27 abril 2020

Resenha [livro] - Bella Máfia, de Vitto Graziano


Olá, nucciamigos!

Vamos continuar aproveitando a quarentena para ler bastante? Eu estou dividindo meus dias entre trabalho (de 3 profissões diferentes), leitura, receitas novas e seriados. E vocês?

Para provar que continuo seguindo minha Meta de Leitura deste ano, mais uma resenha!

Dessa vez, o livro é impactante: Bella Máfia, de Vitto Graziano, publicado pela Luva Editora. Vem!


Sobre o LIVRO:

Bella Máfia: dinheiro se lava com sangue
Autor: Vitto Graziano
Editora: Luva
Gênero: policial
Ano: 2017
388 p.

Sinopse:
Sócio majoritário da maior mineradora do Rio de Janeiro, Salvador Lavezzo também é a cabeça por trás de um sofisticado esquema de narcotráfico no eixo Brasil-Suíça; contudo, vê sua fortuna ser ameaçada após a apreensão de dez toneladas de pasta base de cocaína no Mato Grosso. Investigado pela Polícia Federal e jurado de morte por seus superiores, Lavezzo terá 24 horas para virar o jogo a seu favor.

SKOOB | AMAZON | LOJA LUVA

*Livro do acervo pessoal da blogueira*

 


Esqueçam tudo o que vocês sabem de criação de personagens. Aqui não tem mocinho, mocinha, vilão. Aqui só tem corrupção, hipocrisia e interesse pessoal.

Dinheiro se lava com sangue.

E porra... haja sangue nesse livro!

Bella Máfia surpreende justamente por ser uma ficção que aborda a realidade política e econômica do país. Esfrega na nossa cara toda a corrupção que existe, que apoiamos, que elegemos, que deixamos estar por ser mais fácil, porque não tem jeito.

"Complexo? Favela? Morro? De nada importa. A vida por aquelas bandas tinha menos valor (...). Caçar o maior número de carcaças pobres e expô-las na televisão. Ninguém se importava com o próximo, e quanto mais 'marginal' morria, maior se faria o coro do povo."

Tudo que eu disser sobre a história em si é spoiller, porque a cada página tem uma nova informação, uma reviravolta, uma descoberta, um novo suborno, um tiro, uma morte. às vezes mais.

O livro me arrepiou por mostrar de forma tão crua a realidade da polícia, do morro, dos ricos, de quem sobrevive do pó, da lavagem de dinheiro, da religião e política. Mas, mostrou, primeiramente, o que pode acontecer a alguém que sofre todo dia no trabalho, que luta para conseguir seu salário, mas tem um parentesco distante com quem não devia. Sangue no asfalto. Cinzas na casa.

"A vingança é um veneno que se bebe achando que é o outro quem vai morrer."

Cada capítulo uma bofetada no ego, diversas visões de uma mesma situação. Ao longo dos mais de 60 capítulos acompanhamos todos os inúmeros personagens em um único dia do ano: 7 de setembro. O dia em que a Máfia decidiu dar cabo da vida de Salvador Lavezzo e que Lavezzo decidiu dar cabo da Máfia.

A leitura me prendeu tanto que eu só reparei nesse esquema dos capítulos do meio pro fim. E só reparei que o livro não começa no capítulo 1 quando cheguei a ele lá no final! Isso porque, com o passar das horas do dia 7 de setembro, as revelações esclarecem decisões tomadas no raiar do sol. E a decisão que gera o desfecho da história foi a primeira do dia.

"Os problemas desse país sempre se resumiram a dois culpados: o povo brasileiro e o governo, ao mesmo tempo em que nenhum de nós faz parte deles."

Única coisa que me complicou a vida foi a quantidade de personagem. Muitos personagens para muitas reviravoltas e informações quase me fizeram perder alguns fios da meada e retomar algumas páginas. Fora isso, espetacular!

Fiquei sabendo nesses comentários de quarentena que um volume 2 está sendo preparado. Só tenho a dizer que aguardarei com afinco! Parabéns, Vitto!



Sobre o AUTOR:

Vitto Graziano é um personagem misterioso do submundo literário que, após anos trabalhando com as mais distintas questões sociais, decidiu contar parte da sua história e expor uma face pouco explorada no país, seja através de ficções, seja por relatos verídicos.


Boa leitura a todos, lavem as mãos, usem máscaras, saim de casa apenas quando necessário.

Até + ver!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Popular Posts

Acessos: