menu

Destaques

terça-feira, 12 de novembro de 2019

0 Resenha [livro] - Desastre Iminente, de Jamie McGuire


Bom dia, leitores!

Estamos no meio do mês de novembro, faltando bem pouco para o fim do ano, mas ainda temos um bocado de livros lidos a serem resenhados!

Com calma, chegamos lá, e hoje é dia de resenha!

Há pouco tempo, li e resenhei Belo Desastre. Como ganhei o segundo livro junto, nada mais justo que ler e resenhar. Invade o blog e acompanhem minha opinião sobre Desastre Iminente, de Jamie McGuire, lançado pela Verus Editora.


Sobre o LIVRO:

Desastre Iminente
Duologia Desastre - vol. 2
Autora: Jamie McGuire
Editora: Verus
Gênero: romance / jovem-adulto
Ano: 2013
405 p.

Sinopse:
Travis perdeu a mãe muito cedo, mas, antes de morrer, ela lhe ensinou duas regras de vida - ame muito, lute mais ainda. Tendo crescido em uma família de homens que gostam de jogos e lutas, Travis Maddox é um cara durão. Musculoso e tatuado, bad boy até o último fio de cabelo, ele leva uma mulher diferente para casa a cada noite. Até conhecer Abby Abernathy. Determinada a se manter longe de problemas, Abby resiste com todas as forças ao charme de Travis, sem saber que assim só o deixa mais determinado a conquistá-la. Será que o invencível Travis 'Cachorro Louco' Maddox vai ser derrotado por uma garota?

AMAZON | SKOOB

*Livro do acervo pessoal da blogueira*



Antes de mais nada, cabe ressaltar que este livro NÃO É uma continuação do livro anterior.

Trata-se, na verdade, da MESMA história, mudando o ponto de vista dos personagens. Em Belo Desastre, toda a narrativa foi feita pela Abby. Desastre Iminente nos traz a visão de Travis.

O livro começa nos mostrando o passado do Travis que conhecemos. Aqui, com pouca idade, na mais tenra infância, ele já enfrenta a morte, assistindo sua mãe definhar aos poucos na cama de casa. Percebendo ser seus últimos momentos, ela conversa com cada filho. É aqui que descobrimos o motivo do Travis ser o que é na vida adulta.

"Um dia você vai se apaixonar, meu filho. Não se acomode com qualquer uma. Escolha a garota que não vem fácil, aquela pela qual você vai ter que lutar e então nunca deixe de lutar por ela."

Bom, daí a história dá um salto para o dia da luta em que Travis e Abby se conhecem. e o desenrolar da história é o mesmo, só acrescentando algumas poucas novas informações, dada a mudança de ponto de vista narrativo.

Caramba... se no primeiro livro eu achava o Travis um babaca, neste segundo tive certeza absoluta e mais um pouco. E o pior é saber que relacionamentos assim existem às pencas. Não tenho saco pra macho babaca que cisma de tomar a mulher como uma posse, que pisa em cima das outras apenas por não serem do seu agrado e que acha que isso é amor.

"Para qualquer outra pessoa, ela era pura e ingênua, mas aquela garota estava escondendo alguma coisa. Eu sabia disso porque esse mesmo pecado vivera dentro de mim a minha vida toda. A diferença era que ela o mantinha bem no fundo, e eu permitia que o meu saísse da jaula com regularidade."

A Abby, que parecia mais sensata no livro 01, aqui perdeu a voz e a personalidade totalmente. Nem senti que ela fazia parte do livro.


Em compensação, a relação entre a família Maddox, que no livro 01 se reduziu a um capítulo, aqui ficou bem mais em evidência e profunda. Salvou a leitura mais uma vez e, se não fosse esse livro, a coleção seguinte dos irmãos não teria nascido.
"Essa sensação esquisita que eu tinha quando estava perto dela era desorientadora. Eu não gostava disso, mas, por outro lado, a sensação me lembrava que ela estava ali, então era tão reconfortante quanto perturbadora."

Cá entre nós... é um livro que não precisava ser escrito. A autora usou esse livro para dar muitas desculpas (esfarrapadas e sem noção) para o comportamento possessivo e machista de Travis. Também o usou como um gancho para os livros da coleção Irmãos Maddox que foram lançados logo a seguir.

É uma boa leitura? Nem tanto quanto o livro 01, que eu li por ter sentido uma certa afinidade com Abby no quesito se apaixonar por gente maluca, mas é passável. Acabou sendo mais comum ainda que o primeiro e também não lerei outra vez.



Sobre a AUTORA:

Jamie McGuire nasceu em Tulsa, Oklahoma. Ela foi criada por sua mãe Brenda em Blackwell, Oklahoma, onde ela se formou no colegial em 1997. Jamie assistiu à Northern Oklahoma College, da University of Central Oklahoma, e Autry Centro de Tecnologia, onde se graduou com uma licenciatura em Radiologia. Jamie vive agora em Enid, Oklahoma, com seus três filhos e marido Jeff, que é um cowboy de verdade. Eles compartilham seus 10 hectares, com quatro cavalos, quatro cães e Galo, o gato. Livros publicados por Jamie incluem a trilogia "Providência", e The New York Times best-seller "Belo Desastre", um romance contemporâneo. Quando não está escrevendo, Jamie passa seus dias deixando seus quatro cães dentro e fora de casa.


Livros sobre os Maddox


Faltam exatas 5 resenhas para fecharmos o ano de 2019!

Infelizmente, por conta de muitas responsabilidades a serem assumidas no ano de 2020, ainda mais do que assumi esse ano, o número de resenhas vai cair drasticamente.

Estou lutando contra mim mesma para manter o blog na ativa. Meu coração diz para manter, por isso sigo aos trancos. Tomara que meu cérebro não vença essa disputa.

Até lá, seguimos lendo, resenhando, divulgando. Respirando. Sorrindo.

Boa leitura!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja legal: aumente nosso ego deixando seu comentário!
Mas, ei! Cuidado aí! Sem comentários ofensivos!
Um imenso obrigado de todos nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...