menu

Destaques

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

2 Resenha [livro] - Violet, de Giuliana Sperandio


"Bundinha", leitores!

As leituras estão correndo muito bem, obrigada. Escrever as resenhas que está complicado, mas devagarinho se vai longe!

E, dando mais um passinho, chegamos a mais uma resenha de livro nacional, a 1ª de 2019!

Venham conferir a lindeza que é Violet, o romance da autora Giuliana Sperandio, publicado pela The Books Editora!, vencedor da categoria Melhor Romance no Prêmio Brasil entre Palavras 2018!


Sobre o LIVRO:

Violet
Autora: Giuliana Sperandio
Editora: The Books
Gênero: romance / drama
Ano: 2018
320 p.

Sinospe:
Ela só queria fugir do seu passado e recomeçar uma nova vida. Os ventos do destino a levaram para o coração de uma cidadezinha pitoresca chamada Holambra, onde a esperança tem cheiro de flores. Ele é um viúvo que perdeu o seu grande amor, vivia apenas por sua filha e tinha perdido a fé em recomeços. Duas histórias que se encontram, dois corações marcados por dores. Seriam eles capazes de enxergar os planos do destino para suas vidas? O perdão é a chave, a esperança é a porta. Será que eles estariam prontos para atravessá-la juntos?

SKOOB | AMAZON | LOJA THE BOOKS

*Livro do acervo pessoal da blogueira*



Imagina você ter que sair fugida da sua vida, correr do seu passado e do presente, se esconder para ter um futuro? É assim que a história de Violet começa: uma fuga e a escolha de um destino aleatório.

Mas o que Violet não sabia era que Holambra, a capital das flores brasileira, reduto da descendência holandesa, seria muito mais do que uma nova cidade para recomeçar.

"A pior solidão é aquela que sentimos mesmo quando estamos cercado por umas multidão. O desespero e a apatia são infinitamente mais dolorosos porque temos a sensação de que estamos mais sozinhos do que nunca."

Ao desembarcar naquela cidade pitoresca, com casinhas típicas holandesas, muitas cores, ruas com nomes floridos e pessoas simpáticas, Violet descobre amigos, emprego, invejosos e até o amor, coisa que ela achava que nunca encontraria em lugar algum.

Ah, o amor... quem diria que podemos encontrar o amor na dor? É mais ou menos o que acontece entre Violet e Josef, a faísca se acende quando um enxerga a dor da perda no outro. E então o amor surge com calma, com desenvoltura e curiosidade não por causa da dor, mas por causa do modo como lidam com ela. Isso e uma dose de "Elenice"... rsrs... nada como uma criança para fazer o papai se apaixonar.


Mas segredos não duram para sempre. Especialmente se os invejosos fazem de tudo para descobrir quais são. E então, quando os segredos vêm à tona, resta a Violet uma escolha: fugir mais uma vez ou enfrentar o passado para ter uma chance de futuro.

Que história linda!!! Giu soub/e trabalhar o presente da personagem sem deixar escapar o segredo de seu passado em nenhum momento além do necessário. Apenas quando a personagem se sente pronta para encarar seus medos que os encaramos junto com ela. E que medos! Ela tem toda a razão em escondê-los.

"Todo mundo do tem uma bagagem dentro de si que por vezes torna-se mais pesada do que os braços e o coração são capazes de carregar."

Além disso, os personagens são bem críveis e todos possuem uma personalidade peculiar. Desde a amiga maluquinha da Anya até a sensata Tia Betsie. Da amorosa Eleninha ao carinhoso Josef.

Uma das coisas que mais gostei no livro foi a pesquisa que a autora fez sobre a história, a geografia, sobre monumentos, turismo, enfim sobre tudo que há para se saber de Holambra e foi jogando esses detalhes aos poucos no texto. Até mesmo a comida típica teve sua cota de estrelismo, com nomes típicos e a explicação em notas de rodapé.


Outra coisa foi o jeito que a autora encontrou de homenagear a literatura nacional e sua autora nacional preferida, dando a ela um destaque em um capítulo todinho especial. Confesso que fiquei com invejinha, daquelas branquinhas... rsrs

O final? Espetacular! Ao mesmo tempo que é um clichê, foi um final um tanto diferente. Clichê porque o amor faz mesmo que superemos barreiras, incluindo a do tempo. E diferente pelo mesmo motivo, uma vez que, atualmente, ninguém tem paciência para esperar ninguém. Na realidade, o "amor" tem pressa e no livro não foi assim;

"As palavras tornam-se supérfluas quando os sentimentos se comunicam de forma tão natural através de um simples abraço."

Favoritei com o coração S2! Eu não sei se preciso deixar mais clara minha recomendação, mas vá lá: leiam! O livro tem uma carga emocional bem grande, um drama cotidiano que as pessoas sabem que existe e que fazem questão de virar a cara, fingir que não viram nada.

Ao final, Giu deixa um alerta. E eu nem posso falar sobre ele, para não dar um baita spoiler. Só digo que você precisa ir até lá. Leia e se conscientize.




Sobre a AUTORA:

Nascida em 1986, a Carioca Giuliana Sperandio mora há quase quinze anos em Santa Catarina. Esposa e mãe, ama fazer novas amizades e divulgar a literatura nacional através do seu “blog” Clube do Livro e Amigos. A sua estreia como escritora foi em 2015 com a publicação de contos na “Amazon” e no “Wattpad”. Participou das antologias “Através da Escuridão” em 2016, “Bastidores, um dia na vida de um blog literário” que foi publicada pela Editora Illuminare e também organizou e participou pela Editora Sinna da Antologia “Entre Amigos”. Violet foi o seu primeiro romance solo publicado.


Violet também fez parte do stories do Instagram! E já está no Canal 1001! Acompanhem a #dicadanu!


Boa leitura! Até + ver!


O ebook "Cadeados" já está disponível para os leitores kindle na Amazon por apenas R$ 7,99! Quem for assinante do Kindle Unlimited também já pode baixar o seu exemplar! Aproveitem!


2 comentários:

  1. Coisa mais linda de resenha!!! Obrigada por ler, diagramar e resenhar o roxinho! Obrigada por tudo, te amo!

    ResponderExcluir

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...