostei da premissa, tenho me interessado bastante por livros com magia que não envolvam vampiros e lobisomens. Bruxaria é a onda do momento para mim! rs.

    O melhor é que o livro transmite conceitos muito legais como amor, família, superação, força de vontade, perseverança, sacrifício... Vai para a lista de leituras.

    ResponderExcluir
  34. Sou mega ultra blaster apaixonada por essa série. Virei fã da Juliet Marillier desde que comecei a ler esse livro, e tenho que confessar que ele ainda é meu favorito dos quatro já lançados por aqui. Não é que as histórias não sejam sempre extraordinárias, mas a da Sorcha me marcou mais, chorei horrores e me comovi muito com a situação dela, parecia que era eu que estava fazendo aquelas camisas e machucando as mãos sem cessar, e que não podia abrir a boca nem pra dar um grito de dor. Uma leitura inesquecível.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  35. Oi Nu, sua linda, tudo bem?
    Eu entendo perfeitamente suas reações, sua ressaca e a dificuldade de escrever a resenha. Essa é simplesmente uma das melhores séries que eu já li na minha vida. A escrita da autora é unica, suas histórias são muito humanas. Ela me destruiu com o sofrimento dessa família. Você não sabe o que lhe espera nos próximos livros. Todos, sem exceção, são únicos, a autora se mantém no topo em todos eles. Adorei sua resenha, ela ficou ótima!!!!
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir
  36. Sempre quis ler essa série, a capa e a sinopse me chamaram muita a atenção, também acho bem dificil fazer resenha de um livro que gostei tanto e que é bem escrito, sempre tentamos passar tudo que sentimos ao ler o livro para a resenha, e você conseguiu fazer muito bem isso. Amo livros com guerras, seres místicos...amo universos mágicos, e esse parece ser muito bem criado e explorado no livro, fiquei encantada ao saber que o livro te despertou todas essas emoções, fico ansiosa para sentir o mesmo

    ResponderExcluir
  37. Apesar da sua resenha ter ficado ótima e bem positiva, não me interessei tanto pela leitura. Pelo menos não agora.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  38. Apesar da sua resenha ter ficado ótima e bem positiva, não me interessei tanto pela leitura. Pelo menos não agora.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  39. Oi, Nu

    Respondendo a sua pergunta, sim, eu já pensei em ler o livro, mas são livros muito grandes e isso me desanima um pouco, pois no momento o tempo para ler anda escasso! hahaha
    Sua empolgação com a leitura é nítida, dá para perceber facilmente através das suas palavras! :D
    Adorei os nomes dos personagens, muito criativos! E como assim esse resumo é apenas dos quatro primeiros capítulos? :O Fiquei chocada! Como acontece tanta coisa assim em APENAS quatro capítulos, menina? hahahahah
    Espero ler um dia! ;)

    Beijos

    ResponderExcluir
  40. Ooi
    Tenho visto muuitas resenha positivas deste livro, inclusive você não é a primeira que diz que ele virou favor fico do ano. Isso só me deixa louca para lê-lo haha Espero ter a oportunidade o mais rápido possível, vou parece ser ótimo!

    Beijoos
    Estante Mineira

    ResponderExcluir
  41. Oi, tudo bem?
    Eu li tanta coisa sobre esse livro esses tempos que acabei enjoando dele sem nem ler kkkkkk Mas não pense que é porque acho ele sem graça, ou algo assim, na verdade eu tenho bastante curiosidade com a história porque tem uma premissa muito boa e os personagens também parecem ser ótimos, só que não é tipo de leitura que costumo fazer, então não fico realmente animada, sabe? E algo que gostei bastante é ver que há um mapa sobre a região que passa a história e uma nota da autora falando como escreveu o livro, isso torna tudo mais bacana, né? Enfim, gostei bastante da sua resenha, é um livro que acredito que me agradaria!

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  42. Olá, tudo bem?
    Fico muito feliz em ver que você gostou do livro e recomenda, confesso que sou muito curiosa com essa série mas tem um porém que me assusta um pouco, o tamanho dos livros! haahah eles são gigantes!! mas isso não vai me impedir de ler, e ainda mais com os seus elogios. Parabéns pela resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  43. oie nuccia. uau, estou fascinada e quero muito muito muito esse livro. Em primeiro lugar preciso te parabenizar pelo #pracegover, eu não tinha encontrado em nenhum blog e achei o máximo, fiquei super feliz com sua descrição e adorei, ficou perfeita. Em segundo lugar preciso dizer que não gosto de fantasia no geral mas que essa me cativou e eu fiquei querendo muito conhecer a vida de sorcha e seus irmãos e essa floresta, além de que se te causou tantos sentimentos já tenho certeza de que o livro é muito bom, gosto quando despertam tudo isso na gente. Adorei a dica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tams! Eu já achava justo descrever a capa quando começei a aprimorar minhas resenhas. Depois de te conhecer, fiz questão de melhorar anda mais a descrição e adicionar a TAG. Tomara que esteja bom pra vcs! um beijo!

      Excluir
  44. Oi Nuccia!

    Uauuuu, mas que resenha, hein!! Tenho que dizer que essa capa é linda demais, muito chamativa. Dá vontade de comprar o livro só para ficar olhando para ela.
    Em segundo lugar quero dizer fantasia é meu genero favorito e eu irei adicionar esse livro à minha lista de desejados. Achei o enredo muito interessante e estou aqui doida para saber como tudo acontece mais de perto. Confesso que o fato de você ter favoritado o livro me motivou ainda mais.

    Parabéns pela resenha incrível e obrigada pela dica.

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9¾

    ResponderExcluir
  45. Oi, eu nunca tinha visto nada sobre essa série acredita? Primeiro, achei a capa linda depois amei a premissa! Eu gosto muito de livros de fantasia, e a autora parece saber fazer isso muito bem. Me chamou muito a atenção você ter dado todo esse destaque a escrita da autora. Alguns livros de 200 páginas demoram anos pra acabar enquanto esse de 600 parece passar de forma super fluida. Fiquei muito curiosa com relação as outros livros da série e para ver o amadurecimento da Sorcha.
    Ótima resenha, beijos!

    ResponderExcluir
  46. Oi, leitores! Agradeço imensamente a disposição e o tempo de vocês vindo aqui para comentar no blog! Foi realmente um resumo e uma das melhores leituras! Não vejo a hora de receber o segundo livro! Abração!!!

    ResponderExcluir
  47. Oii!

    Já li várias resenhas desse livro que só me deixam com mais vontade de lelo!
    Essa série tem uma diagramação maravilhosa :)
    Vou tentar ler logo hahaha
    Parabéns pela resenha!

    Beijos, Amanda
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...